Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso PGM Nova Iguaçu RJ 2019: Banca organizadora é definida!

Procuradoria Geral do Município de Nova Iguaçu vai abrir novo edital de concurso

Procuradoria Geral do Município de Nova Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro prepara para abrir um novo edital de concurso público (Concurso PGM Nova Iguaçu RJ 2019) em breve. Foi divulgado no Diário Oficial desta quinta-feira, 12 de setembro, a informação de que o Instituto Universal de Desenvolvimento (IUDS) foi definido como banca organizadora do certame.

Agora, o próximo passo será a publicação do contrato entre o IUDS e o órgão. Após isso, o edital pode ser publicado.

A comissão organizadora do certame foi formada e divulgada no Diário Oficial do Município, edição do dia 24 de junho. A expectativa é que o edital seja divulgado ainda no segundo semestre.

O grupo de trabalho contará com o procurador-geral do município, Rafael Alves de Oliveira (presidente da Comissão), procuradora Andreza Fernandes Valinote (membro) e o procurador Rodrigo Garcia Veraldo (membro).

O quadro de apoio da Procuradoria foi criado no dia 19 de junho, após a lei ser aprovada pela Câmara da cidade. O documento, que prevê a criação de 38 vagas, já foi sancionada pelo prefeito Rogério Lisboa.

De acordo com o texto, o concurso da PGM poderá abranger as carreiras de: analista de procuradoria (19 vagas); analista contábil (duas); analista de tecnologia da informação (01); analista de administração (02); técnico de procuradoria (12); e técnico programador de computação (02).

Para concorrer ao cargo de analista, o candidato deverá ter nível superior na área de interesse. Já para o cargo de técnico programador de computação, a exigência será o nível médio mais especialização no segmento. Por fim, a carreira de técnico de procuradoria terá o nível médio como única cobrança.

Os salários iniciais chegarão ao valor de R$2.750 para os analistas e de R$1.650 para os técnicos. Os valores podem, após 15 anos no serviço público municipal.

Estes valores poderão chegar a R$3.327,50 e R$1.996.50, respectivamente, após Os servidores ainda poderão contar com um adicional de qualificação. A jornada será de 40 horas.

Concurso Prefeitura de Nova Iguaçu RJ: Editais com 1.576 vagas previstos para 2019

topapostilas.com.br

Prefeitura de Nova Iguaçu, localizada na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, confirmou que vai abrir dois novos editais de concursos em 2019. No total, há a previsão de abrir 1.576 vagas destinadas as áreas da Educação (1.176) e Segurança Pública (400), com a criação da Guarda Municipal.

A Prefeitura confirmou ao site Folha Dirigida, que os os dois concursos públicos devem ocorrer até o final de 2019. O edital mais próximo é o da educação, com mais de mil vagas. Para o setor, já existe uma comissão organizadora formada trabalhando na elaboração do projeto básico, documento base para o edital.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) deste ano traz a previsão de receitas oriundas de inscrições em concursos públicos.

Para o âmbito da Educação, as 1.176 vagas serão destinadas para professores do nível fundamental I e II. Com o projeto básico em andamento, a previsão é que o edital seja divulgado ainda este ano. “A escolha da banca e a divulgação do edital estão previstas para o segundo semestre”, disse o setor de Comunicação do município ao Jornal Folha Dirigida.

Para concorrer, candidatos devem ter licenciatura plena na área de interesse (nível I) e curso de pedagogia, com habilitação para os anos iniciais de nível fundamental (nível II).

Projeto que cria a Guarda Municipal já está sendo analisado

Para Guarda, o município deverá criar o cargo antes da publicação do edital. Para isso, a Câmara de Vereadores deverá aprovar o projeto que cria vagas para o cargo. Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Iguaçu, no momento, “o projeto está em fase de análise do impacto financeiro”. Se aprovado, a Prefeitura deverá dar à realização do concurso.

Segundo o município, para a Guarda Municipal serão criadas 400 vagas, cargo com requisito de ensino médio. Desse total, 200 são para caráter imediato e 200 para cadastro reserva.

Em 2017, o vereador Alexandre Azeredo confirmou a importância da instituição para o prefeito Rogério Lisboa. “O prefeito só não criou a guarda ainda, porque precisa normalizar a folha de pagamento, mas entende a importância”, frisou.

Ainda de acordo com Rogério, a intenção é convocar os aprovados no concurso durante os dois anos de validade da seleção. Assim, os guardas poderiam ser convocados de 100 em 100, para que possam realizar o curso de formação. O curso, previsto para ter duração de três a seis meses, será oferecido pela Secretaria de Segurança Pública.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.