Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso de Goiana PE: Câmara aprova PL com 1.227 novas vagas

No Estado de Pernambuco, a Câmara de Goiana aprovou por unanimidade o projeto de lei 14/2019, que cria 1.227 novos cargos públicos


No Estado de Pernambuco, a Câmara de Goiana aprovou por unanimidade o projeto de lei 14/2019, que cria 1.227 novos cargos públicos a serem preenchidos por concurso. A autorização foi dada no dia 22 de outubro. O aval foi dado para cargos efetivos do município.

O próximo passo será a sanação do prefeito Osvaldo Rabelo Filho. Após isso, o município poderá abrir um edital de licitação para escolha da banca organizadora. Após definição da banca, o edital deve sair.

A banca organizadora vai ser responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas, como provas objetivas. As oportunidades são para áreas da Saúde, Educação, Guarda Municipal, dentre outros.

O projeto prevê oportunidades para candidatos de ensino fundamental, médio e superior. De acordo com o texto, o destaque será o cargo de assistente administrativo, com exigência de nível médio e 124 vagas disponíveis.

O presidente da Câmara, vereador Carlinhos Viégas (PSB), falou da importância do novo concurso do município.“Hoje podemos comemorar a aprovação desse importante projeto que vai gerar oportunidades aos goianenses de ingressar no serviço público, como também, fortalecer o Instituto de Previdência Social de Goiana (Goianaprev)”, disse Viégas.

Segundo ele, “tudo o que for do interesse dos servidores, só será aprovado se os mesmos forem ouvidos”.

O concurso de Goiana PE

De acordo com o projeto de lei, os salários oferecidos podem chegar a até R$5.278,41, a depender do cargo. As oportunidades serão para todos os níveis de escolaridade. Veja distribuição:

Nível Fundamental: agente comunitário de saúde, artífice, atendente, auxiliar de artífice, auxiliar de serviços gerais e auxiliar de serviços urbanos, contínuo, coveiro, cozinheiro, merendeiro, motorista, operador de máquinas pesadas e técnico educacional em multimeios didáticos.

Nível médio e médio/técnico: agente administrativo, agente de tributos, agente de turismo, agente de vigilância sanitária, agente de fiscalização de trânsito e transportes, agente social, almoxarife, arquivista, assistente administrativo, assistente de cultura de arte, assistente de turismo, auxiliar administrativo, auxiliar de contabilidade, auxiliar de enfermagem, auxiliar de farmácia, auxiliar de saúde bucal, cuidador, desenhista, digitador, fiscal de limpeza urbana, fiscal de obras, guarda civil municipal, professor de educação infantil, técnico agrícola, terapeuta holístico, técnico em contabilidade; edificação; endemias; enfermagem; farmácia; imobilização ortopédica; informática; infraestrutura e meio ambiente; laboratório; prótese dentária; radiologia; segurança do trabalho; e TI.

Nível Superior: procurador municipal, analista de controle interno, arquiteto, assistente social, auditor fiscal, biomédico, bioquímico, cirurgião dentista, contador, educador físico, enfermeiro, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, farmacêutico, fonoaudiológico, jornalista, médico em diversas especialidades, pedagogo, professor de ensino fundamental – anos finais, psicólogo, psiquiatra, recepcionista e terapeuta ocupacional.

Último edital foi divulgado em 2010

O último edital da Prefeitura de Goiana-PE foi realizado em 2010. Na ocasião, foram ofertadas 287 vagas, sendo 48 de nível fundamental, 158 de nível médio e 81 de nível superior. Os salários chegaram, na época, a até R$1.500.

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. Os candidatos tiveram que responder questões de múltipla escolha sobre Língua Portuguesa, História de Goiana e Conhecimentos Específicos. Além disso, os candidatos do cargo de Professor foram submetidos a prova de títulos, de caráter classificatório.

As avaliações foram aplicadas em Goiana e Recife. Os aprovados foram contratados pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia aos servidores. O prazo de validade foi de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Leia Também:

top planilha
2 Comentários
  1. wellington Diz

    Qual o dia da prova e quanto custa a taxa ?

  2. Wellington Diz

    Qual o dia da prova e quanto custa a taxa ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.