Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sem auxílio emergencial, mais de 6 milhões de domicílios teriam renda de R$ 12 por mês

O benefício emergencial fez a renda média dos mais pobres aumentar mais de R$ 2.700%

Na última quarta-feira (23), foram divulgados novos dados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O instituto deu ênfase à importância do auxílio emergencial para a sobrevivência dos brasileiros mais pobres durante a pandemia do novo coronavírus. Os mais pobres tiveram alta de mais de 2.700% na renda com o benefício.

Segundo o IBGE, cerca de 6,6 milhões de domicílios teriam tido a renda per capita, ou seja, por pessoa, de R$ 12,47 em agosto. Com o auxílio emergencial, a renda subiu para R$ 349,48. O número representa um aumento de 2.703%.

Entre os 6,6 milhões de domicílios com menor renda no Brasil, quase 1 milhão não recebeu nenhum tipo de auxílio emergencial. No caso desses, a renda mensal máxima foi de R$ 88,03, em média.

Já nos casos de domicílios que tinham renda média per capita de R$ 192,27 em agosto, o auxílio fez o número subir para R$ 436,27. Ou seja, um aumento de cerca de 127%. Nos lares com rendimento médio de R$ 342,11, o auxílio emergencial fez com que a renda aumentasse para R$ 558,90, em média. Ou seja, um aumento de 63%.

Para a análise, os domicílios do Brasil foram divididos em dez faixas de rendimento mensal per capita. Mais da metade das primeiras seis faixas de rendimento tiveram acesso a recurso extra mês passado. Como auxílio emergencial, o IBGE considerou tanto o auxílio emergencial de R$ 600 quando o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda.

Leia Também:

8 Comentários
  1. Renata Diz

    Que todos lembrem do Bolsonaro na próxima eleição para presidente. Votem nele.

  2. Teresa Rangel Diz

    Eu fiz três x negado sendo que tenho cadunico e estou desempregada deprimida perdi minha mãe e estou com problemas sérios de saúde, não acho justo, meu ex marido receber com endereço diferente do cadunico, estou revoltada pois dependendo da doação dos outros

  3. Raquel Diz

    Eu em o meu app tá bloquiado eu não consigo entra no caixa tem sou obrigada acorda de madrugada pra pode enfrenta a fila que já é uma humilhação vc ter sair da sua casa 3 da manhã ainda vem com história que vão cancelar abaixa o valor e pq ele só querem saber e do bolso deles meu voto é branco nessas eleição muito insatisfeita estou com essa situação isso leva qualquer um a desispero

  4. Raiony Diz

    Meu esposo está desempregado e a minha quinta está bloqueada pq fazer isso com agente que precisa, agora desempregado sem ctps assinada sem bico vem e bloqueiam minha quinta parcela .

  5. Simone Diz

    Então, agora pra mim vai ser difícil,estou proibida por ordem médico de trabalhar,tenho filhos ,meu ex marido não está dando pensão pq não conseguiu o auxílio, é tá difícil pra mim,tô entrando em desespero.

  6. Nelci Garcia de Souza Silva Diz

    Só consegui receber duas parcelas de 600 e já não pagaram mas agora só trezentos.cada um fala uma coisa.

  7. Robson allan chagas Diz

    Gente ta fogo sem trabalhar e não poder contar com essa ajuda , alguém sabe de alguma vaga de emprego sem experiência só tenho experiência em telecomunicação

  8. Derivaldo Diz

    Conversa fiada…ficam dando uma de mãe Diná. ..vivendo de achometro…ta pensando q todo mundo é otário para cair nesses papos furado…12 reais kkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?