Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ação pede melhoras no pagamento do auxílio emergencial para moradores de rua

Ação civil foi ajuizada contra a Caixa Econômica Federal, Dataprev e União

Ação civil feita contra a Caixa Econômica Federal, Dataprev e a União tem como intuito obrigar a Justiça a criar medidas que melhorem o acesso de moradores de rua ao auxílio emergencial.

O auxílio emergencial foi criado em abril de 2020 visando ajudar trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e desempregados durante a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. A ação civil é voltada para pessoas em situação de rua e migrantes em situação vulnerável.

A ação foi feita com conjunto pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público de São Paulo (MP-SP), Defensoria Pública da União (DPU) e Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPESP). De acordo com as instituições, as exigências visam melhorar o atendimento voltado a essa parcela da população. A ação também tem como objetivo solucionar problemas que essas pessoas estão encontrando com as barreiras tecnológicas, linguísticas e burocráticas, além da falta de informações.

O Ministério Público Federal afirmou que a maioria dos pedidos já havia sido feita de forma direta à Caixa após recomendação dada em agosto. Entretanto, a recomendação não foi atendida pelo banco. A nota afirma que, enquanto isso, essas pessoas continuam em situação de vulnerabilidade extrema e sem acesso ao auxílio.

As instituições desejam que a União, Dataprev e Caixas tenham obrigação de unificar o critério para definir os dias de liberação das parcelas, sem diferenciação do calendário de acordo com como os beneficiários terão acesso ao dinheiro. O pedido das instituições é que a União, Caixa e Dataprev devam unificar esses critérios em até dez dias úteis.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?