Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: Governo cogita três novas parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Pagamento escalonado em valor decrescente prepararia beneficiários para o fim do auxílio

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já falou algumas vezes sobre a prorrogação do auxílio emergencial. Atualmente, o benefício paga três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, autônomos, desempregados que não recebem seguro desemprego e microempreendedores individuais (MEIs). Mães solteiras recebem R$ 1.200 por parcela.

Apesar de ter falado sobre a prorrogação, o governo defende que as novas parcelas sejam de menor valor que R$ 600, chegando a já ter cogitado duas novas parcelas de R$ 300. Rodrigo Maia, presidente da Câmara, se mostra contrário à ideia e defende que as novas parcelas continuem a R$ 600.

Atualmente, beneficiários do Bolsa Família recebem a terceira parcela; ainda há milhões com cadastro em análise. De acordo com o G1, a ideia de prorrogamento que mais satisfaz Bolsonaro recentemente é que sejam pagas mais três parcelas, com valor menor a cada mês. Ou seja, uma quarta parcela a R$ 500, quinta parcela a R$ 400 e sexta parcela a R$ 300, finalizando o benefício.

Integrantes do governo defendem o pagamento escalonado em valor decrescente para que o beneficiário possa se preparar para o fim do auxílio. Além disso, novas três parcelas daria ao governo o tempo para preparar o programa Renda Brasil, que pretende reunir programas sociais e deve ser lançado no segundo semestre de 2020.

Oficialmente, a equipe econômica do governo afirma que até agora é possível pagar mais duas parcelas de R$ 300, como já foi defendido por Bolsonaro e Paulo Guedes, ministro da Economia.

Leia Também:

brasil 123  
6 Comentários
  1. Mimi Flores Diz

    Eu gostaria de saber o porquê minha mãe o mês passado recebeu o auxílio emergencial dela no valor de 600 reais e esse mês ela não recebeu o auxílio e sim o bolsa dela no valor de 91 reais . Eu gostaria de saber o porquê ???

  2. Geovane de Almeida salgado júnior Diz

    Só tô esperando receber a segunda parcela que ainda nada de ser liberada.

  3. Keffany Paula Ramos Diz

    Olá estou em dúvida pois fui aprovada dia 22/05/2020 e recebi a primeira parcela quando muitos já estavam recebendo a segunda, e até hj dia 25/06/2020 não caiu mais nada na conta, poderiam me explicar porque?
    Obrigada

  4. Cassia Diz

    Deixa a grana sair libera Bolsonaro 👍

  5. Marcelo Juarez fernandes Diz

    Hó Bolsonaro libera a grana 💰 🤑👍

  6. Marcelo Juarez fernandes Diz

    Hó seu Bolsonaro que isso meu pensa bem a quarta e quinta ou direpente até a sexta parcela do auxílio emergencial serar uma boa com mais 3 parcelas de 600 reais que isso Bolsonaro libera aí e deixa de ser munheca de vaca 🐃 o caixa tá lotado de grana 👍😆👍🤩👍😍

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?