Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$300 tem revisão confirmada para este mês

O TCU entende que a revisão mensal na lista de beneficiários ajudará a excluir do cadastro aqueles não têm mais direito ao benefício

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que a revisão mensal da lista de beneficiários do auxílio emergencial pode começar a partir deste mês.

Em agosto, o tribunal determinou que a revisão mensal da lista começasse em setembro, porém, o Ministério da Cidadania declarou que não teria condições de dar início ao recadastramento a tempo e pediu o adiamento para outubro.

O TCU entende que a revisão mensal na lista de beneficiários ajudará a excluir do cadastro aqueles não têm mais direito ao benefício.

A última auditoria do Tribunal de Contas da União apontou que o total de pagamentos indevidos do auxílio emergencial pode chegar a R$ 42 bilhões.

Auxílio prorrogado até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial por quatro meses no valor de R$ 300. A extensão do auxílio já foi oficializada por meio de medida provisória e agora terá que ser aprovada por deputados e senadores no Congresso Nacional.

“Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro. 

Neste ano, o Executivo depositou cinco parcelas de R$ 600 para os beneficiários do auxílio, visando ajudar os brasileiros de baixa renda, trabalhadores informais, MEIs, autônomos e desempregados.   

Governo muda regras para ter direito às parcelas de R$ 300

A medida provisória que prorrogou o auxílio emergencial por mais quatro parcelas no valor de R$ 300 também alterou alguns requisitos de renda para ter direito ao benefício 

Além das regras já estabelecidas, novos fatores podem fazer com que a pessoa seja impedida de receber as próximas parcelas.  

Dentre as mudanças, o governo também excluiu a possibilidade de presos em regime fechado e brasileiros que moram no exterior de receberem o auxílio. A Medida Provisória tem vigência imediata, porém, será avaliada pelo Congresso. 

Os requisitos gerais de renda foram mantidos pelo governo. Continua tendo direito ao benefício a pessoa que tem renda per capita de no máximo meio salário mínimo, ou renda familiar total de até três salários mínimos. No entanto, novos critérios foram estabelecidos em relação ao Imposto de Renda, que pode impedir a pessoa de receber as próximas parcelas 

Imposto de Renda

A primeira lei excluía do benefício quem tivesse recebido rendas tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano de 2018. Agora, o mesmo critério foi usado, porém, atualizado para o ano de 2019 

Foram excluídos do benefício aqueles que receberam em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil. 

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Também foi excluída das parcelas extras a pessoa que foi incluídna declaração do Imposto de Renda deste ano como dependente em uma das seguintes condições:  

  • Cônjuge  
  • Companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos;  
  • Filho ou enteado: a) com menos de 21 anos; b) com menos de 24 anos que esteja matriculado em ensino superior ou de ensino técnico de nível médio. 

Emprego formal

Vale salientar que pessoas que começaram em um emprego formal enquanto receberam as primeiras parcelas do auxílio emergencialnão poderão receber as parcelas extras. Da mesma forma para quem obteve benefício previdenciário ou assistencial, como aposentadoria, BPC ou pensão por morte. 

Leia Também:

24 Comentários
  1. Sandra f Diz

    E realmente e vergonha o meu tbm não vou receber extensão de auxílio trabalho por conta agora estou parada desde d março sou paciente d Incor sou implantada válvulas n coração sou de risco não posso sair p trabalhar vender meus bolos tenho gastos alto com remédio não tem direito, tenho duas filhas q depende d mim, pago mei,agora eu vejo pessoas q tem casas de aluguel comércio não precisa receber e recebe q análise e este q eles faz

  2. Eyshila Diz

    Na verdade,o auxílio está sendo um cabo eleitoral e só avaliar os políticos e suas ideias 🙏

  3. Lucineia micheli Alves dos santos Diz

    Meu filho foi aprovado mas até agora não consegui fazer a poupança online o que fazer nessa situação?

  4. Claudio leal Diz

    MEU PRESIDENTE BOLSONARO COM TANTOS FOUBOS FALCATRUAS DENTRO DOS GIVS.EATADUAIS E MUNICIPAIS E JUIZES CORRUPTOS E DINHEIRO NA BUNDA E SR NOS DA 400 REAIS. IASO FOIMINHA COMPRA DO MEA E OLHA QUE SOU EU MINHA ESPISA E UMA DOAÇÃO AO NECESSITADO. POR FAVOR O AR VIVERIA COM 300 REAIS ? ASSIM SUA REELEIÇÃO VAI PRO RALO….

  5. Marlene Diz

    Eu não trabalho de carteira assinada. Eu estou desempregado tenho uma filha de 1 ano, sou cadastrada no cadastro no bolsa família. Só recebi o valor do bolsa família, e cadê do auxílio???? Sou mãe solteira

  6. Marco ventura Diz

    esse dinheiro que esses políticos pilantras cortaram dos trabalhadores eu estou falando dos trabalhadores mesmo que estão parado é tudo pra mordomia deles e dos familiares deles com viagem passeio carros novos e etc. e também pra esconder na cueca também kkkk.

  7. Rubens Muniz Barreto Diz

    To desemprego desde abril de 2019, declarei em 2018 , 30,000 agora a declaração e 40,000 e continuo desempregados, oxi não tenho direito, explica ai como fico. ?

  8. Luana Gabreira Laurindo Diz

    Eu não vou mais receber pois foi alegado que minha renda foi mais de 28 e eu sou desempregada, como pode isso ? Estou querendo entender até agora

  9. jaciene castro galucio Diz

    Eu recebe até a 3 parcela, na 4 parcela ligo pro 111 diz que na poupança social digital sendo que o aplicativo não abre pra nada , fui na caixa me falaram que nao tem como fazer nada isso e sacanagem, agora entrei no dataprev estou bloqueada na 5 parcela pq estou recebendo outro auxilio vai entender ,, tudo papo eles não querem mas pagar , tem uma pessoa que mora aqui do meu lado eu não entende ela já tinha recebido as 5 parcelas aí, quando foi agora ela recebeu 900, eles não tão depositanto errado isso sim

  10. Morgana Diz

    Minha mãe recebia o auxílio emergencial e foi cortado ela possui diabetes faz tratamento psiquiátrico,tem processo no INSS.e recebeu o auxílio no mes de agosto.seu aniversário e 27/04.o que esta acontecendo..

  11. Helena Diz

    Fico sem entender essa análise que nunca sai ,é na caixa consta a pessoa que está desempregada sendo servidor

  12. Michele Diz

    Sou mãe solo e meu auxilio foi bloqueado na quinta parcela o motivo diz que sou do sexo masculino e sou mulher mäe de dois filhos
    Será que ainda recebo

  13. Marcela Diz

    Enquanto!!minha vizinha tem uma filha de 22 anos, que não faz nada na vida, aliás faz sim!! Dorme o dia todo enquanto a mãe dela trabalha como doméstica o dia todo e quando chega do serviço a mãe tem que fazer os serviços de casa e, ainda tem que fazer o almoço pra filha menor, enquanto a outra está dormindo e quando acorda começo a gritar com a mãe ,quer tudo nas mãos, almoço, roupas lavadas e cigarro,e o cigarro é a mãe que tem que comprar,aí passa a noite toda na rua fazendo farra, bebendo e usando drogas.

  14. Wilson Luiz Santos Barcelos Diz

    Alguém que entrou Com reclamação através da defensoria pública Federal já obteve alguma resposta positiva. Demorou quanto tempo.

  15. Luciano Medeiros Bezerra de Almeida Diz

    Eu também recebi 3 parcelas e entrei em avaliação data prev fala que eu tenho patrimônio incompatível pra entra nos requisito do auxílio
    Queria que eles me falassem a onde tá esse patrimônio pra me vender na hora tô prescisando de dinheiro

  16. Neuzita Diz

    Eu recebi 4 parcelas na quinta foi pra avaliacao .Motivo diz que sou do sexo masculino da pra entender ??.meu nome é Neuzita gomes de matos.

  17. Regina Diz

    O pior de tudo e que as pessoas não estão conseguindo fazer a contestação da extenssão do auxilio o benefício e um direito nosso como vamos fica agora “DATAPREV” desassistidos… ?

  18. Luzia Diz

    Eu recebi as cinco parcelas de 600 reais ,e agora não recebi a de 300 porque ?não estou empregada e recebi a primeira em abril ? porque ?pago aluguel sou sozinha ,

  19. Eliane Diz

    Meu marido não tem carteira assinada e foi cortado, no site fala que ele tem emprego formal, mas esta desempregado deste o inicio do ano. E uma baita de sacanagem com as pessoas que Infelismente estao dependendo desse dinheiro

  20. Izaira Pedro dos santos Diz

    Eu fui aprovada pelo cadastro único, e recebi a primeira parcela em Abril. Depois foi para análise ,eu sem entender o motivo fui a caixa várias vezes e nunca me falaram o motivo. Só que está em análise até hj, sendo que eu estou desempregada desde Dezembro de 2019. Tenho todo direito para receber esse auxílio, e foi injustiçada, por qual motivo eu ainda não sei. Será que ainda recebo ??!

  21. Rose Muralha Assis de Souza Diz

    O engraçado nesse análise é que eu me adequo a todos os requisitos ,porém a desculpa por não receber o benefício é que eu não fui localizada no cadastro dos órgãos governamentais… Sinceramente , se eu fosse filha de político ou qualquer que um que não precisasse com certeza eu estaria recebendo o benefício indevidamente. LAMENTÁVEL… PS. Minha análise está desde final de julho .braziiiillll

  22. Nadir Alves Pereira Diz

    Meu nome é Nádia Alves Pereira auxílio foi cortado só peguei o bolsa família 250 queria saber por qual motivo

  23. Taniele gonides da Silva Diz

    Porque está constando duas cotas do auxílio emergência em meu cpf

  24. Maria Diniz Diz

    Minha filha está desempregadas e não vai receber o alcilio emergencial de 300 reais porque dizem que a renda familiar foi de 28 mil gostaria de saber aonde está este dinheiro porque sou pensionista e ela tem 19 anos não consegue trabalho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?