Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial aumentou renda pré-pandemia em 24%

Estudo também mostrou quais trabalhadores foram mais afetados pela pandemia

Os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 tiveram aumento de renda em 24% quando comparado ao que normalmente recebiam antes da pandemia do novo coronavírus. É o que mostram os dados divulgados pelo Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da Fundação Getulio Vargas.

O auxílio emergencial teve mais impacto entre os trabalhadores informais. Neste caso, o aumento da renda foi de 50%. Os informais saíram de uma média de renda de R$ 1.344 antes da pandemia para R$ 2.016 enquanto recebem o auxílio.

O estudo concluiu que o auxílio emergencial mais do que compensou as perdas decorrentes da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. Ainda assim, o estudo destaca que isso não significa que o auxílio tem um valor muito alto, e sim que o Brasil tem um nível de pobreza e de desigualdade muito altos.

O estudo mostrou também quais foram os trabalhadores mais afetados durante a pandemia. Sem levar em conta o pagamento do auxílio, a renda média de cabeleireiros e manicure caiu em 42%. De vendedor ambulante, caiu em 38%; para motoristas, caiu 36%; para vendedores a domicílio, a queda foi de 33%; para artesãos, costureiros e sapateiros, a queda foi de 33%.

O estudo divulgou também que o auxílio emergencial de R$ 600 foi pago para 64 milhões de brasileiros, com 104 milhões de pedidos. De acordo com o estudo, o auxílio abrange pessoas que não são pobres o suficiente para serem incluídas no Bolsa Família, mas ainda assim são pobres.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

6 Comentários
  1. tom Diz

    Esse dinheiro nada mais do que os impostos que vivemos pagando,portanto para de dizer que é o governo que está dando a gente,e outra coisa a gente tem que receber até se organizar se não como é que iremos sustentar nossas famílias ja que estamos desempregados 😨

  2. Terezinha Maria Trindade Diz

    Graças a Deus tivemos este auxílio pois cem ele não sabia como nós ia sobreviver 🙏🙏

  3. Maria Diz

    Concordo plenamente com a pesquisa, tem pessoas qusão pobres e teria condições de viver se tudo realmente visto de uma forma digna, tipo assim os trabalhos informais são muito importante, mas este trabalhadores vivem do seu trabalho no entanto não estudam é seus filhos pára fazer uma faculdade ou seja ter uma educação as vezes não possível. As políticas públicas é fraca para este setor. A educação e outras coisas do seres humanos estão sempre a desigualdades.

    1. Catielle Diz

      Rapais boa noite eu agradeço primeiramente a Deus e todos que concordarão com o pagamento do auxilio n sei o que. Seria de mim n trabalho tenho dois filhos e agradeço de coração e posso sim plongar ater acaba a pandemia vai ajuda muinta gente que Deus posso nuis ajuda

  4. Mauro Cleverson Petry Diz

    Parabéns caixa econômica mais governo por suas atitudes com os brasileiros … não é muito mas ao menos fome não passamos

  5. José Aledson Santa Fé Santos Diz

    Sim isso verdade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?