Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso PRF 2020/2021: Projeto básico do certame poderá ser entregue segunda, 14

A comissão organizadora, formada pela corporação em agosto, deverá entregar o projeto básico do certame até o próximo sábado, 12 de setembro.

A Polícia Rodoviária Federal se movimenta para abrir um novo edital de concurso público (Concurso PRF 2021) em breve. A comissão organizadora, formada pela corporação em agosto, deverá entregar o projeto básico do certame até o próximo sábado, 12 de setembro.

A portaria que forma o grupo de trabalho da comissão estabelece que o documento seja elaborado e entregue dentro do prazo de 30 dias. Ou seja, como a portaria foi publicada no dia 12 de agosto, os servidores designados já se movimentam para entregar o documento até o fim desta semana.

No entanto, como o dia 12 cai em um sábado, dia não útil, o documento poderá ser entregue até segunda-feira, 14 de setembro. De acordo com o diretor executivo da corporação, José Hott, quando um prazo como este cai em um dia não útil ele é estendido para o próximo dia útil, neste caso, a segunda-feira, 14. A informação foi passada ao site Folha Dirigida.

Após o termo de referência do concurso PRF ser concluído, o documento ao diretor. “Incumbe ao Diretor-Executivo e à Diretora de Gestão de Pessoas orientar, supervisionar e prover suporte aos trabalhos da comissão,” diz o texto da portaria.

O diretor explicou os detalhes desta fase. “Esta é uma etapa de planejamento interno, ainda não temos cronograma e qualquer medida concreta depende da prévia autorização do concurso”

Comissão do concurso PRF formada

Foi publicada no dia 11 de agosto, a comissão do novo concurso. De acordo com o documento, Portaria n° 256/2020, foram nomeados 04 membros para a comissão de acompanhamento dos trâmites relacionados ao certame, como a elaboração do projeto básico para contratação da banca organizadora, último passo antes da publicação do edital.

Confira os membros da comissão do concurso PRF 2021:

I – Vannucci Gomes Araújo, na função de presidente;
II – Patrícia Duarte Benevides, na função de presidente substituta;
III – Caroline Maes; e
IV – Petronílio Rocha Neto

Previsão de 2.634 vagas

A Polícia Rodoviária Federal fez um pedido de novo concurso público para preenchimento de 2.772 vagas. No entanto, o próximo edital deve contar apenas com 2.634, quantitativo autorizado para o cargo de Policial.

De acordo com o diretor José Hott, por ora, não há previsão de concurso para cargo de nível médio. Para esta função, haverá remanejamento.

Prepare-se: Apostila Concurso PRF 2020 – Atualizada

O Concurso PRF 2021

Os salários oferecidos pela PRF chegam a R$10.357,88 para nível superior e R$4.022,77 para nível médio.

Para ingresso na carreira de Policial Rodoviário Federal, é necessário nível superior (em qualquer área) e carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria ”B”. Os candidatos devem ser avaliados por prova objetiva de conhecimentos específicos, prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

As tarefas do Policial Rodoviário Federal dependerão da classe, sendo dividas em quatro: Classe Especial; Primeira Classe; Segunda Classe; e Terceira Classe. O salário inicial da carreira de policial rodoviário federal é de R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio alimentação, que atualmente está fixado em R$458.

O Policial de terceira classe tem a missão  realizar atividades de natureza policial envolvendo a fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, enquanto o de segunda classe terá que efetuar atividades de natureza policial envolvendo a execução e controle administrativo e operacional das atividades inerentes ao cargo, além das atribuições da Terceira Classe.

A PRF trabalha em parceria com outras instituições, como Ministério Público do Trabalho (MPT), Polícia Federal (PF), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Receita Federal, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e outros.

O concurso da PRF 2021 deve ser composto por: a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; b) prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; c) exame de capacidade física, de caráter eliminatório, d) avaliação de saúde, de caráter eliminatório; e) avaliação psicológica, de caráter eliminatório; f) avaliação de títulos, de caráter classificatório; e g) investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PRF.

Déficit de policiais

A necessidade de novos concursos públicos na Segurança Pública, em especial na PRF, é evidente em virtude do déficit de pessoal. A carência da corporação atingiu a marca de mais de 8 mil policiais, em 2018.

Informações divulgadas pela própria Polícia Rodoviária Federal, na época, demonstrava que o efetivo de novembro de 2018 era de 10.029 servidores, quando o ideal seriam 18.424 na corporação. A carência total era de 8.395 profissionais,com vacâncias resultados de aposentadorias, mortes, exonerações, transferências, entre outros motivos.

Em 2019, o governo federal demonstrou a intenção de realizar concursos PRF anualmente, com mil vagas. A intenção é repor o quadro e chegar ao número de 13.098 policiais até 2022. No entanto, essa promessa não foi cumprida até o momento.

Segundo o presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, a promessa foi do presidente da República, Jair Bolsonaro. O representante da categoria disse que a PRF encontra-se com quase 10 mil vagas preenchidas. A medida ajudaria na luta contra o déficit de pessoal da corporação.

Último concurso teve mais de 129 mil inscritos

O último concurso público da PRF foi divulgado em novembro de 2018. Na ocasião, o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) organizou o certame. A oferta foi de 500 vagas imediatas, todas para Policial Rodoviário Federal.

O certame contou, ao todo, com mais de 129 mil inscritos. A maior procura foi o Pará, com 12.700 inscritos para 81 vagas, seguido por Goiás com 12.605 inscritos e Rio Grande do Sul, 11.559.

As provas objetivas e redação foram aplicadas em 03 de fevereiro, nas diversas Unidades Federativas com oferta de vagas.

Os participantes responderam a 120 questões, distribuídas por meio de três blocos.

Prepare-se: Apostila Concurso PRF 2020 – Atualizada

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

4 Comentários
  1. Henrique Diz

    Hoje em dia, concursos como este.. se errar 3 questões… já era… estude para o próximo concurso..

  2. Antonio Matias Diz

    Com a reforma administrativa a caminho, duvido que o Bolsonaro deixe acontecer.

  3. Alex Diz

    Amigo… Escrevendo escrissao ao invés de inscrição, realmente o concurso será apenas “migué” pra você. Perde seu tempo não blz !!! .

  4. marconis Diz

    esse concurco e só miguer so bota os deles eu não vou pegar meu real pra fazer escrissao como do dettan do ma so trabalha funcinario que nunca fez prova e nos que faz nunca e chamado o estado a federal divia era ver essa situação desses concurso so pra fazer real

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?