Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

6ª parcela do auxílio emergencial de R$300 AUTOMÁTICA para ESTE grupo

A partir de agora, o Governo vai começar a pagar quatro parcelas de R$300 da prorrogação anunciada pelo presidente Bolsonaro.

O cidadão que teve o cadastro aprovado pela Caixa Econômica Federal para o recebimento do auxílio emergencial vai ter direito ao saque automático da 6ª parcela do benefício. Sendo assim, a partir de agora, o Governo vai começar a pagar quatro parcelas de R$300 da prorrogação anunciada pelo presidente Bolsonaro.

No caso das mães chefes de família monoparental, o valor vai ser de R$ 600.  O pagamento do benefício tem como data limite o mês de dezembro deste ano.

O Ministério da Cidadania afirma que não há possibilidade de ser realizado um novo requerimento para a obtenção da extensão do auxílio emergencial. Apenas os trabalhadores que já foram beneficiados e, a partir de agora se enquadram nos novos requisitos, terão direito ao recebimento das parcelas extras.

Governo altera regras para ter direito às novas parcelas

A medida provisória, publicada no dia 03 deste mês, prorrogou o auxílio emergencial por mais quatro parcelas no valor de R$ 300 e alterou alguns requisitos de renda para ter direito ao benefício.

Além das regras já estabelecidas, novos fatores podem fazer com que a pessoa seja impedida de receber as próximas parcelas.

Dentre as mudanças, o governo também excluiu a possibilidade de presos em regime fechado e brasileiros que moram no exterior de receberem o auxílio. A Medida Provisória tem vigência imediata, porém, será avaliada pelo Congresso.

Os requisitos gerais de renda foram mantidos pelo governo. Continua tendo direito ao benefício a pessoa que tem renda per capita de no máximo meio salário mínimo, ou renda familiar total de até três salários mínimos. No entanto, novos critérios foram estabelecidos em relação ao Imposto de Renda, que pode impedir a pessoa de receber as próximas parcelas.

Calendário de Pagamentos de R$300

O Governo Federal liberou as quatro parcelas finais do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família. As novas parcelas pagarão R$ 300 a cada mês. No caso de mães chefes de família, o pagamento é de R$ 600 a cada parcela. O benefício começou a ser pago na última quinta-feira, 17 de setembro.

Assim como aconteceu nos pagamentos anteriores, o calendário para os beneficiários do Bolsa Família segue de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), começando por quem tem NIS terminado em 1 e terminando em quem tem NIS com final 0.

Agora, fica a expectativa pela liberação do cronograma de pagamentos para quem não é cadastrado no programa.

Leia Também:

31 Comentários
  1. Fernando Diz

    Vai trabalhar vagabundos , querem viver nas custas do povo que paga imposto e não tem benefício algum do governo, fazem um monte de filhos depois ficam querendo ,ser sustentados pelo governo , piada, trabalho tem e só procurar , fazer faxina , catar latinha reciclar isso ninguém.quer né? Cambada de preguicosos

  2. Genilson Costa dos santos Diz

    O povo Brasileiro necessita dos 600 para ajudar a manter as familias

  3. Camila Santos neves Diz

    Sou beneficiária do bolsa família só eu meu filho de 2 anos e não foi depositado a 6 parcela do auxílio,e eu n tenho renda nenhuma estou desempregada,oque eu faço?
    Alguém pode me dizer

  4. Thais Diz

    Fui aprovada des do começo de agosto mas não recebi nada até agora nem conta no caixa tem foi aberto. por quê?

  5. Passos Diz

    MEU EXPIROU O QUE EU FAÇO ?

  6. Felipe Diz

    Rodrigo Maia.. ladrão!!

  7. Lara Feitosa Pinheiro Diz

    Bob, vc deve viver outro mundo.
    Se já era difícil antes dessa pandemia, imagina agora.
    Eu sou informal faz 16 anos, nunca precisei de auxílio nenhum do governo, mas agora é preciso.
    Tenho asma grave, diabetes e sempre trabalhei, nunca me encostei em dinheiro de governo.
    Algumas pessoas realmente precisam desse auxílio e com o valor reduzido pela metade será bem mais difícil.
    Tenha empatia e não julgue sem conhecer a história de vida de cada um.

  8. Vandeir Diz

    Dona Maria do Rosário Nascimento Santos, sensibilizar com a situação vivida pela irmão da senhora, a gente sensibiliza, porém pra que se faça algo por ela, torna necessário ter em mãos os documentos dela, e neste mundo em que vivemos cheio de pessoas mal intencionadas, as vezes fica até dificil pra fornecer documentos pessoais para um desconhecido.

    SEM DOCUMENTOS DELA NADA PODERÁ SER FEITO, SOMENTE BOA VONTADE NÃO É SUFICIENTE PRA RESOLVER O CASO DELA.

  9. Bob Diz

    Me desculpe mais pelo que vi tidos querem viver nas custas do governo … por gentileza vai procurar emprego fazer faxina lava rápido ou qualquer um outro desde que digno não é vergonha.. agora querer que o governo sustente todos e brincadeira

  10. Laura Diz

    E eu que recebi as 5 parcelas de 1.200 e agora diz que não fui selecionada pra receber as 4 parcelas só recebi o bolsa família de 171.00, fui na caixa e eles falaram que não pode fazer nada.
    Pois eles só depositam o valor que o governo manda….

  11. Zenildo Fernandes Diz

    Sr presidente não estamos precisando de esmolas não é uma vergonha 300 reais , porque vcs políticos não recebe 300 tbem ao invés de 40 , 60 mil vê se vcs vivem com uma migalha dessa é uma vergonha , o.povo era para não tirar os 300 ninguém tirar #nãoaos300

  12. Larissa Diz

    Sou do cadastro único e tava pegando minha parte normal, quando foi hoje nao peguei? Por que?

  13. Elizangela Maciel Diz

    E eu que recebi as 5 parcelas de 1200 e agora diz que não fui selecionada pra receber as 4 parcelas só recebi o bolsa família de 171.00 e aínda cancelaram ,que absurdo ..que país é esse e ainda falam que não pode cancelar e nem bloquear o benefício por causa da pandemia isso é tudo mentira. Será que não vou mais recebe?

  14. Maria do Rosário do Nascimento Santos Diz

    Minha irmã é beneficiária do bolsa familia e a renda dela é de 130 e ela fez o cadastro pra receber o alxilio e não foi aprovada gostaria de saber se isso é certo. Pq ela tem a família dela e mora no Maranhão. Então gostaria que alguém se comovesse em ajudar ela. Ela ja foi na receita federal e não deu certo. Alguém pode ajudar essa mãe que esta sendo sustentada de bico e desse benefício do bolsa familia de merreca em meio dessa epidemia.

  15. Roberto Chieremonto Sobrinho Diz

    Quem recebeu a primeira parcela de 600,00 em abril, vai receber as quatro parcelas de 300,00 até dezembro

  16. Rayssa Diz

    A minha mãe também e mãe chefe de família ela recebeu as outras parcelas de 1.200 normal chegou na de 300 não tinha esse valor lá estamos sem intender nada e no papel tá dizendo que er a última parcela do auxílio sendo que saiu o valor normal do bolsa família

  17. Adao Diz

    Uma parcela minha foi roubada mas tá demorando a caixa ligar já tem 2 meses e nada ainda

  18. Viviane Diz

    Isso aconteceu com minha cunhada e prima tbem. Elas são do bolsa família tbem.

  19. Viviane Diz

    Minha cunhada e prima elas são do bolsa família. E as duas foram cortada desse último auxílio até dezembro. Do nada…

  20. Julio Cesar Diz

    Eu recebi até a terceira parcela agora meu cadastro tá em análise novamente o que fazer…?

  21. Luh Diz

    Oi . E assim mesmo . No aplicativo mostra o valor do bolsa e quando ligamos fala que não foi contemplada mas sai o auxílio sim.
    Se você recebia 600 agora vai receber 300. Mas pode ficar tranquila pq, seu auxílio sai

  22. Marcos Roberto Rangel Peres Diz

    Eu nunca recebi nada do governo , meu auxílio foi negado , o aplicativo do auxílio diz que membros da família já recebeu , minha mãe me passou que recebeu só a primeira parcela , só não moro com minha minha mãe , já faz mais de três anos , tenho as contas de luz pra comprovar , atendimento no posto de saúde onde moro , pra mim , acho que tem alguém levando vantagem , pois é muito dinheiro sendo liberado pelo governo , meu cadastro único não é o mesmo da minha mãe gostaria de saber a verdade porque não tenho direito ?

  23. Patrícia Diz

    E o pagamento para quem é do cadastro Único??

  24. Kelly Diz

    Eu fiz o cadastro do bolsa família em dezembro do ano passado e não foi aprovado como eu faço, muitas mães precisam e não estão no cadastro único diz aí bolsonaro

  25. Yaira soto Diz

    Eu vou voltar louca com tudo esso. Cobrar 130 reais e agora que vou fazer. Alugeo, servicios, alimentação, gás, medicina, passagem tudo com 130 reais.

  26. Bruno Diz

    Uma dúvida pra mim.ainda falta uma parcela de 600 alguém.sabe mi informa o seguindo vou receber uma parcela de 600 e a outra de 300 fui aprovado em abril

  27. Luciane Diz

    Eu sou do bolsa família, mãe chefe de família, e não recebi os 600,00 recebi foi o valor normal do bolsa família que eu recebia antes no valor de 200,00 reais… Agora eu pergunto o que se faz com 200,00 reais ???

  28. Glaucione de Lima Mendes Diz

    Pq tem mães que estão.recendo so 300 enquanto com outros é essa mensagem e tem lá no cartão dizendo que ainda está em análise por que isso

  29. Denison Carvalho Dias Diz

    Recebi apenas a primeira, em 28/08. Tenho direito às outras? Quando?

  30. Benilsa souza Diz

    Eu recebo o bolsa família , recebi as parcelas de 600,00 , pq eu não tenho filhos , eu estou sem trabalhar, quando eu ligo por 111 diz que eu não tenho direito do auxílio emergencial as parcelas de 300,00 , ai eu dei uma olhadinha np aplicativo do bolsa família, tem o mesmo valor que eu recebia antes 89,00 , na verdade não estou entendendo essa palhaçada ,pq eu tinha direito as parcelas de 600,00 e a de 300,00 não

  31. João Carlos da silva Diz

    Ôba

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?