Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso HEMOPA 2018: Edital com 103 vagas pelo IADES sai ainda este ano! Até R$ 3.247,70!

Oportunidades serão abertas para candidatos de níveis médio e superior

A expectativa de realização do concurso público da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Concurso Hemopa 2018) é grande. O processo licitatório para escolha da empresa organizadora, realizado através da modalidade concorrência, definiu o Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) como organizadora do edital para 103 vagas, distribuídas entre cargos de níveis médio e superior.

Na última quarta-feira, 19 de setembro, foi publicado no Diário Oficial do Estado uma recomendação do Tribunal de Contas (TCE-PA). De acordo com o documento, o órgão recomenda à Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará que proceda a realização de concurso público para provimento de vagas em número necessário à substituição dos servidores temporários.

A expectativa é que o edital de concurso HEMOPA 2018 seja divulgado nas próximas semanas, uma vez que o contrato entre o órgão e a empresa organizadora já foi assinado. O órgão já confirmou que o certame está confirmado para ser publicado este ano.

O Concurso HEMOPA PA 2018

O Concurso HEMOPA 2018 contará com oferta de 103 vagas, sendo 63 para candidatos de ensino médio e 43 para ensino superior. As informações foram confirmadas no documento de licitação do certame.

As oportunidades de nível médio serão destinadas aos cargos de Técnico de Patologia Clínica (20) e Técnico de Enfermagem (40). Os salários oferecidos chegam a R$ 1.004,95. Já para nível superior as chances são para Assistente Social (07), Biomédico (05), Enfermeiro Generalista (12), Farmacêutico Bioquímico (03), Fisioterapeuta (04), Clínico Geral (07), Hematologista (02), Hematologista pediátrico (01) e Psicólogo Clínico (02). Os salários oferecidos chegam a até R$ 3.247,70.

Sobre os cargos do Concurso HEMOPA 2018

O Técnico de Enfermagem terá missão de realizar atividades de enfermagem com ênfase em procedimentos hemoterápicos; assistir de forma integral doadores, pacientes e familiares, tendo como base o código de ética dos profissionais de enfermagem e as normas vigentes; administrar hemocomponentes, hemoderivados e monitorar infusão para detectar eventuais reações adversas; registrar dados estatísticos pertinentes à assistência de enfermagem ao doador e receptor; realizar coleta de sangue de doadores, pacientes e usuários; administrar medicações básicas e especiais conforme prescrições médicas; manusear e monitorar equipamentos médicos hospitalares e específicos de hemoterapia; participar na captação de doadores; realizar sangrias terapêuticas, executar serviços inerentes ao processo de doação de sangue como emissão de etiquetas, etiquetagem de bolsas e amostras, pré-vínculo e registro de bolsas e amostras de doador; participar de ações de saúde coletiva, incluindo atividades de promoção a saúde, prevenção de doenças; participar de campanhas externas; entre outras tarefas.

Já o Técnico em Patologia Clínica deverá realizar exames laboratoriais; realizar provas de compatibilidade sangüínea pré- transfusional; realizar coleta de sangue em doadores e/ou pacientes; proceder ao fracionamento de sangue em componentes; realizar exames imunohematológicos concernentes às atividades da Instituição; fazer liberação dos produtos fracionados após exames sorológicos; realizar exames sorológicos; processar o material utilizado para exame; realizar dosagens bioquímicas no sangue; realizar exames hematológicos; realizar exames citoquímicos celulares; realizar exames de coagulação; auxiliar exames de biologia molecular e imunhgenética; zelar pelo material utilizado; auxiliar sua chefia na realização de exames pertinentes a projetos de pesquisas; realizar procedimentos especiais em hemocomponentes; participar, conforme a política interna da Instituição, de projetos, cursos, eventos, convênios e programas de ensino, pesquisa e extensão; desenvolver outras atividades correlatas.

topapostilas.com.br

O Assistente Social deverá Coordenar, planejar, orientar e desenvolver ações voltadas ao atendimento psicossocial de doadores, pacientes e servidores da Fundação; atendimento social à doadores aptos e inaptos; convocar e orientar doadores raros, fenotipados e de aférese; atender, orientar e encaminhar doadores, pacientes, familiares de pacientes, servidores e familiares nas questões sociais; solicitar leitos para pacientes hematológicos, servidores e familiares; acompanhar, orientar e intervir nas situações sociais apresentadas pelos pacientes e doadores; realizar palestras aos doadores e pacientes na sala de espera; aplicar quando necessário a pesquisa de satisfação do doador e paciente, avaliar as informações coletadas e trabalhar os resultados; orientar e supervisionar estagiários; executar as atividades profissionais em conjunto com a equipe multiprofissional; desenvolver ações entre elas, campanhas para captação de candidatos a doação de sangue e medula óssea em diversos segmentos sociais (hospitais, escolas, empresas, clubes, igrejas, etc); participar de eventos sócio-educativos da Fundação; participar como palestrante em eventos e dar entrevistas quando convocado; desenvolver atividade educativas e emergenciais visando a garantia de estoque de sangue; executar as atividades profissionais em conjunto com a equipe multiprofissional de saúde do servidor e qualidade de vida; participar, conforme a política interna da Instituição, de projetos, cursos, eventos, convênios e programas de ensino, pesquisa e extensão; desenvolver outras atividades correlatas.

O Fisioterapeuta deverá atender pacientes para a prevenção, habilitação e reabilitação, utilizando protocolos e procedimentos específicos de fisioterapia; avaliar, selecionar, prescrever e executar recursos fisioterapêuticos; solicitar exames complementares para acompanhamento da evolução do quadro funcional sempre que necessário e justificado; traçar, supervisionar e avaliar planos de tratamento que envolvam assistência; dar alta de pacientes do tratamento fisioterapêutico; orientar, treinar e avaliar estagiários; tratar patologias que interfiram no movimento humano; coletar, registrar e informar dados estatísticos e de itens de controle mensalmente; discutir com a equipe multiprofissional as estratégias de mudança de procedimento; orientar pacientes, familiares, cuidadores e responsáveis; desenvolver programas de prevenção, promoção de saúde e de qualidade de vida aos servidores e pacientes; elaborar pareceres técnicos especializados sempre que solicitado; participar da coordenação de equipes; desenvolver ações de saúde coletiva atuando na promoção, prevenção de doenças e na captação de doadores; executar as atividades profissionais em conjunto com a equipes multiprofissional; participar, conforme a política interna da Instituição, de projetos, cursos, eventos, convênios e programas de ensino, pesquisa e extensão; desenvolver outras atividades correlatas.

Etapas do Concurso HEMOPA PA 2018

O concurso HEMOPA 2018 contará com provas objetivas, discursivas e de títulos. As avaliações serão aplicadas nas cidades de Belém, Santarém, Marabá, Altamira e Itaituba.

Sobre o HEMOPA

Na década de 1970, o Governo Federal iniciou a implantação do Programa Nacional do Sangue, incentivando a criação de hemocentros por todo o país. Nessa época, já existiam bancos de sangue oficiais e particulares em alguns hospitais, onde a doação de sangue era renumerada. Foi nesse cenário que em 2 de agosto de 1978, por meio do Decreto nº 10.741, nasceu a Fundação Centro Regional de Hemoterapia do Pará (Funepa), em imóvel alugado na Avenida Generalíssimo Deodoro.

Seguindo o modelo francês, baseado no voluntariado e no anonimato das doações, a unidade foi instituída com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira. Para atrair doadores, já que não havia remuneração, a Funepa investiu em procedimentos modernos de sorologia do sangue e, assim, ganhou a confiança dos profissionais da saúde e da sociedade. Com o passar dos anos, houve a institucionalização de uma Política Nacional de Sangue, normatizando as ações, competências e responsabilidades de todos os profissionais com atuação na área de hemoterapia. A doação de sangue passou a “voluntária, altruísta e não remunerada direta ou indiretamente”.

Foi a partir de 1982, que a instituição ganhou a denominação de Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA) e mudou-se para Avenida Castelo Branco, esquina da Avenida Magalhães Barata. Em 1994, através da Lei no 5.840 de 23 de março, foi transformada em fundação de direito público, mesmo ano em que ganhou nova sede no bairro de Batista Campos, em Belém, onde funciona até hoje. Com modernas instalações, o Hemopa conquistou lugar entre os melhores hemocentros do Brasil e do mundo.

Informações do concurso
  • Concurso:  Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará
  • Banca organizadora: Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES)
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 103
  • Remuneração: até R$ 3.247,70
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO

Leia Também:

Comentários estão fechados.