Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PERÍODO REGENCIAL: entenda de uma vez essa matéria que vai estar no seu concurso!

Muitos concursos, como aqueles para PM, cobram História do Brasil em suas provas!

O que foi o Período Regencial?

O artigo de hoje vai trazer um breve resumo sobre tudo que você precisa saber para resolver as questões de História do Brasil sobre Período Regencial!

Lembre-se de estudar muito bem esse assunto, já que ele é recorrente em diversas provas nacionais.

Resumo:

O Período Regencial é um período de transição. Ele se inicia em 1831, com o fim do Primeiro Reinado, e acaba em 1840, com o início do Segundo Reinado.

O seu contexto é extremamente conturbado e de instabilidade política. Lembre-se das revoluções liberais que estavam acontecendo na Europa em 1830.

No Brasil, temos dois partidos: Restauradores (conservadores) X Progressistas (liberais), que disputam o poder entre si.

As Regências

O Período Regencial, devido à sua instabilidade, vai ser dividido em diversas regências.

A primeira delas é a Regência Trina Provisória, com 3 governantes e que dura apenas 3 meses (por isso o nome provisória).

Em 1831, é importante lembrar que é criada a Guarda Nacional, que deveria proteger cada província e fortalecer o federalismo (autonomia entre os Estados)

Em 1834, o Ato Adicional é criado e, junto com ele, as Assembleias de Província e as Regências comandadas por somente um indivíduo.

Regência Una de Diogo Feijó:
  • Avanço liberal
  • Feijó renuncia, diante da ameaça de separação das províncias e revoltas.
Regência Una de Araújo de Lima:
  • Regresso Conservador (anula reformas liberais) e centralização do poder, diminuindo a autonomia de cada província.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Os elementos mais importantes do Período Regencial são as suas revoltas:

Cabanagem:         

  • 1835-1840
  • Província do Grão-Pará (Atual Pará)
  • Povo assume poder por 5 anos
  • Pedem terras e melhores condições de vida
  • Povo faz oposição ao governo
  • São duramente reprimidos 

Revolta dos Malês:        

  • 1835
  • Afro-descendentes islâmicos (escravos). Queriam formar uma república islâmica.
  • Acontece na Bahia
  • Repressão violenta

Sabinada:

  • 1837 – 1838
  • Bahia
  • Queriam a proclamação de uma república da Bahia até D. Pedro II atingir a maioridade
  • Classe média (Dr. Sabino)
  • Repressão violenta pelo governo

Balaiada:

  • 1838 – 1841
  • Maranhão
  • Pobres, escravos e quilombolas
  • Causaram desordem social, pedindo melhores condições e fim da exploração
  • Reprimidos pela elite (Barão de Caxias)

Farroupilha:

  • 1835 – 1845
  • Rio Grande do Sul
  • Maior guerra civil brasileira
  • Pediam maior autonomia
  • O estopiam foram os altos impostos cobrados pelo governo sobre o charque (carne que exportavam)
  • Eram contra a nomeação de um presidente da província que não fosse do local
  • Princípio republicano e separatista (Anita e Giuseppe Garibaldi)
  • Proclamam-se duas repúbublicas: Riograndense (RS) e Juliana (SC)
  • Acordo de Poncho Verde (1845): reintegração das duas repúblicas ao Império, anistia aos participantes, diminuição dos impostos sobre o charque, direito de escolha do presidente da província e incorporação das tropas farroupilhas ao Exército Brasileiro

Gostou do resumo sobre Período Regencial? Bons estudos!

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?