Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$600: Quem recebeu 1ª parcela pode não receber 2ª e 3ª

Quem conseguiu emprego formal pode não receber novas parcelas

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, revelou novas informações sobre o auxílio emergencial no fim desta semana. O benefício foi criado para auxiliar trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs) durante a pandemia do novo coronavírus.

Entre as novas informações, o presidente da Caixa afirmou que a próxima rodada de pagamentos terá seu calendário revelado em duas semanas. Além disso, foi revelado que quem recebeu a primeira parcela não tem garantia de que receberá a segunda ou a terceira.

O Ministério da Cidadania afirmou que, a cada pagamento de uma parcela é feita reanálise dos cadastros. Os cadastros já aprovados passam por uma análise, levando em conta possíveis novas informações que podem ter sido inseridas sobre o requerente.

O objetivo da reanálise é evitar pagamentos indevidos. Por exemplo, quem recebeu a primeira parcela quando estava desempregado mas, nesse meio tempo, conseguiu um emprego formal, pode ser impossibilitado de receber as parcelas seguintes.

No último sábado (30), foi iniciado o calendário para saques e transferências entre bancos para quem recebeu a segunda parcela. O cronograma segue até 13 de junho.

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  • 1. O cidadão, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  • 2. Na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  • 3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  • 4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  • 5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  • 6. Feito isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  • 7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  • 9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH;
  • 10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  • 11. Na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Veja também: 

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Leia Também:

brasil 123  
41 Comentários
  1. Luzivaldo Diz

    Pagar para que não tem emprego formal e as empresas que estão fechadas e não está pagando salário o que fazer .

  2. Mônica Diz

    Engraçado sairá a data da terceira parcela. Sendo que o povo pegou a segunda do final de maio para junho.e quando sairá o calendário da segunda parcela para quem pegou a primeira atrasada que foi em maio e quando sairá a resposta para os que estão em análise ou que foram aprovados e nada ainda. Pq demora 30 dias de uma parcela e outra se demora isso a terceira nem devia sair por imediato sim a segunda dos aprovados agora e a primeira dos aprovados em junho

  3. Mônica Diz

    Entendo seu modo de pensar. Mas quem pegou a segunda agora em junho já vai pegar de novo afinal sairá o calendário da 3 parcela pelo que a caixa informou. Ou seja quem pegou a primeira parcela mega atrasada como eu que peguei no fim de maio queremos uma resposta afinal se já vai sair a data da terceira precisa sair da segunda para os atrasados e a primeira para os atuais aprovados

    1. Elisabete bonadio Diz

      Bom dia eu tbm peguei no fim de maio a primeira mas pelo que eu ententi a gente tem que espera um mes pra receber a proxima como ja haviao divulgado antes mas agora eles nao explicam nada mais

      1. VANUZA Diz

        Eu recebi minha primeira parcela dia 26 de maio ,dia nove foi para os nascidos em setembro fui na caixa e ainda ñ tem nada na minha conta

  4. Sheila Diz

    Sou Mei recebi a primeira parcela no dia 23 de maio,estou esperando receber a segunda e até agora não foi divulgada a data,para quem recebeu a primeira e o governo já está fazendo o calendário da terceira parcela
    Cadê a minha segunda parcela que ainda não recebi?
    Que falta de organização.

    1. Mônica Diz

      Tbm estou esperando para saber quando receberei a segunda parcela. Já não basta ter sido aprovada depois de um mês recebi a primeira dia 25/05 já estao vendo a terceira parcela sem ter resolvido a segunda que está atrasada fora a primeira de quem nem se quer recebeu só está em análise. E outra pegaram a segunda esse mês de junho

    2. Pablo Diz

      Caracas tenha paciência

      1. Yndra Diz

        Nao da pra ter paciencia com contas atrasada nao

  5. Marilize titz Diz

    Eu e minha filha precisamos tmbdo auxílio nem recebemos a primeira parcela e sei q temos direito tem rico recebendo e pobres q nem nos não resebemos pq q vergonha é muito devagar esse análise é uma baita de uma vergonha q tá acontecendo aq no Brasil tirem de cada governante um pouco sem vergonhas.

  6. Wellito Diz

    Fiz o meu pedido. Dia 2 de abril. Contuo q Táva de emprego formal. Contestei é nada Ainda. ,acho q não vou receber de jeito nem um .

  7. Heloisa Diz

    Estou em análise e minha mãe também
    A data prev está horrível.

  8. Rogério Diz

    Sou MEI e recebi a primeira e a segunda parcela com sucesso.
    Essa postagem porqueira usa título fale para confundir o leitor

  9. Daniela Diz

    Gente quem tem direito mesmo não tá pegando esse dinheiro por exemplo sou desempregada e n resebir o meu marido trabalha na Uber não resebeu nada agora gente q nunca trabalhou vagabundo usuário de drogas todos eles estão pegando todos eles tão recebendo 😤

    1. Michel Carlos da Silva Diz

      Pra me o pior não foi nem aprovado o meu auxílio emergencial e agora o que eu faço sem emprego e sem o auxílio emergencial

    2. Marco Diz

      Eu que estou desempregado não consegui porque estou no cadastro único mais de pessoas na família eu acho uma vergonha isso não ter como fazer outro cadastro

    3. Aparecida Diz

      Verdade fui demitida estou tentando e nada não consegui entrar no auxílio bem e nem no outro.
      Estou sem nada de apoio parece que muito injusto este auxílio.
      Pois até pessoas bem sucedidas já pegou o auxílio.
      Eu só não passei fome porque Deus e justo.

  10. Pedro Antunes Diz

    recebi a primeira parçela não recebi a2-

    1. Sabrina Diz

      Que matéria ridícula! Quem é que conseguiu emprego, se o número de desempregados só aumenta.

    2. Elenice Diz

      E quem está aprovada para recebe a primeira parcela aguardando desde 07/04 e data de pagamento era dia 29/05 e ainda continua em análise para depósito em uma conta da própria Caixa. Mãe solteira e desempregada….uma falta de respeito com o povo..fui na Caixa no dia agendado e nem eles sabem quando vou receber… vergonha isso.

  11. Wesley Diz

    Boa noite você tem que ver no aplicativo da caixa tem pra ver se já entrou no conta

  12. Rozilene Rodrigues dos Santos Diz

    Eu a primeira vez que fiz deu trabalhadora formal, não sei como pois fui demitida e minha carteira foi dada baixa, fiz novamente e está em análise, conheço muita gente q recebe e trabalhando com carteira assinada,parece que eles é q escolhe quem deve receber e não quem realmente esteja precisando esse é o País das injustiça

    1. Liliani Diz

      Tenho dois filhos estou sem emprego e nemvda análise eu saí . Muitos receberam sem precisar e outros como eu precisa e não recebeu nem o parecer se vai ou não . E uma vergonha esa Dataprev .

  13. Jaqueline Diz

    Tô sem emprego recebi a primeira parcela ainda continuo sem emprego estou em análise pra receber a segunda parcela isso é uma humilhação pra nós que estamos necessitados

  14. Simone Diz

    Recebi a primeira parcela e até agora não recebi a segunda, estou desemprega até o momento e gostaria de vê como fica a situação do povo brasileiro, sem renda e sem trabalho.

  15. Luciana Diz

    Isso é uma palhaçada com o povo brasileiro um descaso, estou desempregada, até agora estou em análise lamentável isso

    1. Pedro Antunes Diz

      recebi a primeira parçela não recebi a2-

    2. Gisela Damas Diz

      Meu app caixa tem estou tentando baixar no meu celular e horrível não consigo tenho conta poupança porque q não deposita na minha conta estou desesperada😭

  16. Óbvio Diz

    É obivio que se tu tem emprego não precisa receber

  17. Fabiana Diz

    Isso e uma palhaçada minha mãe tem 60 anos recebeu a primeira foi receber a segunda e está em reanálise e ela contínua desempregada. Isso a desculpa do governo para não paga para quem realmente precisa em quantos conhecidos recebe e está trabalhando. Brasil e uma vergonha

  18. Paula Diz

    O meu foi aprovado era p receber dia 29 de acordo c o calendário,e até hoje nada..
    Gente da uma resposta, esse espaço é p isso! P tirarmos a nossa dúvida,e vcs responderem.A primeira parcela ainda.
    O caixa tem não abre.

    1. GALILEU VIANA DA SILVA Diz

      Verdade eu estou desempregado não consegui receber nem a primeira

    2. Isma Diz

      Feche o aplicativo e abra de novo se possível baixe novamente. Se o seu foi aprovado o valor esta la no Caixa tem

  19. Marcel Cezar Diz

    Só agora estão preocupados que fizeram merda .
    Aprovaram milhões de pessoas que não precisa do auxílio.
    Agora é tarde já depositaram a primeira e uma boa parte da segunda parcela .
    Tome vergonha na cara e dão uma resposta para quem está em análise até agora .
    E está precisando muito do dinheiro .

    1. Elisângela Diz

      Realmente quem precisa não recebi, eles deram o auxílio pra várias pessoas empregadas, pessoas com seguro desemprego e aos pais de família desempregados o auxílio foi negado eu não entendo pq eles não analisam direito. Aqueles que estão passando necessidade a Dataprev tem uma desculpa. Estão sendo injusto com o trabalhador.

  20. Thiago Diz

    Como vamos arruar emprego nessa pandemia ele está de brincadeira do pode

    1. Silvania Diz

      Recebi a primeira parcela q estava em análise desde abril,e o segundo qnd vai sair? Continuo desempregada!!!!

    2. Daniela Diz

      Boa tarde!O mais engraçado é que fiquei em análise na primeira, mas ela saiu, estou novamente em analise na segunda e nada até hoje.Estou desempregada a 3 anos e não tenho outra renda, até meu filho está desempregado! Então me responda como pode isso?

  21. Edinalda Furtado Moreira Diz

    Até,agora ,meu auxilio não saiu,ele estava em análise,agora estava em processamento,se for,liberado,será,q vou receber desde a primeira e terceira parcelas juntas?

    1. Fgusmao Diz

      Porra não acredito que você está fazendo essa pergunta todo santo dia falam que recebeu a primeira parcela as demais parcelas após 30 dias que merda povo burro

    2. Pedro magno Diz

      Eu sou pai solteiro tenho uma criança de 5 e outra de uma ano e cinco meses.
      Resebo o bolsa família.e só consegui pega a primeira parcela.
      O governo e inresponsavel se não tem condições de fazer não comesem

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?