Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5 curiosidades sobre o Enem que você precisa saber

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é feito por milhões de estudantes todos os anos, mas muitos deles não sabem muitos fatos sobre o exame. Veja abaixo cinco curiosidades sobre o Enem que você precisa saber!

1 Nome Social

Desde 2014 os participantes do Enem têm direito ao uso do nome social reconhecido e respeitado. Assim, estudantes travestis e transexuais podem indicar seus nomes sociais no ato da inscrição.

O número de participantes que solicitam o uso do nome social cresce ano após ano.

2 Certificação do Ensino Médio

Pouca gente sabe, mas durante muitos anos o Enem fornecia certificação de Ensino Médio aos participantes maiores de 18 anos que obtivessem bons resultados nas provas. Contudo, após redirecionamento dos objetivos do Exame, essa função passou a ser exclusivamente do Encceja, outro exame do Ministério da Educação realizado pelo Inep.

3 Ano com maior número de inscritos

O Enem foi criado em 1988, com objetivos muito distintos dos atuais e, no ano de criação, contou com menos de 200 mil inscrições.

Contudo, com a popularização do exame, especialmente após se tornar uma das principais portas de entrada em instituições do ensino superior, o número de inscritos já chegou a superar a marca de 8 milhões de alunos inscritos.

Assim, até hoje o ano com mais inscrições foi 2014, com 8 722 290 participantes inscritos.

4 Segundo maior exame

Nesse sentido, temos a quarta das nossas curiosidades sobre o Enem: é o segundo maior exame de acesso a instituições de ensino superior do mundo em relação ao número de inscritos. O Enem só perde para o GaoKao, exame final do sistema escola República Popular da China.

5 Método de correção TRI

A correção do Enem é feita através do método de Teoria de Resposta ao Item (TRI), por esse motivo, estudantes que acertam o mesmo número de questões não terão necessariamente a mesma nota.

Esse método consiste, grosso modo, na avaliação de quantas questões difíceis e de quantas questões fáceis foram acertadas pelo participante, bem como o perfil apresentado na avaliação. Desse modo, são geradas uma nota máxima e uma nota mínima para a prova, a partir das quais será avaliado o desempenho dos estudantes. 

Gostou deste texto? Deixe seu comentário!

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Veja também Enem 2020: Dicas de aplicativos para corrigir sua redação.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?