Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dêem ou deem: Regra do Novo Acordo Ortográfico

Apesar de causar problemas a muitos estudantes, a acentuação das palavras do português pode ser mais simples do que se imagina. Além disso, um erro na acentuação pode afetar a nota em qualquer prova com questões discursivas ou que exija a escrita de uma redação.

Mesmo anos após o estabelecimento das novas regras de acordo com o Novo Acordo Ortográfico, alguns estudantes ainda têm dúvidas. No entanto, é possível saná-las a partir da compreensão do que mudou em relação às regras anteriores.

Dêem ou deem?

É o caso de palavras como “dêem” e “deem” que, atualmente, é causa de dúvida para muita gente. Para resolver esse problema, basta retomar o que estabelece o novo acordo sobre o acento circunflexo nesses contextos.

Nas palavras que tinham um acento circunflexo na primeira vogal dos hiatos oo e ee, quando tônica, o acento caiu em desuso. Conforme o acordo, criado para fins de simplificação da ortografia e padronização da escrita da língua entre os países de língua portuguesa, não se deve mais usar mais esse acento.

Nesse sentido, as formas verbais graves terminadas em -êem  perderam os acentos. Então, a forma correta do presente do conjuntivo do verbo dar é “deem”. Assim como as formas da terceira pessoa do plural do presente do indicativo do verbos verler e crer  passam a ser:

  • veem;
  • leem;
  • creem.

Por conta dessa mesma regra, as palavras com -ôo também foram modificadas. De acordo com a regra vigente, as palavras devem ser escritas como nos exemplos abaixo:

  • voos;
  • enjoo;
  • abençoo.

O circunflexo foi mantido, no entanto, em palavras cuja presença do acento tem a finalidade distintiva. Confira texto sobre o uso do acento circunflexo no português e veja alguns casos.

E aí? Ainda tem dúvida? Então deixe o seu comentário!

Clique aqui para conferir mais dicas.
Leia também Dicas: Passo a passo para criar um plano de estudos.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?