Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PF e PRF: Já em análise os pedidos de concursos para 2.058 vagas! Salários de até R$17mil


A “bola” agora está com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) já contam com pedidos de concurso em análise no Ministério do Planejamento, no intuito de recompor os seus defasados quadros de servidores. No total, a PF e PRF pretende preencher 2.058 vagas, com salários de R$17.288,85 e R$7.177,91, respectivamente. Para concorrer a uma das vagas, o interessado deve ter nível superior e carteira de habilitação B ou superior.

A expectativa é que ao menos os concursos sejam autorizados este ano. A PF e PRF tem urgência na contratação de mais servidores, já que há uma grande carência, com possibilidade de ainda mais defasagem nos próximos anos. Em recente auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), mostra que o pouco número de policiais para o combate aos crimes praticados nas fronteiras gera um prejuízo estimado aos cofres públicos de R$100 bilhões por ano.

PRF solicita concurso com 1.500 vagas!

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) solicita concurso com 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário federal, com exigência de nível superior completo em qualquer área. O salário inicial chega a R$7.177,91, já incluso o auxílio-alimentação, de R$458. Se autorizadas, as vagas ainda serão insuficientes, já que a corporação pode perder 4 mil policiais nos próximos dois anos, segundo a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF).

Os recém-concursados são lotados, prioritariamente, nas regiões de fronteiras. Aliás, além da necessidade por pessoal, esse pode ser um fato determinante para abertura do concurso PRF 2016.

Polícia Federal solicita 458 vagas!

Já a Polícia Federal (PF) solicita concurso com 558 vagas, sendo 491 de delegado e 67 de perito. Para concorrer a o cargo de delegado, o interessado deve ter bacharelado em Direito, além de três anos de experiência em atividade jurídica ou policial. Para perito, será necessário nível superior na área de formação. Nos dois casos, os iniciais são os de R$17.288,85, já com os benefícios.

Recentemente, em manifesto enviado à imprensa, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) informou que há uma carência de recursos humanos enfrentada pelo órgão, apontando que as quase 500 vagas ociosas na carreira de delegado, o que corresponde a 30% do efetivo atual.

Etapas do concurso

Os concursos da PF são tradicionalmente organizados pela empresa Cespe/UnB. Os inscritos costumam ser avaliados por provas objetivas e discursivas, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (apenas escrivão), avaliação de títulos, prova oral (apenas delegado) e curso de formação profissional. As matérias cobradas são as de direitos Constitucional, Administrativo, Penal, Processual Penal, Civil, Processual Civil, Previdenciário, Financeiro e Tributário, Internacional Público, Empresarial, além de Criminologia.

Já a PRF também costuma ter concursos organizados pelo Cespe/Unb. Os inscritos são avaliados por provas objetivas e discursivas, exame de aptidão física, avaliações médica, psicológica e de títulos, além de investigação social e curso de formação. Os inscritos são avaliados por Língua Portuguesa, Matemática, Ética no Serviço Público, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação Relativa à PRF e Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários.

Urgência para novas vagas

Além das autorizações dos concursos, a PF e PRF também aguardam o Projeto de Lei 4.253, de autoria do Poder Executivo, que cria vagas para cargos de vários órgãos federais que deverão ser preenchidas por meio de concurso público. A proposta traz a informação de 2.183 vagas na segurança pública, sendo 1.500 na Polícia Rodoviária Federal (PRF) e 683 na Polícia Federal (PF).

Do quantitativo de vagas, de acordo com o Projeto de Lei, a Polícia Rodoviária Federal tem a maioria, cerca de 1.045, exige formação de nível superior e oferta vencimentos de até R$ 5.027,72. As 455 vagas são para o cargo de agente administrativo, de nível médio, com remuneração inicial de R$4.270,77. Já a Polícia Federal, conta com 683 vagas previstas para agente administrativo, também com iniciais de R$4.270,77.

Agora, a Câmara dos Deputados analisa o projeto, através das comissões de Seguridade Social e Família; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. E, em caso de aprovação, terá ainda que receber o aval do Senado antes de seguir para a sanção presidencial.

 Apostila PREPARATÓRIA Polícia Federal 2016 - Agente de Polícia Federal[+CD Grátis]
 Apostila Polícia Federal 2016 – Agente de Polícia Federal Atualizada!
 Apostila PREPARATÓRIA PRF 2016 - Policial Rodoviário Federal[+CD Grátis]
ApostilaPRF 2016 – Policial Rodoviário Federal Atualizada!

Leia Também:

top planilha

Comentários estão fechados.