Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TJ RS 2020: órgão inicia escolha da banca para nível médio e superior! Até R$9,6mil

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul vai abrir um novo edital de concurso público para Oficial e Assistente

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso TJ RS 2020). O Conselho da Magistratura do órgão aprovou a abertura de concurso público para os cargos de Oficial de Justiça PJ-H (24 vagas) e Assistente Social PJ-J (04 vagas) em âmbito estadual.

O órgão confirmou ao site Folha Dirigida na última sexta-feira, 06 de dezembro, que iniciou os trâmites para contratação da banca para os cargos. A expectativa é que o edital seja publicado ainda no primeiro semestre de 2020.

O cargo de Oficial classe ‘O’ atua no 2º Grau de Jurisdição, enquanto o Oficial PJ-H atua no 1º Grau, assim como cargo de Assistente.

O Concurso TJ RS 2020 – Assistente e Oficial PJ-H

O cargo de Oficial de Justiça PJ-H tem requisito de Ensino Médio ou equivalente. O Oficial de Justiça PJ-H deverá realizar, pessoalmente, as citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências ordenadas pelos Juízes aos quais servir; lavrar certidões e autos das diligências que efetuar, bem como afixar e desafixar editais; cumprir as determinações dos Juízes; apregoar os bens que devam ser arrematados, assinando os respectivos autos; cumprir as demais atribuições previstas em lei ou regulamento; recolher ao ofício em que tramita o feito as importâncias recebidas quando, em virtude de execução por título judicial ou extrajudicial, o devedor, citado para pagamento, efetuá-lo; entre outras.

O salário básico do Oficial de Justiça Classe PJ-H pode chegar a até R$7.304,45. A remuneração é composta por:

Vencimento Bruto: R$4.712,55;

Gratificação: não informado

Auxílio condução: R$942,51

Risco de Vida: R$1.649,39

Já o cargo de Assistente Social Judiciário PJ-J tem exigência de diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Graduação em Serviço Social, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS). Além disso será necessário possuir experiência mínima comprovada de 12 (doze) meses de atuação como Assistente Social ou de estágio de graduação em área da infância, da família ou afins, sendo admitida a soma de períodos temporais, desde que não concomitantes.

O Assistente Social Judiciário PJ-J deverá elaborar laudos sociais para subsidiar decisões judiciais; prestar orientação e/ou acompanhamento a crianças, adolescentes, idosos e famílias envolvidos em ações judiciais; articular recursos sociais que contribuam para solucionar ou minimizar as situações-problema da infância e da juventude, de idosos, de incapazes, de apenados ou de entidades familiares em litígio ou com um contexto de violência intrafamiliar, realizando os encaminhamentos necessários; prestar assessoria, por determinação judicial, a instituições que abriguem crianças e adolescentes ou idosos; acompanhar visitas de pais separados aos filhos, em casos de litígio grave, quando necessário para subsidiar o trabalho técnico-profissional na elaboração de laudo social; planejar, executar e avaliar pesquisas e programas relacionados à prática profissional do Assistente Social Judiciário; entre outras.

O salário básico do Assistente Social Judiciário PJ-J pode chegar a até R$9.676,90. A remuneração é composta por:

Vencimento Bruto: R$6.912,07

Gratificação: R$2.764,83

Auxílio condução: não informado

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Risco de Vida: não informado

Último Concurso TJ RS para os cargos de Assistente e Oficial PJ-H

O último concurso para o cargo de Oficial ‘PJ-H’ e assistente foi divulgado em 2014, com 116 vagas para nível médio e 17 para nível superior. Os candidatos foram avaliados por prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com valor de 80 pontos. Foram 80 questões.

Para o cargo de Assistente Social Judiciário PJ-J, a Prova Escrita Objetiva foi subdividida em 4 (quatro) partes, com 80 (oitenta) questões no total, distribuídas conforme o número de questões, o número mínimo de acertos em cada parte e o caráter (eliminatório e/ou classificatório), como segue:

Parte 1: 30 (trinta) questões objetivas de Língua Portuguesa, valendo 30 pontos;

Parte 2: 30 (trinta) questões objetivas de Conhecimentos Específicos, valendo 30 pontos;

Parte 3: 15 (quinze) questões objetivas de Tópicos de Legislação, valendo 15 pontos;

Parte 4: 05 (cinco) questões objetivas de Microinformática, valendo 05 pontos.

Para o cargo de Oficial de Justiça PJ-H, a Prova Escrita Objetiva foi subdividida em três (3) partes, com 80 (oitenta) questões no total, distribuídas conforme o número de questões, o número mínimo de acertos em cada parte e todas com caráter eliminatório e classificatório, como segue:

Parte 1: 30 (trinta) questões objetivas de Língua Portuguesa, valendo 30 pontos;

Parte 2: 40 (quarenta) questões objetivas de Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação, valendo 40 pontos;

Parte 3: 10 (dez) questões objetivas de Microinformática, valendo 10 pontos.

Sobre o Tribunal do Rio Grande do Sul

Em 23 de janeiro de 1998, Portaria assinada pelo Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Adroaldo Furtado Fabrício, criou o Projeto Memória. O início das atividades ocorreu em 6 de julho do mesmo ano, já na Presidência do Desembargador Cacildo de Andrade Xavier. Mais tarde, pela Portaria nº 35/2000-P, de 11 de outubro de 2000, o Projeto converteu-se em Centro de Memória do Judiciário Gaúcho. E somente mediante a Portaria nº 01/2002, assinada pelo então Presidente, Desembargador Luiz Felipe Vasques de Magalhães, em 09 de janeiro de 2002, o Centro transformou-se em Memorial do Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul. Em 29 de janeiro do mesmo ano, foram inauguradas as novas instalações no andar térreo do Palácio da Justiça.

Informações do concurso autorizado
  • Concurso: Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 28 + CR
  • Remuneração: até R$9.676,90
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
  • Link do último edital para Oficial PJ-H e Assistente

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?