Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso CRO PE 2020: Prorrogado contrato com a banca e edital em elaboração

Conselho Regional de Odontologia do Estado de Pernambuco confirmou a abertura de novo edital

O Conselho Regional de Odontologia do Estado de Pernambuco confirmou a abertura de novo edital de concurso público (Concurso CRO PE 2020). A expectativa é que o edital não demore de ser publicado, uma vez que a banca organizadora do certame já foi escolhida.

Foi divulgado no Diário Oficial da União, edição do dia 26 de fevereiro, a informação de que o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro – o Idib, vai organizar o certame. O contrato entre as partes foi assinado no dia 14 de fevereiro.

Em busca de abrir um novo concurso, o Conselho prorrogou o contrato com a banca. O certame ainda não tem cronograma definido e está nas fases finais.

A banca organizadora terá missão de publicar o edital completo, além de receber as inscrições e aplicar as principais etapas de seleção, bem como prova objetiva.

Os cargos e quantitativo de vagas ainda não foram revelados. Além disso, um cronograma para o certame ainda não foi fechado. Sendo assim, ainda não é possível saber quando vai acontecer próximas publicações e previsões de provas ou inscrições.

Último edital CRO-PE foi divulgado com mais de 700 vagas

O último edital do concurso do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO-PE) foi divulgado em 2016. Na época, o edital trouxe 769 vagas para cargos de ensino médio e superior. 

As vagas do concurso CRO-PE foram abertas entre provimento imediato e cadastro reserva, visando contratação conforme necessidade. Foram abertas, ao todo, 410 vagas para ensino médio e 359 para nível superior. Os aprovados foram lotados em Recife, Caruaru, Garanhus, Petrolina e municípios adjacentes.

Os salários, na época, oscilaram de R$873,60 a R$3.152, por jornadas de até 40 horas semanais. Do quantitativo de vagas, houve reserva para negros e deficientes. Os aprovados foram contratados sob regime celetista.

As vagas no concurso foram abertas para auxiliar de fiscalização, auxiliar administrativo e fiscal. O Instituto Quadrix foi a banca organizadora do certame. As taxas cobradas foram de R$49 e R$64, para médio e superior, respectivamente.

O concurso CRO-PE contou com provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. As provas foram aplicadas no turno da tarde, nas cidades de Recife e Caruaru. O exame contou com 50 questões, com duração de quatro horas no total.

Do total de questões na prova, foram 30 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação e Atualidades), para auxiliar e recepcionista, e 20 questões de Conhecimentos Específicos, conforme cargo de opção do candidato.

O edital trouxe ainda, prova de títulos, essa apenas para candidatos de ensino superior, de caráter classificatório. A validade do concurso foi de dois anos.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?