Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TSE para nível médio e superior deve ser lançado em 2017! Até R$ 10 mil!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão que tem jurisdição em todo o país, divulgará em breve novo concurso público para nível médio e superior. Considerado um dos melhores órgãos superiores para carreira profissional, o TSE conta com vagas em seu quadro para Analista Judiciário e Técnico Judiciário, com exigência de nível superior e médio, respectivamente.

A expectativa é que uma comissão seja formada em outubro deste ano, visando a abertura do certame no primeiro semestre de 2017. O edital servirá para amenizar uma crescente demanda processual dos últimos anos, com o aumento do eleitorado, a elevação no quantitativo de candidaturas, a biometria, a coordenação e o planejamento das eleições e a prestação de contas.

De fato, o TSE precisa de novo concurso em breve. Os dados apontam que o número de eleitores cresceu quase 12% nas últimas quatro eleições, passando de cerca de 126 milhões, em 2006, para pouco mais de 140 milhões, em 2012. O número de candidatos também aumentou. Nas eleições municipais de 2008 foram registradas 382 mil candidaturas. Já em 2012, foram registrados quase 482 mil candidatos, o que representa um aumento de 26%. Apesar de todo esse aumento, o TSE ainda conta, desde 2006, com 779 servidores efetivos.

O concurso TSE terá oportunidades para nível médio e superior, com salários de R$ 6 e R$ 10 mil, respectivamente.

Último concurso do TSE

O último concurso do TSE contou com vagas para os cargos deAnalista Judiciário – Área Administrativa (Especialidades Contabilidade e Pedagogia); Analista Judiciário – Área Apoio Especializado (Especialidades Análise de Sistemas, Arquivologia, Biblioteconomia, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Estatística e Psicologia); Analista Judiciário – Área Judiciária; Técnico Judiciário – Área Administrativa; e Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado (Especialidade Programação de Sistemas).

Os inscritos no concurso TSE foram avaliados por exame de habilidades e conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas, para todos os cargos, e de prova discursiva somente para o cargo de Analista Judiciário. Por fim, houve prova de títulos para o cargo de Analista Judiciário, de caráter apenas classificatório.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?