Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso DEPEN PR 2019: Governador autoriza edital com 1.269 vagas nesta quarta, 04!


O Departamento Penitenciário do Paraná vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso DEPEN PR) em breve. No dia 03 de julho, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, revelou que o governo estadual vai abrir novos concursos públicos no Estado. Na ocasião, ele anunciou que serão abertas nada menos que 1.269 vagas para o órgão.

O edital será autorizado oficialmente nesta quarta-feira, 04 de setembro. A informação foi confirmada após publicação da agenda do chefe do estado para esta semana, por parte da Agência de Notícias do Paraná.

São requisitos para o cargo de Agente de Cadeia, ter nível médio completo; e ter mais de 18 anos. A jornada de trabalho será de 40 (quarenta) horas semanais em regime de plantão de 12 horas x 36 horas com duas folgas mensais.

O Concurso DEPEN PR

Em nota, o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (SINDARSPEN) alerta que o anúncio feito pelo governador, da contratação de 1.269 agentes de cadeia, está longe de resolver a falta de efetivo para trabalhar nas unidades penais do estado.

“Agentes de cadeia são contratados via Processo Seletivo Simplicado e os 1.269 novos agentes anunciados por Ratinho Jr. vão apenas substituir os 1.156 cujos contratos temporários vencem nos próximos dias e que, na maioria, são lotados nas carceragens das Delegacias de Polícia. O SINDARSPEN seguirá lutando pela implantação de um Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) que viabilize a realização de concurso público para agente penitenciário no estado,” disse.

topapostilas.com.br

Último concurso público DEPEN-PR foi divulgado em 2013

O Departamento Penitenciário do Paraná divulgou o último concurso público para efetivos em 2013. Na ocasião, o certame foi divulgado com 423 vagas para agente penitenciário, cargo com requisito de ensino médio completo. A remuneração era de R$ 3.568,45 mensais.

O concurso público foi organizado pela Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops/UEL). O concurso contou com provas de conhecimentos e de aptidão física, avaliação psicológica e investigação social, curso de formação e avaliação médica.

A prova objetiva contou com 50 questões distribuídas entre as matérias de Matemática, Informática, Atualidades, Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos. A seleção teve validade até julho de 2017, não podendo ser mais prorrogada. Com isso, novas contratações para suprir o déficit de servidores somente com abertura de novo concurso público.

Atribuições

  • Empregar esforços para que o rol das Assistências previstas no Art. 11, da Lei no 7.210/1984 – Lei de Execução Penal alcance o apenado;
  • Atuar como mediador entre a Chefia imediata e os apenados para aprimorar a eficiência no tratamento penal; – Orientar, vigiar, fiscalizar, revistar e conduzir apenados no âmbito da unidade penal, apreendendo objetos suspeitos ou não permitidos;
  • Orientar, revistar e acompanhar autoridades e visitantes retendo sob sua guarda objetos suspeitos ou não permitidos, durante a permanência dos mesmos na unidade penal;
  • Inspecionar alojamentos, grades, celas e paredes internas, intermediária e externa da unidade penal;
  • Zelar pela ordem e segurança dos apenados, comunicando a Chefia imediata, sobre quaisquer alterações ou irregularidades que ofereçam riscos à integridade física e moral dos apenados e/ou servidores;
  • Relatar à Chefia Imediata, eventos atinentes à fuga, arrebatamento, evasão, amotinamento ou rebelião de que tiver conhecimento;
  • Orientar e fiscalizar a distribuição de refeições aos apenados; – Realizar a contagem dos apenados e elaborar relatório diário indicando qualquer intercorrência;
  • Observar as atividades individuais e/ou coletivas dos apenados, inclusive, durante o recebimento de visitas;
  • Registrar e comunicar à Chefia Imediata as ocorrências durante seu turno de trabalho de acordo com as normas da unidade penal;
  • Controlar, no âmbito dos canteiros de trabalho, a entrada e saída de materiais, ferramentas e equipamentos, bem como fiscalizar o registro de frequência dos apenados;
  • Inteirar-se dos trabalhos desenvolvidos em cada Setor do Estabelecimento Penal, visando orientar e facilitar a obtenção de dados, documentos ou outras solicitações dos superiores e de interesse da administração pública;
  • Zelar pela conservação e boa utilização dos equipamentos e dos instrumentos utilizados sob sua responsabilidade, solicitando junto à chefia imediata os serviços de manutenção sempre que se fizerem necessário;
  • Dirigir veículos oficiais observando as leis de trânsito e normativas de segurança;
  • Responder a qualquer tempo, questionários e instrumentos de pesquisa sobre a prática laborativa e o trabalho de execução penal;
  • Preencher relatórios sobre a prática profissional quando solicitado ou se fizer necessário;
  • Monitorar e vigiar por intermédio de equipamentos eletrônicos as unidades penais;
  • Localizar, organizar, classificar e manter atualizado o acervo de multimídia com a finalidade de resguardar bancos de dados de forma confidencial.

Informações do concurso

  • Concurso: Departamento Penitenciário do Paraná
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio
  • Número de vagas: 1.269 vagas
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO

Leia Também:

top planilha
2 Comentários
  1. Any Daniele de Almeida Diz

    Quero fazer o concurso pra agente penitenciário mas sou de campo Mourão PR alguém pra me auxiliar? Por favor

    1. jean carlos pereira Diz

      Boa tarde….. acredito que não tenha nenhum Cursinho específico para esse concurso ai na sua Cidade portanto, sugiro você comprar algumas Apostilas, e iniciar seus estudos sozinha …. caso tenha duvida também tem aulas por vídeo… Boa sorte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.