Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso IBGE segue sendo elaborado com 208 mil vagas para o Censo 2021

Uma outra medida que pode favorecer o planejamento do concurso será a retomada do trabalho presencial. Veja tudo!

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) teve que adiar o Censo e, consequentemente, o concurso, com mais de 208 mil vagas, por conta da pandemia do novo coronavírus. Agora, a estimativa é que o concurso e o Censo sejam realizados em 2021. De acordo com o Instituto, os preparativos seguem em andamento.

“O IBGE segue se preparando para a pesquisa que é de extrema importância para o país”, diz o Instituto.

Uma outra medida que pode favorecer o planejamento do concurso será a retomada do trabalho presencial. Após retomada, será possível que os preparativos para a realização do Censo Demográfico 2021 sejam intensificados, assim como a realização do novo concurso do IBGE.

Após pandemia, editais do concurso IBGE ficaram para 2021

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmou a informação de que a realização do Censo Demográfico foi adiada para 2021 diante pandemia coronavírus no país. O concurso público do IBGE havia sido aberto com 208 mil vagas.

De acordo com dados do IBGE, o próximo Censo terá como data de referência 31 de julho de 2021. A coleta ficou para ser realizada entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021.

“A decisão (de adiar para 2021) leva em consideração a natureza de coleta da pesquisa, domiciliar e predominantemente presencial, com estimativa de visitas de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios em todo o território nacional”, informou o IBGE em comunicado.

Agora, com o orçamento que seria destinado ao Censo será transferido para o Ministério da Saúde para combater o avanço do coronavírus, segundo o IBGE. “Em contrapartida, no próximo ano, o Ministério da Saúde realocará orçamento no mesmo montante com vistas a assegurar a realização do Censo pelo IBGE”, garantiu a instituição.

concurso aberto com 208.695 vagas temporárias, contava com a seguinte distribuição:

  • Agente Censitário Municipal: 5.462 vagas – Nível Médio – Salário de R$2.100 + R$ 458,00 de auxílio-alimentação, totalizando R$2.558;
  • Agente Censitário Supervisor: 22.676 vagas – Nível Médio – Salário de R$1.700 + R$ 458,00 de auxílio-alimentação, totalizando R$2.158;
  • Recenseador: 180.557 vagas – Nível Fundamental – Salário de R$1.278,94*(Previsão média para a remuneração por produção).

As provas objetivas serão realizadas, simultaneamente, em 4.612 municípios, no caso dos agentes, e em 5.569 municípios para o recenseador. Os exames ocorrerão nos 26 estados, além do Distrito Federal. As perguntas serão sobre:

Veja a distribuição das questões das provas:

Agentes – 60 questões: Língua Portuguesa (10); Raciocínio Lógico Quantitativo (10); Ética no Serviço Público (05); Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e Conhecimentos técnicos (20).

Recenseador – 50 questões: Língua Portuguesa (10); Ética no Serviço Público (05); Matemática (10); e Conhecimentos técnicos (25).

Leia Também:

brasil 123  
3 Comentários
  1. Rosana Diz

    Fiquei em dúvida em relação ás inscrições.
    Vai ocorrer por agora a inscrição ou só ano que vem?

  2. Jussara Diz

    Primeiramente tinha que chamar os que passaram no concurso três anos atrás e não fazer outro.

  3. José Newton Machado Diz

    Grato pela oportunidade de receber informações sobre estes concursos públicos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?