Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: Mais de 400 mil pessoas ainda aguardam a aprovação

Um total de 420.133 mil brasileiros ainda estão na fila da Dataprev aguardando o resultado da solicitação do auxílio emergencial.

Até o momento, um total de 420.133 mil brasileiros ainda estão na fila da Dataprev aguardando o resultado da solicitação do auxílio emergencial. Desse total, 202.417 são contestações de pedidos negados e 195.856 são recadastramentos realizados após 16 de agosto.

Além disso, um total de 21.860 trabalhadores informais ainda aguardam o resultado do primeiro pedido do benefício. Esses pedidos foram retidos pelo Ministério da Cidadania para nova análise e processamento de dados.

Na última segunda-feira (14), a Dataprev enviou para a Caixa Econômica Federal o resultado de 1,255 milhão de contestações realizadas entre 20 de julho e 26 de agosto. Do total, 494.041 cadastros foram considerados como elegíveis ao benefício e outros 6.970 considerados inconclusivos.

Em nota, a Dataprev explicou que os processamentos são definidos pelo Ministério da Cidadania. A empresa destacou que é responsável apenas pelo o reconhecimento do direito ao benefício.

“As demais parcelas, autorização e cancelamento de pagamentos são verificados pelo órgão gestor do programa”.

Auxílio prorrogado até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio já foi oficializada por meio de medida provisória e agora terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro. 

Neste ano, o Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.   

O presidente Jair Bolsonaro já havia informado sobre a redução do valor do benefício e argumenta que, se o valo pode parecer pouco para os brasileiros afetados pela pandemia, “é muito para quem paga, no caso, o Brasil”.  

De acordo com cálculos feitos pela equipe econômica, o custo mensal do benefício foi de R$ 50 bilhões por mês durante a primeira fase do programa. 

Leia Também:

13 Comentários
  1. N Diz

    Meu esposo foi aprovado recentemente no auxílio, porém mandou os documentos pelo whats e faz 1 mês e alguns dias e até agora não validaram a documentação dele.

  2. ERICA MENEZES Diz

    Me eu auxilio depois de receber 3 parcelas entrou p avaliação e bloqueado no Dataprev em agosto, estou desempregada, contas vencidas. Espero retorno dos meus direitos.

  3. Maria Diz

    Minha contestação continua em analise.gostaria de saber se Vai ser aprovado ou nao

  4. Sheilla Diz

    O meu até hoje está em avaliação então até quando vai fica isso

  5. Thiago Felipe Diz

    Tô aprovado mais o saldo não cai na conta

  6. Solange de Deus torres Diz

    O auxílio do meu filho foi aprovado e foi encaminhado para a caixa e até hoje não recebeu.

  7. Lúcia Diz

    Eu recebi só a primeira parcela em abril e nada mais

  8. Erlonio Santos Diz

    Só recebi a primeira e até hoje continua em análise .

  9. Ana Cristina Vieira Lima Diz

    Minha filha recebe bolsa família e recebeu só uma vez o auxílio daí nunca mas recebeu

  10. Josi Diz

    E tudo roubo ninguém recebeu auxílio emergencial em junho da turma de abril da mesma forma que nem uma quinta parcela foi recebida em agosto a não ser os bolsas família no caso todos vão perder parcelas por conta da desorganização da caixa econômica e do governo federal

  11. Genecy Diz

    É UMA VERGONHA FALA QUE ERAM PARA OS TRABALHADOR NA VERDADE GUEM NÃO PRECISA PEGA EU GANHO 1000 MEU MARIDO ESTA DESEMPREGADO FAÇO MILAGRE COM 1000 MIL REAIS ESPERO QUE UM HAJA JUSTIÇA

  12. Marineide Miranda vitoria Diz

    Quem recebeu a primeira parcela do auxiliu emergencial em maio tem direito a quantas parcelas de 300

  13. Giseli silva Diz

    Réalmênte de pessoas que têm que resçeber de possível estádo 5 e 6 parsçelas de 1.200.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?