Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Pagamentos de contas por meio do cartão do auxílio emergencial são LIBERADOS

Aplicativo Caixa Tem pode ser utilizado para o pagamento de contas de concessionárias

As contas de água já podem ser pagas com o cartão do auxílio emergencial. A modalidade já está disponível em todos canais de pagamento, como site e aplicativo. Para fazer o pagamento, é necessário digitar a numeração do cartão de débito virtual informado no aplicativo Caixa Tem.

Outras contas, como as de luz e de telefone também podem ser pagas utilizando o valor do auxílio pelo app Caixa Tem. Como já adotado por diversos beneficiários, também é possível gerar boleto em bancos digitais, como o Nubank e C6 Bank, para transferir o valor do app Caixa Tem para o banco. Dessa forma, não é necessário aguardar o calendário oficial para saque e transferência, que, em alguns casos, pode demorar mais de um mês de espera.

Como pagar a conta de água com o auxílio?

Faça login no app do Caixa Tem. Em seguida, clique em “Realizar pagamentos” no menu. A opção permite pagamentos de até R$ 600. Será aberta uma interface de bate-papo, com opções de ler o código de barras de um boleto ou digitar o código de barras.

Escolha se deseja ler o código de barras com a câmera ou digitar. No primeiro caso, basta apontar o celular para que o código de barras seja escaneado. Se o beneficiário tiver mais de uma conta na Caixa Econômica Federal, será perguntado qual delas será usada para o pagamento. Confirme os dados da conta que terá o saldo utilizado e confirme o pagamento. Por fim, digite a senha de seis dígitos do app Caixa Tem.

Como pagar a conta de água com o auxílio?

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio já foi oficializada por meio de medida provisória e terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.  

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro. 

O Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.   

O presidente Jair Bolsonaro já havia informado sobre a redução do valor do benefício e argumenta que, se o valo pode parecer pouco para os brasileiros afetados pela pandemia, “é muito para quem paga, no caso, o Brasil”.  

De acordo com cálculos feitos pela equipe econômica, o custo mensal do benefício foi de R$ 50 bilhões por mês durante a primeira fase do programa. 

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

2 Comentários
  1. Carla Diz

    O Meu tmbm não está entrando!!….ja estou cansada disto!… um descaso total!!…Falta de respeito com qm realmente esta precisando!…..Fui para avaliação já fazem 20 dias e não tenho resposta de nada!!

  2. Gleice Diz

    Essa merda desse aplicativo Caixa tem não tá funcionando pra pagar contas,faz dias que minha irmã tenta e nem abrir abre,tomem vergonha na cara e agilizem isso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?