Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Quem recebeu o saque-aniversário poderá sacar FGTS de até R$1.045? Saiba!

A nova modalidade, a emergencial, foi criada para auxiliar durante a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

O Fundo de Garantia do Tempo e Serviço (FGTS) no valor de até R$ 1.045 começou a ser pago desde 29 de junho, em cronograma dividido por cada mês de aniversário. O saque emergencial do fundo vai seguir com o cronograma até novembro.

A nova modalidade, a emergencial, foi criada para auxiliar durante a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus. Esse benefício emergencial não interfere na adesão ao saque-aniversário, que permite retiradas de parte do fundo a cada ano.

De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), o saque emergencial é direito de todos os trabalhadores, tenha ele conta ativa ou inativa, com valor limitado a R$ 1.045. O saque emergencial é único e válido também para quem aderiu ao saque-aniversário. Apesar de ser considerado emergencial, os trabalhadores poderão esperar até 5 meses para receber o benefício.

Ainda de acordo com a CEF, o saque-aniversário é recebido caso o trabalhador faça a adesão voluntária. Quem opta pelo saque-aniversário pode retirar uma parte do saldo do fundo uma vez a cada ano, somada ao valor adicional variante de acordo com o que foi acumulado.

Quem tem mais de uma conta tem a possibilidade de fazer o saque do valor de todas elas. Nesse caso, o trabalhador não tem direito de sacar o valor total de FGTS, se for demitido sem justa causa. Neste cenário, o recebido é a multa rescisória de 40% que o empregador paga.

Até agora, foram pagos R$ 3,5 bilhões de saque-aniversário do FGTS para mais de 2 milhões de trabalhadores. Ao todo, mais de 5,1 milhões de trabalhadores aderiram ao saque-aniversário.

Calendário de saques do FGTS de até R$1.045

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Poupança digital

O Governo Federal também editou uma medida provisória que autoriza o pagamento do FGTS em contas da poupança social digital da Caixa. O texto foi publicado em edição extra do “Diário Oficial da União” (DOU).

De acordo com o texto da MP, será ampliado o funcionamento da poupança social digital. Dessa forma, será possível receber, além dos créditos referentes ao FGTS, outros benefícios pagos pela União, estados e municípios, exceto os previdenciários.

A poupança social digital é uma maneira, simplificada, para quem recebe benefícios governamentais e com limite de saldo e movimentação. De acordo com o texto da MP, o limite mensal de movimentação para essa modalidade de poupança foi ampliado de R$ 3 mil para R$ 5 mil.

De acordo com o presidente da Caixa, a liberação emergencial do FGTS será feita exclusivamente pela poupança digital, não tendo outra maneira de disponibilizar o valor. A conta será aberta automaticamente pelo banco para todos que tem direito ao saque. A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo aplicativo “Caixa TEM”.

De acordo com o Governo, a ideia é para agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio á pandemia do novo coronavírus.

“Nesse contexto, a criação da conta poupança social digital promove agilidade e inclusão financeira de forma eletrônica para grande parte da população, e ainda garante maior segurança e controle nos pagamentos dos benefícios emergenciais”, informaram a Caixa e o Ministério da Economia.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

“Além disso, a utilização da conta digital evita afluência de pessoas nos bancos e reduz a logística necessária para a distribuição dos recursos”, concluíram.

Saque de R$1.045: Tire suas dúvidas

  • Quem poderá sacar no FGTS?

Qualquer pessoa que tiver conta, ativa ou inativa.

  • Qual o valor de saque será liberado?

Até R$ 1.045 por trabalhador, o equivalente a 1 salário mínimo em 2020.

  • Qual a quantidade de trabalhadores que poderão sacar todo seu recurso?

Segundo o governo, cerca 30,7 milhões de trabalhadores vão poder sacar todo seu recurso no FGTS (50,5% do total). Até 80% das contas serão zeradas com o saque; R$ 16 bilhões serão liberados para 45,5 milhões de trabalhadores que têm até 5 salários mínimos de saldo no FGTS.

  • Quem tiver mais de uma conta do FGTS poderá retirar mais?

A resposta é não. Essa modalidade de saques é diferente a do saque imediato, que se iniciou em 2019. O total liberado agora é pelo total de contas. Ninguém poderá tirar mais de R$ 1.045, ainda que tenha duas ou três contas com valores superiores a essa quantia.

Veja também: Saque PIS/PASEP de até R$1.045 para quem trabalhou em 2019 começa em um mês

Leia Também:

3 Comentários
  1. Marivone Nunes Gonçalves Diz

    Eu gostaria de saber mais sobre o cartão

  2. Edmilson Diz

    Pq toda vez que tento entrar no App caixa tem não consigo acessar o extrato e quando consigo aparece uma mensagem dizendo que não há saldo, sendo que na segunda-feira 29/06 aparecia o valor a receber.

  3. Erasmo Carlos da Silva Diz

    Essa porra não é nada emergêncial se fosse emergêncial não tinha essa demora toda pessoa que faz aniversário em julho só pode sacar em outubro isso é desrespeito ao trabalhador é um tapa na cara da sociedade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?