Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Imposto de Renda 2020: Como o MEI deve declarar?

Declaração de pessoa jurídica do MEI é obrigatória

De acordo com o Portal do Empreendedor do Governo Federal, o Brasil tem atualmente mais de 10 milhões de microempreendedores individuais (MEIs). Esses são os trabalhadores sem vínculo formal e que trabalham por conta própria.

Para ser considerado MEI, é necessário ter faturamento anual de até R$ 81 mil. Isso significa, por mês, um faturamento de cerca de R$ 6,7 mil. Quem teve rendimento tributável superior a R$ 28.559,70 deverá fazer a declaração do Imposto de Renda 2020.

No caso de o MEI, pessoa física, ter rendimentos tributáveis de mais de R$ 28.559,70, será necessário fazer a declaração e incluir esses rendimentos tributáveis como microempreendedor individual.

Por outro lado, a declaração no CNPJ do MEI deve ser entregue independente do valor de rendimentos. Mesmo que não tenha havido faturamento durante 2019, a declaração no CNPJ deve ser feita. Enviar a declaração do MEI não traz nenhuma cobrança adicional. Esse grupo paga o imposto mensalmente no Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que inclui IR e contribuição previdenciária.

Se o MEI possuir mais de uma fonte de renda e, em 2019, teve ganhos além da atividade de empreendedor, isso deve ser informado na ficha “Bens e Direitos”. A Declaração Anual de Faturamento (DASN – SIMEI) deve ser enviada até hoje, 30 de junho, no Portal do Empreendedor. O MEI que não entregar sua declaração não poderá emitir boletos para pagamento do DAS.

Como o MEI deve fazer a declaração do IR 2020?

Para fazer a declaração como MEI, entre no site e informe o CNPJ e caracteres mostrados na imagem. Em “Original”, selecione “2019”. Em seguida, informe o faturamento de 2019 na linha “Valor da receita bruta total”.

No segundo campo, se o MEI não for prestador de serviços, deverá ser informado valor de atividades de comércio, indústria, serviço de transporte intermunicipal e interestadual. Informe também se você teve empregado no ano de 2019.

A tela seguinte irá mostrar as informações. Confira se estão corretas e clique em “Transmitir”. No recibo que é mostrado há informações como o horário de envio da declaração e número de controle.

Leia Também:

brasil 123  
2 Comentários
  1. Iuri Diz

    Vocês estão confundindo pessoas com informações erradas. Isso não é o Imposto de Renda, com letra maiúscula. Até pq a declaração do MEI não gera impostos. Isso se chama Declaração Anual da MEI.
    Parece que vai ensinar a declarar a MEI dentro do IR e não é vdd.

  2. Anderson Luís Nicoforenko Diz

    Como o Mei declara o imposto de pessoa física? Coloca que é um pró-labore de sua empresa? Com base em um salário mínimo? Depois precisa declarar 32% como rendimentos isentos no item 13 (participação/lucro obtido como só cio em microempresa…) Se serviços e 8% se produtos/comércio. É certo assim?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?