Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Confirmado! Auxílio de R$ 600 terá cerca 1,5 milhão de pedidos com prioridade

Esses requerimentos feitos em abril estão retidos para processamento adicional.

Neste fim de semana, a Dataprev confirmou que 1,5 milhão de cadastros do auxílio emergencial que foram feitos em abril terão prioridade no processamento. Esses requerimentos feitos em abril estão retidos para processamento adicional.

Foi fechado acordo entre a Defensoria Pública da União e governo para cumprir prazo de até 20 dias para que a análise dos pedidos seja concluída. O benefício foi criado para auxiliar a parcela mais vulnerável de trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus: desempregados, autônomos, informais e microempreendedores individuais (MEIs).

Nas redes sociais, há cidadãos que afirmam esperar a resposta do cadastro há mais de 40 dias. Os cadastros feitos em abril e ainda sem resposta, há mais de 30 dias, são 1,3% do total de 112,5 milhões de cadastros.

O acordo entre o governo e a Defensoria Pública da União foi feito após várias ações na Justiça pedirem liberação imediata do auxílio de R$ 600 por causa da demora na resposta. A Dataprev afirmou que pretende terminar a análise dos cadastros feitos em maio ainda esta semana.

Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos

  • 30 de maio (sábado) – nascidos em janeiro
  • 01 de junho (segunda-feira) – nascidos em fevereiro
  • 02 de junho (terça-feira) – nascidos em março
  • 03 de junho (quarta-feira) – nascidos em abril
  • 04 de junho (quinta-feira) – nascidos em maio
  • 05 de junho (sexta-feira) – nascidos em junho
  • 06 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 08 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 09 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (quinta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sexta-feira) – nascidos em dezembro

Quem pode receber o auxílio emergencial?

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  1. O cidadão, enfim, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  2. Dessa forma, na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  6. Após isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH);
  10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  11. Em conclusão, na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Veja também: Dois saques do PIS/PASEP são liberados com valor de até R$1.045

Leia Também:

brasil 123  
32 Comentários
  1. William Diz

    Tou na mesma situação não recebi nenhuma ainda tá requerimento retido para processo adicional e quando ligo diz que a segunda parcela tá em análise
    Rapaz direitos são iguais só deveria libera o restante das parcelas quando resolvesse logo isso
    Somos todos iguais .

  2. Gleison Silva Diz

    * Vocês da DATAPREV têm que zerar esse processo o mais rápido o possível.
    Para poder dar continuidade e a CAIXA
    liberarem esse pagamento.
    Desde abril aguardando que palhaçada muitos estão nesse processo ai.
    Já estão falando em uma 4° e 5° PARCELA.
    E milhares de pessoas aguardando a liberação da possível 1° PARCELA.
    Vamos ter o Bom senso e Fazer que esse auxílio chegue a quem está precisando.
    Enquanto isso 6 Milhões enganaram esse sistema jogaram o cola colou e RECEBERAM INDEVIDAMENTE.
    Que país é esse???

  3. Marcelo Diz

    Recebi minha ultima parcela do SEGURO DESEMPREGO no dia 04 de abril e solicitei o pedido do auxilio no dia 07 de abril e por duas vezes vem constando q estou recebendo o SEGURO, pois CONTESTEI e sera q não vou ter direito?

  4. LERSIA MIRANDA Diz

    Você tem que marcar que é mulher e chefe de família.

  5. Simone Barbosa Diz

    Por gentileza, só gostaria de saber oque tem a renda de 2018 haver com esse benefício,por que essa injustiça?Sou mãe de família,tenho 2 filhos ,estou desempregada e não tenho direito,😠 sensação de revolta.

    1. Cleonora Santos da cruz Diz

      Sou beneficiária do bolsa família a um tempo atrás mandei excluir o nome do meu filho por ele já ter casado e saiu de casa. Quando ele foi fazer o cadastro dele consta que ele está no cadastro único, estou arecebendo 1200 reais eu estou com muita dúvida de quem arecebe com migo se é o meu filho ou é o meu cônjuge , por favor se alguém pode me ajudar a esclarecer essa dúvida eu agradeço muito.Quando eu abri o novo set do governo diz que tanto o meu filho como o meu cônjuge forao aprovados,no antigo sat o do meu cônjuge da incompleto ou que está no cadastro único do do meu filho da em análise,é isso está desde março.

  6. Aparecida Muscopf Diz

    Boa noite ,vim aproveitar este espasso pra relatar minha indignação,sempre fui uma trabalhadora uma boa mãe mas estou em desespero sem trabalho des do dia 23 de março trabalhava informal em um restaurante, fiquei mais aliviada quando o governo disse que ia nos amparar com este auxílio dia 7 de abril me escrevi,hoje é 7 de junho e ainda está em analize como isso gente nesses três meses já fui despejada cortaram minha luz e meu filho já foi dormir pedindo pão já estou com depressão entreguei mai de 100 currículo e sempre quando posso vou com esperança ver se meu pedido de ajuda de socorro foi liberado , mas não três meses em análise estou muito triste e descepcionada pois fazem o senso sabem quantos filhos tenho ,sabem quanto foi depositado meu ultimo INSS e o valor que tenho mas na hora de me socorrer ficam analisando até quando até irmos morar na rua perdermos nossa dignidade,nossa alma de ser humano???

  7. Byah Diz

    Sou mae adolescente e a dateprev nao aprovou o auxílio porque la consta que eu nao tenho 18 anos quero saber porque que nao aprovou eu tenho direito e quero receber tem muitas mães adolescentes no brasil todo que estao na mesma situação que eu e nós maes precisamos nao é facil ser mae e ser solteira nao tem como trabalhar esperamos uma resposta

  8. Karina Constantino Diz

    Já é a 3 vez que me.cadastro e meu esposo tbm.fez estamos desempregados pagamos aluguel temos duas filhas e nada

  9. Grillo Braga Diz

    Se recebeu Seguro desemprego nos Ultimos 90 Dias nao tem Direiro……É seu Caso…Voce tem que esperar completar 90 Dias…e se tiver Opcao ….refazer seu Cadastro.

  10. Lillian Silveira Diz

    Boa noite!
    Estou em análise desde o início de abril já estou na quanta análise e nada.

    1. Grillo Braga Diz

      Mais o que alegou nas outras Analises?

    2. JHANE VELOSO SANTOS Diz

      Boa tarde já estou em análise pela terceira vez.
      Estava na experiência fui mandada embora tenho 2 filhos menores e estou com covid 19 dependendo de parentes para sobreviver acho isso um absurdo sendo que muitos que não precisam estão recebendo trago aqui minha indignação

  11. Antônio Diz

    Boa tarde me chamo Antônio Sérgio tavessia audino beneficiario do bolsa família sou de Gravataí RS tenho três filhas menores autônomo do grupo de risco com hepatite C ,esperei em abril pelo auxílio emergencial nao veio ,alegação da Dataprev de eu era agente público, corri atrás de certidões na receita Federal, Câmara Municipal de Gravataí para provar que atendia todas as exigências fiz contato com o n° 08007072003 onde relatei tudo estes fatos recebi um n° de protocolo que vai completar 30 dias já, entao veio a 2° parcela do bolsa e o valor continuou os mesmos R$123,00 ,ontem liguei para o 0800 da Dataprev e para minha surpresa na segunda análise não fui selecionado porque meus dados contam como se eu estivesse DETENTO ,tirei as certidões criminais estadual e federal e nada consta liguei novamente então me forneceram outro n° de protocolo já está Chegando a 3° parcela e eu ainda não fui selecionado meu email [email protected] meu cel 51995241831

  12. CharlesDat Diz

    Get news of the latest releases for the best online casino slot games, know your max coins from your RTP! Claim Online Casino Bonuses here!

  13. Ana Cristina Sousa Diz

    Estou desempregada a 10 meses sou mãe de família e estou em análise a quase 2 meses será que até dezembro já foi analisado o meu cadastro???

    1. Grillo Braga Diz

      Olha tem muita gente que faz o Cadastro errado…..quer ajuda ……62983298985..Whatsapp

      1. Karen Diz

        Tô em análise desde do dia 1 de maio e ja refiz e essa é 3 vez…tô desempregada e desesperada…tenho contas p pagar e tenho filhos pequenos p sustentar e sou mãe solteira…todo dia eu olho no app e nada…só dá análise poxa

  14. Lua Diz

    Tereza Fagundes ele tem direito de receber o BPC. Baixa o aplicativo do INSS. Já deu certo!

  15. Wallison Diz

    Desde de Abril que estou em análise , estou desempregado

  16. Tereza Fagundes Diz

    Eu e meu esposo não recebemos o auxílio pois fizemos 2 vezes e falaram que estava faltando informações meu esposo não trabalha pois e cardiopata e não conseguiu se aposentar por invalidez já tem 5 anos que ele espera pela aposentadoria sem receber nenhum auxílio e muito difícil vc não trabalhar e nem ter nenhuma renda e não consegui nem o auxílio do governo.😔😔

    1. Liliane Diz

      Eu estou na 3 análise ainda ñ consegui ser aprovada tô desempregada mãe solo e ñ consigo receber esse auxílio tô desesperada

  17. Marcel Cezar Diz

    E quem já refez pela terceira vez.
    Quando vai ter a resposta .
    Ninguém fala nada ?
    Cada vez uma justificativa .
    Vamos nós de uma resposta ?
    Enquanto isso vou depositando mais na conta de quem não precisa .
    Vergonhoso .

    1. Janaína Diz

      Meu auxílio em análise desdo dia 07/04 tá já na 3 análise, primeira análise deu dados inconclusivos, refiz o cadrastro tive resposta cidadão recebendo seguro desemprego sendo que eu recebi minha última parcela dia 01/04 . Até agora continua em análise. Sou chefe de família , isso é uma injustiça, muitos recebendo sem precisar.

      1. João Justino Diz

        Meu nome João Justino eu beneficiário do bolsa família já a dois anos fui incluído no auxílio emergencial recebi a primeira parcela em abril desde então espero pela segunda até hoje em quanto isso pessoas que não precisa estão recebendo que governo esse dos pobres ou dos ricos

  18. Claudia Diz

    Meu filho é do cad único
    Recebeu a primeira parcela e a segunda fala que está em desconformidade
    Não entendi
    Pq ele está dentro das regras

  19. Francisco Avila Diz

    Quem recebeu final de maio quando receberá segunda parcela?

    1. Wallison Diz

      Desde de Abril que estou em análise , estou desempregado

      1. João Justino Diz

        Espero que essa reanálise seja brevê porque a fome não espera quem realmente precisa está insistindo que não precisa não insisti queremos uma resposta

    2. Lua Diz

      Francisco Ávila sera no final de Junho

      1. João Justino Diz

        Espero que nosso governo não faça pouco caso dos que realmente precisão afinal somos beneficiários do bolsa família

        1. Nildo Gomes Diz

          Nascidos em agosto era ontem nem água da 2 parcela kkkk !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?