Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Caixa e BB liberam calendário do PIS/PASEP com valores a partir de R$88

Podem receber, neste momento, apenas correntistas da Caixa ou do Banco do Brasil.

O pagamento do abono salarial PIS/PASEP para quem trabalhou com carteira assinada ou como servidor público em 2019 já está sendo feito.

Podem receber, neste momento, apenas correntistas da Caixa ou do Banco do Brasil. Os demais trabalhadores poderão receber o benefício a partir do dia 16 de julho, conforme calendário divulgado pelo Governo.

Devem receber o crédito automático em conta:

  • Correntistas da Caixa com direito ao abono do PIS nascidos entre julho e dezembro
  • Correntistas do BB com direito ao abono do Pasep e número de inscrição terminado entre 0 e 4
  • Quem não se encaixa em um desses casos, mesmo que tenha conta na Caixa ou no BB, terá que esperar o calendário de pagamentos.

Abono de R$88 a R$1.045

Para ter direito aos valores, o trabalhador deverá atender a alguns requisitos, como por exemplo, ter recebido em média até dois salários mínimos mensais. O valor pago pode chegar a até um salário mínimo (R$ 1.045, em 2020) e varia conforme o tempo de trabalho. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do mínimo, hoje no valor de R$87,08. Veja:

  • 1 mês: R$ 88,00
  • 2 meses: R$ 175,00
  • 3 meses: R$ 262,00
  • 4 meses: R$ 349,00
  • 5 meses: R$ 436,00
  • 6 meses: R$ 523,00
  • 7 meses: R$ 610,00
  • 8 meses: R$ 697,00
  • 9 meses: R$ 784,00
  • 10 meses: R$ 871,00
  • 11 meses: R$ 958,00
  • 12 meses: R$ 1.045,00

O calendário de saques abaixo segue o mês de nascimento dos beneficiários do PIS (empregados de empresas privadas) e o número de inscrição no Pasep (servidores públicos).

Abono antecipado para correntistas da Caixa e BB

Em 2020, o Governo adiantou o pagamento do abono para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil. A Caixa realiza o pagamento para empregados da iniciativa privada, enquanto o Banco do Brasil paga os servidores públicos.

Calendário PIS/PASEP

Para quem trabalha em empresa privada

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021

Para quem trabalha em setor público

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Atenção: o prazo final para o saque é 30 de junho de 2021 em todos os casos.

Quem tem direito ao saque do abono?

  • o trabalhador que exerceu profissão com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2019;
  • o trabalhador que ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês;
  • quem está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
  • a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente no sistema do governo.

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, será necessário fazer a consulta das seguintes maneiras:

PIS (trabalhador de empresa privada):
no Aplicativo Caixa Trabalhador
no site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):
pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Abonos salariais antigos também podem ser sacados

O último calendário de saques do abono salarial, referente a quem trabalhou em 2018, terminou em maio de 2020. Quem tinha direito, mas deixou passar, poderá sacar a partir de agora, seguindo um novo calendário, ou no prazo de cinco anos.

De acordo com o Ministério da Economia, quem perdeu o prazo não precisa entrar na Justiça para sacar o benefício. Os correntistas da Caixa e BB com direito à antecipação terão os créditos em conta disponíveis a partir do dia 30 de junho, enquanto que os demais trabalhadores poderão fazer o saque a partir de 16 de julho, conforme o calendário acima.

Veja também: Novo saque do FGTS de até R$1.045 na Poupança Social até setembro

Leia Também:

brasil 123  
5 Comentários
  1. Lucia Diz

    Porque mais um ano estão atrasando os que fazem aniversario de janeiro a junho. Tiraram mais um ano nosso de pis

  2. Sabina Diz

    Eu sou correntista da caixa faço aniversário em agosto e o valor não caiu na minha conta dia 30 de junho…. é sorteio por acaso?
    Porque uns receberam e outros não?

  3. Nahz Diz

    Por isso votei nulo em 2018 e, continuarei votando até o brasileiro perceber que a única solução é uma Revolução.
    Todos os meios financeiro que o governo libera, vão demorar MESES para chegar na mão do brasileiro. Será que esses CANALHAS NÃO ENTENDEM, QUE OS BRASILEIROS PRECISAM DE UM PRAZO DE NO MÁXIMO ATÉ UM MÊS PARA TER O DINHEIRO EM MÃOS, POIS TODAS A DÍVIDAS BÁSICAS, COMIDA, REMÉDIOS E ETC… NÃO VÃO CONSEGUIR ESPERAR MESES.
    Contudo, não se preocupem. Em 2022, 2026, 2030 NUNCA CONSEGUIRAM MEU VOTO.

  4. sandro luis becker Diz

    Trabalhei o ano de 2019 ,inteiro não recebi mais de dois salários,, porque recebi como se tivesse trabalhado ,só 7 meses

    1. BERNADETE DA SILVA Diz

      Estava desempregada desde julho 2019 salário 1630,00 meu filho desempregado salário anterior 1600,00, outro filho suspenso do trabalho e não tive ajuda do governo por três vezes me cadastrei no auxílio emergencial, não consegui, então vejo jornal da Globo mostrar que pessoas com carteira assinada e jogadores de futebol e família receberam, e uma injustiça, e vc não tem o que fazer porque a caixa e dataprev bate na mesma tecla que vc não tem direito, informa que nossa renda está acima do valor 522,00, mas eu estava desempregada no momento e não ti há renda alguma.
      Graças a Deus consegui um emprego no dia 16 junho pra ganhar um salário mínimo. Então desisti E se eu for depender de governo ficar em casa por conta da quarentena, nos vamos morrer e de fome e não dá covid19 porque nesse país nada funciona por isso existe políticos corruptos, a corrupção começa pelo cidadão, eu sou mesaria nas eleições, mas o meu voto sempre será nulo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?