Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

TJ-BA 2015: Gabaritos divulgados! Provas serão reaplicadas para dois cargos!

Foram divulgados na tarde de ontem terça-feira (27), os gabaritos do concurso do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), realizado no último domingo (25). O certame foi realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Confira aqui os gabaritos 

Informações sobre o concurso público para o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia podem ser obtidas pelo telefone 0800 283 4628 e pelo e-mail [email protected]

Ao todo, foram contabilizadas 134.793 participações. A maior demanda é para os cargos técnico judiciário – administrativa com 18.321 (média de 3.053,50 candidato/vaga), analista judiciário/subescrivão – judiciária – direito com 19.678 (média de 302,74 candidato/vaga), e por fim com recorde de inscrições o cargo de Técnico judiciário/escrevente – judiciária recebeu nada menos que 76.110 (média de 1.014,80).

Reaplicação 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora, informou que houve um problema no processo de impressão e envelopamento das provas para os cargos de analista judiciário – Administração, com 1.091 candidatos, e analista judiciário – Contabilidade, com 644 inscritos, do concurso para o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Ambos os cargos ofereciam uma vaga cada. As avaliações escritas para os demais cargos foram realizadas no último domingo, dia 25, e as provas que não foram aplicadas correspondem a 1,3% do total.

A nova data, quando estabelecida, será informada a todos os interessados e ficará disponível nosite do organizador. Segundo a FGV, os demais candidatos não serão prejudicados e terão as provas objetivas devidamente validadas, devendo, portanto, aguardar a divulgação dos gabaritos preliminares, ainda sem data definida. Aprovados dentro do total de 15 vezes o número de vagas terão as provas discursivas corrigidas. Candidatos a analista serão ainda submetidos a uma avaliação de títulos.

Sobre o certame

O concurso visa preencher 200 vagas imediatas, sendo 93 para a carreira de técnico judiciário e 107 para o cargo de analista, que exigem nível médio ou médio/técnico e superior, respectivamente. Haverá ainda formação de cadastro. As remunerações são de R$3.901,21 (técnico) e R$5.927,24 (analista), já inclusos o valor de R$810 referente ao auxílio alimentação. Os nomeados serão contratados sob o regime estatutário, que oferece garantia empregatícia.

As oportunidades estão divididas entre as áreas judiciária (curso superior em Direito para analistas ou ensino médio para técnicos), administrativa (qualquer curso superior para analistas ou ensino médio para técnicos), apoio especializado (cursos de graduação específicos) e tecnologia da informação (curso técnico na área). Está definido que 70% das vagas serão destinadas aos cartórios judiciais. A validade do concurso é de dois anos, prorrogáveis por mais dois.

No exame objetivo serão cobrados conhecimentos de Língua Portuguesa, Legislação Específica, Noções de Informática (exceto área de Tecnologia da Informação) e Conhecimentos Específicos. Candidatos aprovados dentro do total de 15 vezes o número de vagas terão as provas discursivas corrigidas. Essa prova será constituída por uma redação sobre algum tema alusivo ao cargo, em gênero dissertativo- argumentativo. Analistas serão submetidos a uma avaliação de títulos como etapa posterior.

Fonte: GranCursosOnline

Leia Também:

brasil 123  

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?