Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TRT PE 6ª Região 2018: Resultado final do certame é homologado

Oportunidades foram divulgadas para Técnico e Analista; FCC organiza o certame

O resultado final do concurso do Tribunal Regional do Trabalho do Estado de Pernambuco (Concurso TRT PE 6ª Região 2018) jfoi homologado, conforme documento publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 17 de outubro. A Fundação Carlos Chagas (FCC) tem a responsabilidade do certame. O resultado das provas do concurso TRT PE 2018 pode ser consultado clicando aqui.

De acordo com o edital de concurso TRT/PE 2018, as oportunidades serão destinadas aos cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária (Cadastro Reserva), Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador Federal (Cadastro Reserva), Analista Judiciário -Área Administrativa (Cadastro Reserva), Analista Judiciário – Área de Medicina Clínica Médica (Cadastro Reserva) e Tecnologia da Informação (Cadastro Reserva), com requisito de ensino superiorTécnico Judiciário – Área Administrativa (1 vaga) e Técnico Judiciário – Área de Segurança (Cadastro Reserva), com requisito de ensino médio.

Os salários oferecidos oscilam entre R$ 6.708,53 e R$ 11.006,82 por jornada de trabalho de 40 horas semanais. Além disso, haverá o benefício de vale-alimentação de R$880,00.

Concurso contou com mais de 50 mil inscritos

O concurso registrou nada menos que 55.326 inscritos, sendo 54.184 para concorrência geral e 1.142 para candidatos com deficiência. O maior quantitativo foi para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa, que recebeu 29.029 participantes.

Prepare-se: Apostila Concurso TRT PE 6ª Região 2018 – Atualizada

Sobre os cargos do concurso TRT PE 2018

Analista Judiciário – Área Judiciária

Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Atribuições: analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer; fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal; inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; verificar prazos processuais; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal

Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Atribuições: executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido; executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Analista Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso superior completo (licenciatura, bacharelado, tecnólogo), em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Atribuições: realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; entre outras.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Médica)

Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de conclusão do curso de graduação de nível superior em Medicina; fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, registro no órgão de classe específico e experiência profissional de 2 (dois) anos em Clínica Médica.

Atribuições: Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos, pareceres e atestados; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos por profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; entre outras.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso superior em Tecnologia da Informação ou qualquer outro curso superior com Pós-Graduação na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 (trezentas e . sessenta) horas/aula, expedido por instituição de ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições: Desenvolver projetos e sistemas de informática; documentar os sistemas; analisar e avaliar diagramas, estruturas e descrições de entradas e saídas de sistemas; sugerir as características e quantitativos de equipamentos necessários à utilização dos sistemas; analisar e avaliar as definições e documentação de arquivos, programas, rotinas de produção e testes de sistemas; identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas; prestar suporte técnico e treinamento aos usuários de sistemas; analisar e avaliar procedimentos para instalação de base de dados, assim como definir dados a serem coletados para teste paralelo de sistemas; planejar e coordenar as atividades de manutenção dos sistemas em operação; entre outras.

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: Certificado de conclusão de curso de ensino médio ou equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições: prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança

Requisitos: Certificado de conclusão de curso de ensino médio ou equivalente, devidamente registrado, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E.

Atribuições: atuar na segurança dos magistrados, das autoridades, dos servidores e das instalações do Tribunal; realizar investigações preliminares; conduzir veículos automotores; vistoriar veículos e registrar sua movimentação; prestar primeiros socorros às vítimas de sinistros e outras situações de risco; fiscalizar as atividades de controle de entrada e saída de materiais, equipamentos e volumes das dependências do Tribunal; executar ações de prevenção e combate a incêndio e outros sinistros; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Inscrição Concurso TRT PE 2018

Os interessados em concorrer a uma das vagas puderam se inscrever entre 10 horas do dia 08 de fevereiro e 14 horas do dia 07 de março de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (www.concursosfcc.com.br). A taxa de inscrição custou:

R$52,50 para Técnico; e

R$ 67,50 para Analista.

Provas Concurso TRT PE 2018

O concurso TRT-PE 2018 contará com provas objetivas e discursivas para todos os cargos. As avaliações objetivas foram aplicadas em Recife (PE) no dia 29 de abril de 2018, no período da manhã (técnico) e tarde (analista). Os gabaritos preliminares serão liberados a partir das 17 horas do dia 02 de maio, no site da organizadora.

Haverá ainda, conforme o edital de concurso, prova prática de capacidade física para o cargo de Técnico Judiciária na área de Segurança. A validade do concurso será de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região.

Concurso TRT PE 2018 poderá formar mais de 1.000 classificados

O concurso contará com uma vaga preenchimento imediato. No entanto, o cadastro reserva do certame poderá classificar, para contratação durante a validade do certame, nada menos que 1.170 classificados (veja abaixo), sendo 500 para Analista Judiciário – Área Judiciária, 50 para Analista Judiciário – especialidade em Oficial de Justiça Avaliador Federal, 30 para função de Analista Judiciário – Área Administrativa, 10 para o cargo de Analista Judiciário – Medicina, 30 para Analista Judiciário – Tecnologia da Informação, 500 para Técnico Judiciário – Área Administrativa e 50 para Técnico Judiciário – Segurança.

O último concurso, por exemplo, contou com 38 vagas. No entanto, conforme informou o órgão pernambucano, foram 589 nomeados.

Último Concurso TRT PE 6ª Região

O último concurso do TRT/PE foi realizado em 2012, quando contou com 38 vagas. As oportunidades foram divulgadas para candidatos de níveis médio e superior, para preenchimento efetivo e formação de cadastro reserva nos cargos de analista judiciário nas áreas judiciária; administrativa; execução de mandados; contabilidade; arquitetura; arquivologia; biblioteconomia; comunicação social – jornalismo; enfermagem; engenharia civil; engenharia elétrica; engenharia mecânica; estatística; fisioterapia; medicina do trabalho; medicina – psiquiatria; odontologia; psicologia; serviço social; e tecnologia da informação; e técnicos nas áreas administrativa; segurança; enfermagem; tecnologia da informação; e higiene dental. O salário inicial chegou a R$ 6.611,39 para analista e R$ 4.052,96 para técnico.

Os candidatos passaram por questões de conhecimentos gerais (20) e conhecimentos específicos (40). Houve ainda, prova de redação. A Prova Discursiva – Redação foi aplicada juntamente com as provas objetivas para todos os candidatos inscritos e somente foram avaliadas as dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, no limite estabelecido a seguir:

Analista Judiciário – Área Judiciária: 500

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Execução de Mandados: 200

Analista Judiciário – Área Administrativa: 500

Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Contabilidade: 40

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação: 300

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidades: Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social (Jornalismo), Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Estatística, Fisioterapia, Medicina (do Trabalho), Medicina (Psiquiatria), Odontologia, Psicologia e Serviço Social: 40

Técnico Judiciário – Área Administrativa: 500

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança: 80

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidades: Enfermagem, Tecnologia da Informação e Higiene Dental: 40

Informações do concurso
  • Concurso: Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco (Concurso TRT PE)
  • Banca organizadora: Fundação Carlos Chagas (FCC)
  • Cargos: Técnico e Analista Judiciário
  • Escolaridade: Nível Médio e Superior
  • Número de vagas: 01 + CR
  • Remuneração: entre R$ 6.708,53 e R$ 11.006,82 + benefícios
  • Inscrições: entre 08 de fevereiro e 07 de março
  • Taxa de Inscrição: R$ 52,50 para Técnicos e de R$ 67,50 para Analistas.
  • Provas: 29 de abril de 2018
  • Situação: PUBLICADO

Edital Concurso TRT PE 6ª Região 2018

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?