Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Bolsonaro autoriza ministro a testar ‘nova CPMF’

Presidente confessa que o novo imposto terá dificuldade para ser aprovado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) autorizou Paulo Guedes, ministro da Economia, a defender que seja criada um novo imposto semelhante à antiga CPMF, a Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Bolsonaro afirmou para Guedes que ele pode voltar a testar o apoio à nova CPMF. O novo imposto está muito impopular entre deputados e senadores. Ainda de acordo com o jornal, o presidente teria confessado nos bastidores que a nova CPMF dificilmente terá apoio entre os políticos e que a iniciativa pode acabar desgastando a imagem do governo.

A cúpula militar concorda com o presidente. Para a cúpula militar, o aceno de Bolsonaro a Guedes é uma última tentativa de provar a ele que a criação da nova CPMF não tem respaldo.

Em 2019, o debate sobre o novo imposto ajudaram a derrubar Marcos Cintra, na época secretário especial da Receita Federal. Após isso, o ministro da Economia Paulo Guedes parou de falar sobre o imposto, mas não o tirou dos planos do governo. Recentemente, Guedes chegou a afirmar que o novo imposto “é feito, mas não tão cruel”.

Guedes também tem afirmado que o novo imposto é digital. Ele é focado no crescimento das vendas virtuais no Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

1 comentário
  1. joao struder Diz

    Esse bosta do chileno só da palpite errado e não quer que o brasil da certo , Pois bem se o Brasil afundar ele volta para seu pais de origem que esta uma merda , ENTAO SENHOR NHONHO FIQUE NA SUA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?