Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5 Gatilhos Mentais para Estudar para as Provas e Memorizar o Conteúdo da matéria

Dica 1 – Faça Simulados

Ao resolver questões de simulados você aprende muito mais do que a matéria em si. Em primeiro lugar, você se ambienta com a prova, conhece a banca, entende a lógica por trás de pegadinhas e ajuda seu cérebro a criar memórias em longo prazo. Além do mais você adquire confiança para o dia do Concurso.

Dica 2 – Faça Resumos

Escreva em um papel tudo o que aprendeu com as matérias estudadas. Não se esqueça: não é dar ctrl C+ctrl V no conteúdo da matéria. Você deve realmente colocar em um papel tudo o que aprendeu. Rabisque a essência dos tópicos, pergunte-se qual foi ponto chave da questão e descomplique palavras difíceis.

Dica 3 – Associe e vincule temas

Essa dica é bem conveniente, visto que nossa memória é falível. Lembramos muito bem de coisas que impactaram nossa vida, mas coisas rotineiras geralmente esquecemos rápido.

Portanto, desenvolva gatilhos mentais para lembrar-se do assunto. Use a imaginação: crie músicas, rimas, histórias com personagens, tudo é valido.

Quanta mais maluca a história que criar para associar com os temas, melhor será sua lembrança da matéria.

Dica 4 – Explique

Fique frente a frente a um espelho. Explique para si mesmo o conteúdo que acabou de estudar. Faça isso em voz alta e detalhe a explicação da maneira mais simples que conseguir.

Simule um pequeno teatro, como se você fosse um professor explicando o conteúdo para um aluno. Use a imaginação. Peça para algumas pessoas ouvirem a sua explicação. Pergunte se ficou entendível o assunto e explique de maneira simplista.

Essa dica é um excelente gatilho mental: quanto mais você explica um assunto, mais claro ele fica em sua mente. É como se você mandasse uma mensagem ao cérebro, influenciando-o a substituir o modo “leitura” pelo modo “conhecimento”.

Dica 5 – Siglas para gravar um assunto

Esse método funciona muito bem para gravar na memória assuntos que exigem mais que do que lembrança: a famosa decoreba. Você pode utilizar siglas, compostas das iniciais ou das primeiras sílabas das palavras que precisam ser memorizadas.

Quer ver um exemplo na prática?

Os estudantes de Direito Penal memorizam as finalidades da pena de condenado montando uma frase curiosa, mas que realmente funciona: a pena transforma o condenado em um Saci PeReRê. A palavra Pererê traz as letras iniciais das finalidades da pena: Prevenir novas condutas delituosas; Retribuir (ao mal do crime o mal da pena), Reintegrar o condenado à convivência social.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Esse é um método valioso para lembrar palavras decorando suas iniciais.

Em suma, a memória é como um músculo: precisa de treinamento constante. Faça exercícios regulares para que sua mente fixe informações e retenha conhecimento.Isso vai ajudar e MUITO na hora de estudar para as provas de um Concurso Público.

Gostou das dicas? Veja outras, clicando aqui

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?