Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEDUC MA Professor: Edital é anunciado para 2018!

"Em 2018, vocês podem se preparar, vamos fazer o concurso", disse o governador do Estado, Flávio Dino.

Vem aí o concurso da Secretaria Estadual de Educação do Maranhão (Concurso SEDUC MA). Na última terça-feira, 07 de novembro, o governador do Estado, Flávio Dino, anunciou a realização de concurso público para educadores do campo, com previsão de atendimento de escolas da zona rural, de comunidades quilombolas e indígenas. O anúncio foi dado durante o 3ª Seminário Estadual de Educação do Campo no Maranhão, realizado no Convento das Mercês.

topapostilas.com.br

“A democratização da educação é um objetivo do nosso governo. Somente será possível de ser feita, no caso do Maranhão, mediante a conjugação de múltiplas estratégias. Uma delas é cuidar da educação do campo, uma vez que grande parte da nossa população ainda tem como principal atividade econômica e social a atividade produtiva no campo. Isso passa a ser decisivo para o desenvolvimento do nosso estado”, disse. “No caso de fortalecimento das estratégias da educação no campo estamos contribuindo para que esta importante atividade econômica se mantenha, cresça e que haja dignidade e igualdade de direitos para todos”, disse Flávio.

O Concurso SEDUC MA Professor

De acordo com Flávio, o certame será anunciado no ano que vem. “Em 2018, vocês podem se preparar, vamos fazer o concurso específico para educação no campo, incluindo a previsão de vagas para escolas quilombolas e indígenas”, disse, acrescentando que a educação é uma das prioridades do governo. “É um concurso que podemos fazer porque a educação é o que a gente prioriza”.

Outras ações também destacadas na abertura do evento foram o programa Escola Digna, que reformou, reconstruiu e construiu mais de 600 escolas das redes estadual e dos municípios; a jornada de alfabetização Sim, Eu Posso!, realizado em parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e que pela primeira vez garantiu direito à educação para mais de 20 mil maranhenses em idade adulta; entre outras iniciativas, como apontou a representante do MST, Maria Leomar Pereira.

Leia Também:

top planilha

Comentários estão fechados.