Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo não consegue apoio para criar novo imposto

Governo se reuniu nesta segunda-feira (28) para debater novo imposto e financiamento do Renda Cidadã

Nesta segunda-feira (28), o governo se reuniu para debater a criação do novo programa social, o Renda Cidadã, e a criação de um novo imposto, nos moldes do extinto CPMF. Entre os pontos da proposta de reforma tributária estão a criação deste novo imposto e, para isso, haveria compensação com a desoneração da folha de pagamento e ampliação da isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física.

Entretanto, o governo não conseguiu viabilizar essa proposta com líderes políticos no Congresso. A ideia do governo de financiar o novo programa social, o Renda Cidadã, com a postergação do pagamento de precatórios também gerou insegurança jurídica. O objetivo do governo era utilizar um percentual dos valores que iriam a precatórios. Especialistas avaliam essa prática como uma rolagem e postergação de dívida.

À coluna de Ana Flor, no G1, um dos líderes que participou da reunião desta segunda-feira afirmou que a ideia do novo imposto foi rejeitada. Foi aconselhado ao governo que a ideia fosse proposta por emenda na comissão mista da Reforma Tributária.

O Renda Cidadã receberia também parte do valor destinado ao Fundeb, fundo para educação básica (da creche ao ensino médio). Essa é outra ideia com pouca possibilidade de ser aprovada no Congresso Nacional.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?