Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Prefeitura de São Paulo 2017: Edital terá 100 vagas para Auditor Fiscal! Até R$ 16.273,72!

A Prefeitura de São Paulo deve divulgar o concurso público (Concurso Prefeitura de São Paulo 2017) para o cargo de Auditor Fiscal Tributário Municipal Classe I ainda no primeiro semestre deste ano. Acontece que o pedido de autorização da pasta, que faz parte da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo, antiga Secretaria Municipal de Finanças, já está em análise na Secretaria Municipal de Gestão.

A expectativa é que o concurso de Auditor Fiscal de São Paulo/SP seja autorizado ainda este semestre pelo prefeito João Doria. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Fazenda, o pleito é para que as nomeações dos aprovados ocorram ainda este ano (outubro/2017) e no ano que vem (junho/2018). Para que esta previsão seja cumprida, o edital deve ser publicado ainda neste semestre.

O Concurso da Prefeitura de São Paulo 2017 – Auditor Fiscal

O pedido de concurso da Secretaria da Fazenda 2017 será para um total de 100 vagas para o cargo de Auditor Fiscal Tributário Municipal Classe I, com requisito de nível superior em qualquer área. O salário inicial do cargo chega a R$ 16.273,72.

A remuneração inicial inclui ganhos de R$ 2.243,46 e as parcelas variáveis, que correspondem à gratificação de produtividade fiscal individual, com limite de até R$ 8.648,79. Além disso, haverá o cumprimento de metas, com limite de até R$ 5.381,47, por jornadas de trabalho de até 44 horas semanais.

Último Concurso

O último concurso da Prefeitura de São Paulo aconteceu em 2014, quando contou com uma oferta de 98 vagas. As oportunidades foram destinadas a Gestão Tributária (80 vagas) e Tecnologia da Informação (18). O Instituto Cetro coordenou o certame.

Veja também – Concursos por Estados

AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO |

A prova objetiva contou com 240 questões, distribuídas em três provas com 80 quesitos cada uma. Além disso, o certame contou com prova discursiva (redação) sobre atualidades e três questões discursivas sobre as disciplinas de direito tributário e legislação tributária.

A prova de Gestão Tributária contou com questões de Língua Portuguesa (30 quesitos), Matemática Estatística e Raciocínio Lógico (20 questões), Direito Tributário (30 questões), Legislação Tributária Municipal (45), Direito Constitucional (10), Direito Administrativo (15), Direito Privado e Penal (10), Administração Pública (15), Economia e Finanças Públicas (20), Auditoria (10), Informática Básica (10), Contabilidade Geral (15), Contabilidade Aplicada ao Setor Público (10).

Já a prova para o cargo de tecnologia da informação contou com questões Língua Portuguesa (30 quesitos), Matemática Estatística e Raciocínio Lógico (20 questões), Direito Tributário (30 questões), Legislação Tributária Municipal (45), Direito Constitucional (10), Direito Administrativo (15), Direito Privado e penal (10), Tecnologia da Informação (60), Administração Pública (10), Contabilidade Geral (5) e Contabilidade – Setor Público (5 questões).

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?