Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CONFIRMADO! Crédito via maquininha de cartão deve ser lançado em setembro

Chamada de Peac-Maquininhas, a linha de crédito está sendo criada com o objetivo de oferecer empréstimo facilitado para ajudar os pequenos empresários durante a pandemia do novo coronavírus.

A linha de crédito por meio da maquininha de cartão, disponibilizada aos microempreendedores individuais (MEI’s), será lançada até o final deste mês. A linha de crédito estava prevista para ser liberada em agosto.

“Tivemos um pequeno atraso, mas até o momento, tudo está caminhando dentro do trâmite normal e desejado”, disse o subsecretário de Política Macroeconômica e Financiamento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Edson Bastos Santos.

Chamada de Peac-Maquininhas, a linha de crédito está sendo criada com o objetivo de oferecer empréstimo facilitado para ajudar os pequenos empresários durante a pandemia do novo coronavírus.

O projeto foi aprovado em julho, e o governo federal tem a expectativa de  disponibilizar R$ 10 bilhões para a nova linha de crédito através do Tesouro Nacional.

“Esse programa é para empreendedores de um nicho que outras instituições já atendiam, mas sem o foco necessário. Por isso, o objetivo é ajudar o maior número de microempreendedores e profissionais autônomos que conseguirmos”, afirmou o subsecretário.

Como funciona

O novo projeto, Peac-Maquininhas,  possibilita que as operadoras de cartão de crédito autorizadas disponibilizem empréstimos de acordo com o histórico de recebimentos dos empresários.

O valor do crédito a ser concedido é definido de acordo com o perfil de vendas de cada empreendedor, podendo chegar a até R$ 50 mil.

Para os empresários que utilizarem o crédito pela maquininha, a taxa de juros é de 6%. O prazo para quitar o empréstimo é de até 36 meses. O pagamento das prestações deverá ser equivalente a 8% do fluxo recebido por meio dos cartões.

A linha de crédito seár operada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Leia Também:

1 comentário
  1. Gomes Diz

    Que beleza não em um país que hora está entre as primeiras potências econômicas do mundo e que tem por sua vez a taxa entre as mais altas do mundo, abrir mais um programa de crédito é uma tacada de mestre para os banco e financeiras e uma ótima estratégia do governo. Com isso , imagino o quanto não tem de gente rastejando por conta da dívida que se acumulou nesta crise e que se afundará mais e mais nesta armadilha. Penso que se o país e seus governantes fossem sérios o bastante e quisessem de fato ajudar o povo abriria uma linha de crédito direto pelo tesouro nacional a juros baixíssimo, por exemplo, 1porcento aproveitando este programa de auxílio lançado e não usando as financeiras que estão diretamente no controle das dividas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?