Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sem saques nesta semana, Caixa vai creditar auxílio de R$ 600 e FGTS emergencial

Agências da Caixa não abrirão nesta segunda-feira, durante o feriado de 7 de Setembro

Nesta segunda-feira (07), feriado de 7 de Setembro, as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) não irão funcionar. O banco irá creditar R$ 3,2 bilhões do FGTS emergencial apenas terça-feira (08). Recebem o crédito de até R$ 1.045 os trabalhadores nascidos em outubro.

O grupo de trabalhadores nascidos em outubro poderão sacar o FGTS emergencial apenas a partir do dia 31 de outubro, de acordo com o calendário oficial.

Já na quarta-feira (09), a Caixa irá creditar o pagamento do Ciclo 2 do auxílio emergencial. O dinheiro é creditado em conta poupança social digital da Caixa. Ao todo, mais de 3,9 milhões de beneficiários nascidos em abril receberão o valor.

Veja abaixo o calendário de pagamento dos grupos que recebem esta semana.

Calendário de pagamento do FGTS emergencial

  • 29 de junho: nascidos em janeiro
  • 6 de julho: nascidos em fevereiro
  • 13 de julho: nascidos em março
  • 20 de julho: nascidos em abril
  • 27 de julho: nascidos em maio
  • 3 de agosto: nascidos em junho
  • 10 de agosto: nascidos em julho
  • 24 de agosto: nascidos em agosto
  • 31 de agosto: nascidos em setembro
  • 8 de setembro: nascidos em outubro
  • 14 de setembro: nascidos em setembro
  • 21 de setembro: nascidos em dezembro

Calendário de saque e transferência do FGTS

  • 25 de julho: nascidos em janeiro
  • 8 de agosto: nascidos em fevereiro
  • 22 de agosto: nascidos em março
  • 5 de setembro: nascidos em abril
  • 19 de setembro: nascidos em maio
  • 3 de outubro: nascidos em junho
  • 17 de outubro: nascidos em julho
  • 17 de outubro: nascidos em agosto
  • 31 de outubro: nascidos em setembro
  • 31 de outubro: nascidos em outubro
  • 14 de novembro: nascidos em novembro
  • 14 de novembro: nascidos em dezembro

Pagamento do auxílio

  • 28 de agosto: nascidos em janeiro
  • 2 de setembro: nascidos em fevereiro
  • 4 de setembro: nascidos em março
  • 9 de setembro: nascidos em abril
  • 11 de setembro: nascidos em maio
  • 16 de setembro: nascidos em junho
  • 18 de setembro: nascidos em julho
  • 23 de setembro: nascidos em agosto
  • 25 de setembro: nascidos em setembro
  • 28 de setembro: nascidos em outubro
  • 28 de setembro: nascidos em novembro
  • 30 de setembro: nascidos em dezembro

Saque a transferência do auxílio

  • 19 de setembro: nascidos em janeiro
  • 22 de setembro: nascidos em fevereiro
  • 29 de setembro: nascidos em março
  • 1 de outubro: nascidos em abril
  • 3 de outubro: nascidos em maio
  • 6 de outubro: nascidos em junho
  • 8 de outubro: nascidos em julho
  • 13 de outubro: nascidos em agosto
  • 15 de outubro: nascidos em setembro
  • 20 de outubro: nascidos em outubro
  • 22 de outubro: nascidos em novembro
  • 27 de outubro: nascidos em dezembro

Auxílio prorrogado até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio já foi oficializada por meio de medida provisória e agora terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro. 

Neste ano, o Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.   

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

O presidente Jair Bolsonaro já havia informado sobre a redução do valor do benefício e argumenta que, se o valo pode parecer pouco para os brasileiros afetados pela pandemia, “é muito para quem paga, no caso, o Brasil”.  

De acordo com cálculos feitos pela equipe econômica, o custo mensal do benefício foi de R$ 50 bilhões por mês durante a primeira fase do programa. 

Veja também: Auxílio BEm: CONFIRA os pagamentos entre R$ 261,25 e R$ 1.813,03

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

4 Comentários
  1. Marcela Diz

    Gente e os intermitentes não vão ter direito a quinta parcela do auxílio não é

  2. Lula2022 Diz

    Bolsonaro não quer pagar ninguém o povo esta dormindo ai eu pergunto ser o virus continuar ano que vem cono que fica isso?

  3. Alaíde Martins de Souza Diz

    Eu ainda não recebi a primeira parcela será que ainda vou receber?

  4. Marcelo Monteiro Gregório Diz

    Kd o meu auxílio eu sou de janeiro e até agora só recebi duas parcelas, até quando vai ficar em avaliação, isso é o que, teste de desistência ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?