Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba como não esperar o calendário de saques do auxílio de R$600 e FGTS

O calendário de saque e transferência começa posteriormente.

As parcelas iniciais do auxílio emergencial de R$ 600 que estão sendo depositadas em conta poupança digital social da Caixa. O calendário de saque e transferência começa posteriormente.

Os dois calendários são feitos de acordo com o mês de aniversário do beneficiário e, dependendo do mês, o cidadão pode esperar quase três meses até o dia do saque em espécia será liberado.

Mas empresas de tecnologia financeira, conhecidas como fintechs, dão a possibilidade de ter o dinheiro em mãos antes do segundo calendário. Algumas das empresas mais conhecidas do setor são a PicPay, Nubank, Mercado Pago, C6 Bank, entre outras. Quem tem conta nessas empresas pode transferir o valor do auxílio sem limitação de saque. A justificativa do governo para dois calendários é evitar aglomeração em agências.

Enquanto o auxílio de R$ 600 e o saque emergencial do FGTS de até R$1.045 estão na conta poupança social da Caixa, é possível utilizar o valor em compras por cartão de débito virtual ou pagamento de boletos. Na prática, o pagamento do boleto pode transferir o valor a uma conta em uma fintech. Na conta da fintech, o beneficiário pode fazer transferência para outra conta ou mesmo sacar o dinheiro.

O Banco Central autoriza fintechs a utilizarem boletos como forma de depósito em contas, por isso a prática não é irregular.

Quem pode receber o auxílio emergencial?

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

Veja também: Saiba como receber a até R$ 1.045 do FGTS pela internet e sem sair de casa

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

13 Comentários
  1. Fernanda Diz

    Do meu esposo demorou 3 dias pra cair e mais 2 semanas para liberar o acesso no caixa tem então é normal só esperar que no fim da tudo certo

  2. Leonardo Diz

    Boa noite! Tentei fazer a operação utilizando a ferramenta pagamento de conta por código de barras do App caixa tem, utilizando o boleto de depósito do Nubank, como citado na notícia acima. Não foi aceita pelo Aplicativo. Se essa operação é autorizada pelo Banco Central como diz na notícia,não sendo uma prática irregular. Então porque a Caixa Econômica Federal passa por cima das normas do Banco Central?

  3. Roberto Diz

    Poça vida recebi a primeira parcela no dia 17/06.agora recebo a segunda lá pelo final do mês.aff. complicado em.mais de 30 dias após.

    1. Patrícia Farina Diz

      Por que mudou a data de transferência do auxílio emergencial.
      Era dia 25/07/ e agora passou para 1/08.
      Qual a explicação.
      Aguardo uma resposta.
      Obrigada.

  4. Diego Henrique Fanin Diz

    Como vou antecipar no picpai se o caixa tem não está funcionando uma vergonha

  5. Maria Silva santos Diz

    Tenho conta poupança e passei do prazo de fazer o aplicativo como receber ?

  6. Ana Diz

    Eu sou de março porq o FGTS não caio ainda dá conta digital

  7. Paulo Emanoel Silva Souza Diz

    Quando o valor depositado entra na fatídica poupança digital, fica fácil transferir para as fintech. O problema é a demora para essa quantia ser liberada para o tal Caixa têm. Ex: recebi a terceira em 03/07, tudo bem, recebi. Mas a quarta parcela, só estará disponível, em poupança digital, só a partir de 17/08. Pergunto.: Por onde circula esse dinheiro? Para sacar em espécie, no mínimo mais trinta dias. Nada de emergencial.

  8. Márcio peroni Diz

    Boa noite vcs colocam vários banco pra transferir. Quero ver vcs entrar na Bosta do caixa tem app do Demonio

    1. Diana Diz

      Difícil 🤦🏼‍ d mais 😅😅

    2. Paulo Fernando Diz

      Sem comentários esse caixa não tem

    3. Érika Paula Lopes Diz

      Recebi meu benefício, como merecida,em maio e junho ,julho nada, gostaria de saber se ainda vou receber, onde devo consultar se há algo errado?

    4. Carlene Diz

      Gostaria muito de saber se caso eu opte pelo saque aniversário,se eu poderei usar o meu FGTS também para abater no meu financiamento?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?