Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Quer ser aprovado no Concurso do INSS? Confira as dicas “matadoras” para aprovação!

Continuando nossos posts sobre dicas de estudo voltados para concursos, falaremos hoje sobre a prova do INSS. Como já dissemos, a confirmação da realização de diversos concursos espalhados por todo o Brasil tem gerado grande expectativa sobre aqueles que desejam ter um emprego garantido, com salário satisfatoriamente bom, mais benefícios. Em tempos de crise, é o que todos querem, não é? Por isso é melhor começar a estudar, pois ainda dá tempo!

   No que diz respeito à prova do INSS, foram disponibilizadas 900 vagas, sendo que 850 correspondem ao cargo de Técnico do Seguro Social e mais 150 são para Analista do Seguro Social/Serviço Social. A banca organizadora continua sendo a mesma do concurso anterior: Cespe/UnB. Para concorrer ao cargo de Técnico do Seguro Social, você só precisa ter ensino médio completo, enquanto o cargo de Analista necessita de formação superior na área de Serviço Social.

   Bom, esse concurso é um dos mais concorridos de todo o Brasil, e o método de prova do Cespe/UnB não é um dos mais fáceis. Para se acostumar ao padrão de cobrança e método de respostas da banca, é necessário realizar muitos exercícios, simulados e provas anteriores não só do INSS, mas também de outros concursos realizados por essa banca. As matérias cobradas não são exclusivas dessa prova, então, ao realizar provas de outros concursos, você também estará estudando devidamente para o INSS, não importa para qual cargo você fez sua inscrição.

   Nesse ponto da história, em que a concorrência é grande, o padrão de cobrança é difícil e método de correção da banca também, quais as vantagens de fazer um concurso como esse? Bom, quanto maior o nível de concorrência de um concurso, maiores as dificuldades, mas também os benefícios para aqueles que passarem pelo vale da sombra da morte! Sendo assim, vamos ver algumas vantagens que farão você querer começar a estudar para o concurso do INSS agora mesmo!

   Primeiramente, vamos falar das vantagens de se ocupar um cargo de Técnico do Seguro Social, que exige apenas ensino médio completo: A remuneração pode chegar até R$ 5.436,27. Nesses valores estão incluídos R$ 458,00 do auxílio-alimentação, R$ 145,00 de assistência à saúde, R$321 para o auxílio-creche. O valor do Vencimento Básico – que hoje corresponde a R$ 639,18 – e da Gratificação de Atividade Executiva – hoje de R$ 1.022,69 – terão um aumento de 5,5%. Já o valor referente à Gratificação de Desempenho De Atividade do Seguro Social, que hoje é de R$ 3.225,00 também sofrerá um aumento percentual que ainda não foi divulgado.

Prepare-se: Apostila Concurso INSS 2016 – Técnico do Seguro Social

   Já referentes aos analistas, as remunerações chegam até R$ 8.081,42, sem considerar o aumento percentual da Gratificação de Desempenho De Atividade do Seguro Social, pois seu valor ainda não foi divulgado.

   Bom, já viram que é sim uma boa opção começar a estudar para o concurso do INSS, não é? Não importa se você tem apenas ensino médio completo ou se adquiriu a formação superior na área de Seguro Social. As duas vagas disponíveis no concurso são igualmente benéficas, e vale a pena estudar e tentar, não importa o nível de sua formação! Por isso, confira as dicas que separamos para estudá-lo a estudar e fazer a prova do INSS de forma exultante!

-Como estudar as matérias do edital de Técnico do Seguro Social:

   Assim como no concurso anterior, as áreas das provas foram divididas em Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. No que tange à área de Conhecimentos Geais, são consideradas as disciplinas de Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática.

  • Língua Portuguesa:

   A banca organizadora (Cespe/UnB) costuma cobrar bastante gramática, enquanto os textos são mais simples, com cobranças em cima de regência, concordância, crase, pronomes, aspectos do verbo e pontuação.

   Portanto, é importante exercitar muito essas matérias! É importante adquirir confiança e rapidez na hora de responder as questões, pois na hora da prova o gabarito lhe mostrará as opções C e E, que significam Certo e Errado, respectivamente. Só responda as questões depois que tiver certeza absoluta da resposta, e se o tempo estiver acabando e você estiver em dúvida, então arrisque.

  • Raciocínio Lógico:

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

   O edital liberado em Dezembro de 2015 revelou um conteúdo bem enxuto com relação a esse tópico. Novamente, é importante considerar como a banca considera essa matéria. A Cespe costuma gostar mais de Raciocínio Lógico do que a própria matemática. Para resolver as perguntas adequadamente, deve-se saber a “tabela-verdade” de cor e salteado, além das operações com conjuntos e cálculos com porcentagens. Se você não tiver muita prática com essa disciplina, existem diversos exercícios comentados que podem ajudar a entender todo o raciocínio, e a prática pode levar a perfeição! Aulas em vídeo de vários sites também ajudam a compreender a matéria.

Novo concurso do INSS? Com grande déficit, novo edital já entra em pauta!

  • Noções de Informática:

   Para conhecer os conceitos básicos de informática que abrangem a prova do INSS, é importante focar seus estudos em um curso teórico que tenha como meta principal o edital.

   Da mesma forma como comentamos no tópico de Raciocínio Lógico, exercícios resolvidos ajudam a estabelecer prática e rapidez. Apostilas específicas e vídeo aulas voltadas exclusivamente para este concurso também ajudam bastante.

  • Ética no Serviço Público:

   Nesse tópico são cobradas duas normas: o Decreto Nº 1.1 171/194 – Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal – e o Decreto Nº 6. 029/07. São decretos pequenos, de fácil leitura.

   Portanto, é importante não desperdiçar pontos nesta disciplina. Estudando e lendo diversas vezes esses decretos, você poderá resolver as questões dessa matéria sem grandes problemas.

  • Regime Jurídico Único:

   Nessa área são cobrados os conhecimentos da Lei 8.112/90, que fala dos direitos e deveres dos servidores públicos federais. A melhor maneira de estudar essa área é ler toda a teoria e, depois disso, resolver questões comentadas.

   Depois de estudar toda a parte da teoria, vai perceber que o conteúdo cobrado na prova é de fácil entendimento. Basta ler, ler, ler e ler novamente para memorizar todo o conteúdo, e prestar atenção nos comentários das questões que irá resolver.

  • Direito Constitucional:

   Na última edição do concurso INSS, prevaleceu a cobrança dos artigos 5º e 37º da Constituição. A maioria dos participantes prefere essa matéria por ser cobrado o texto da Constituição puro. Focando nessas partes, seu desempenho pode ser muito bom, o que pode fazer a diferença na hora de ser selecionado para o cargo de Técnico.

  • Direito Administrativo:

   No último concurso só caíram duas questões dessa disciplina, apesar do conteúdo liberado pelo edital ser consideravelmente grande. Não há muitas dicas específicas sobre esse tópico, pois qualquer assunto destacado pelo edital pode ser livremente cobrado.

   Analise bem o edital, destaque os pontos em que tem mais facilidade e mais dificuldade, e priorize aqueles que têm mais dificuldade. Pratique, leia a parte da teoria e preste atenção aos comentários das questões.

  • Direito Previdenciário:

   Por último, mas longe de ser a matéria menos importante, temos o Direito Previdenciário. Ao contrário, essa disciplina é a mais importante de todas, pois compõe a área de Conhecimentos Específicos, que contêm 40 questões. Dispor a maior parte de seu tempo para seus estudos é a melhor opção a ser feita! Não que você tenha que deixar todas as outras matérias de lado e estudar apenas Direito Previdenciário, mas concilie seus estudos com outra matéria referente aos Conhecimentos Gerais.

   Para se sair bem, foque seus estudos nas leis 8.212 e 8.213, considerando as alterações feitas pela MP 664, que mudaram aspectos na legislação previdenciária. Fique ligado às resoluções de questões! Ao treinar com provas passadas, considere as questões a partir de 2013, pois antes disso as perguntas já estão desatualizadas, e não valem para estudar para o concurso que será feito em 2016. Questões elaboradas por cursinhos também são boas opções para se dar bem em Direito Administrativo. Boa sorte!

   Essas foram as dicas que separamos para você que deseja melhorar seus estudos para o concurso do INSS. Esperamos que essas informações tenham lhe ajudado a otimizar sua produtividade.

   Além disso, preste também atenção na hora de marcar o gabarito. A Cespe apresenta duas alternativas possíveis, e se você não tiver certeza da resposta correta, não responda de imediato. Resolva primeiramente as questões das áreas de maior facilidade, e procure deixar as áreas de cálculo por último. Na hora de preencher o gabarito e resolver as questões nas quais ficou em dúvida, considere que a banca costuma igualar o número de questões com alternativas certas e erradas. Sendo assim, na hora, procure manter 30 questões marcadas com C e outras 30 marcadas com E, embora isso não seja uma regra.

   O mais importante de tudo é manter a calma, treinar seu tempo e ter confiança, para que consiga responder tudo com discernimento e sabedoria. Boa sorte!

Apostila e Caderno de Testes+Curso Online INSS 2016 - Técnico do Seguro Social[+CD Grátis]
Apostila e Caderno de Testes+Curso Online INSS 2016 – Técnico do Seguro Social[+CD Grátis] 

 [PRÉ-VENDA] Apostila INSS 2016 - Técnico do Seguro Social[CD Grátis] 

Apostila INSS 2016 – Técnico do Seguro Social[CD Grátis] 

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?