Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsonaro deve criar novo programa social em seu mandato

Presidente anunciou no início da semana que a criação do Renda Brasil está suspensa

No início desta semana, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) revelou que proibiu que sua equipe econômica continue debatendo sobre a criação do programa Renda Brasil. O presidente suspendeu a criação desse programa e afirmou que o Bolsa Família seguirá sendo pago até 2022, ano do fim de seu mandato.

Agora, nesta quarta-feira (16), o senador Márcio Bittar (MDB_AC), que é o relator do Orçamento de 2021, afirmou que o presidente o autorizou a incluir a criação de um novo programa social do governo em seu relatório. A declaração de Bittar foi dada para a imprensa, pouco após reunião com Bolsonaro no Palácio do Planalto.

O Renda Brasil seria criado para substituir o Bolsa Família, tendo um pagamento médio maior e também abrangendo mais beneficiários. O possível novo programa social ainda não teve nenhum detalhe revelado.

Bolsonaro anunciou publicamente que havia desistido da criação do Renda Brasil após Waldery Rodrigues, secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, afirmar ao G1 que a equipe cogitava congelar aposentadorias e pensões. Esse congelamento aconteceria para o governo economizar e ter recursos para pagar o Renda Brasil.

“Agora, antes do almoço conversamos mais um pouco, e eu fui solicitar ao presidente, se ele me autorizava a colocar dentro do Orçamento a criação de um programa social que possa atender milhões de brasileiros que foram identificados ao longo da pandemia e que estavam fora de qualquer programa social. O presidente me autorizou”, contou Bittar.

“Não adianta agora a gente especular do que vai tirar, de onde que vai cortar, mas estou autorizado pelo presidente, ele me deu sinal verde. E, a partir de agora, vou conversar com os líderes do governo no Senado e na Câmara, conversar com a equipe econômica. A convicção é de que o melhor é que se crie agora (esse programa) para que milhões de brasileiros passem Natal e Ano Novo mais tranquilos”, completou.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?