Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: 36,9 milhões são considerados inelegíveis

Ainda há mais de 16 milhões aguardando resposta sobre o cadastro

De acordo com o Dataprev, 36,9 milhões de brasileiros foram considerados inelegíveis para receber o auxílio emergencial. Atualmente, ainda há 16,4 milhões de cidadãos com o cadastro em análise.

Ainda de acordo com o Dataprev, foram analisados 112,5 milhões de cadastros feitos em abril para receber o auxílio de R$ 600. Destes, 59,3 milhões foram aprovados e 36,9 milhões, considerados inelegíveis. Entre 1 e 24 de maio, foram recebidos 8,6 milhões de cadastros. Dos 8,6 milhões, 3,5 milhões haviam sido considerados com “dados inconclusivos” em abril.

Os pedidos por auxílio emergencial feitos em maio continuam em análise. O Dataprev afirma que sua equipe trabalha para que o serviço seja finalizado até próxima semana. O Dataprev é responsável por fazer cruzamento de dados: a análise é feita verificando a base de dados com informações de cada cidadão.

Entre os principais motivos para o cadastro ser reprovado é ter emprego com carteira assinada, ser aposentado ou pensionista do INSS, ter menos de 18 anos, CPF irregular ou de pessoa falecida ou limite acima das duas pessoas que recebem Bolsa Família. Os cadastros para receber o auxílio emergencial continuam abertos até o início de julho.

Leia Também:

brasil 123  
2 Comentários
  1. Janaíres Diz

    Fiz meu cadastro no primeiro dia de cadastro em abril. Aí fazer meu cadastro coloquei meu CPF e do meu esposo e da mesma forma do no cadastro dele, mais ainda não fomos aprovados, pelo contrário pela segunda vez os dados foram inconclusivos. Pessoal será que o fato de ter feito o meu cadastro e o do meu esposo e colocar os CPF foi um erro? Precisamos muito desse dinheiro.

  2. Jozias Alves de Siqueira Juniorr Diz

    Gente pelo amor de Deus da uma luz ai…que demora é essa? Fui aprovado a mais de duas semanas e até agora não recebi a PRIMEIRA PARCELA, eu ligo diz que a partir do dia 25 mas hoje é dia 01 de junho e nada…sou trabalhador informal minha esposa é desempregada temos um filho de 2 anos não recebemos bolsa família e nenhum tipo de auxilio do governo. ..tem gente que já recebeu a segunda parcela. …me deem uma resposta por favor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?