Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Ministério da Saúde 2017: Pedido de concurso é enviado

O Ministério da Saúde vai divulgar a abertura de concurso público (Concurso Ministério da Saúde 2017) em breve. Acontece que um pedido para realização do certame já tramita no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) desde o mês de março. A expectativa é que o certame seja autorizado em breve.

O quantitativo de vagas, cargos e localidades que serão ofertadas as vagas não foram informados pelo órgão. Há a expectativa que o edital contemple vagas para o Rio de Janeiro, visto que a carência no Estado é grande. Porém, oportunidades em outros estados não está descartada.

O Concurso Ministério da Saúde 2017

De acordo com a presidente do Sindicado dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Rio de Janeiro (Satem-RJ), Mirian Lopes, a divulgação do concurso para os hospitais federais é essencial, já que a quantidade de servidores é insuficiente. “O déficit na saúde não é só na categoria de enfermagem não, são de todas as categorias, inclusive na área de apoio. A carência é realidade em todos os hospitais federais, porque temos profissionais de licença médica e aposentandos. Para as carreiras de auxiliar e técnico de enfermagem o déficit é acentuado.

“A Diretora do Sindsprev Ivone Suppo também enfatizou a necessidade de uma nova seleção para hospitais federais do Rio, pois a carência já atrapalha o bom funcionamento das unidades. “Praticamente, nós não temos condições de trabalho. O concurso público, com certeza, é essencial na rede de hospitais federais. Na verdade, ele é importande na saúde de uma forma geral.”

Último concurso do Ministério da Saúde 2017

O último concurso do Ministério da Saúde foi divulgado com objetivo de preencher 102 vagas efetivas. O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) teve a responsabilidade do certame. As vagas foram destinadas aos cargos de Administrador (34), Contador (34) e Analista Técnico de Políticas Sociais (34), todos com requisito de nível superior. Os salários chegaram a R$5.245,00 para todos, com exceção do cargo de Analista, que contou com remuneração de R$ 6.202,88. Houve ainda, auxílio-alimentação no valor de R$458,00. A jornada foi 40 horas semanais.

Para concorrer aos cargos de Administrador e Contador, o interessado precisou ter graduação em Administração e Ciências Contábeis, respectivamente. Além disso, registro no conselho competente é requisito para concorrer a uma das vagas. Já a função de Analista requer ensino superior em qualquer área.

A expectativa é que novo edital contemple novos cargos.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?