Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TRT AM/RR 11ª Região 2016/2017: Saiu o edital para nível médio e superior! Até R$ 11.822,80!

Saiu o edital. Foi divulgado nesta sexta-feira, 11 de novembro, o edital de concurso público do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (Concurso TRT AM/RR 11ª Região – Amazonas e Roraima 2016/2017), que envolve os estados de Roraima e Amazonas. De acordo com o documento publicado, serão oferecidas 63 vagas e cadastro reserva para os cargos de Técnico e Analista Judiciário, com requisito de nível médio e superior, respectivamente. A Fundação Carlos Chagas (FCC) coordenará o certame.

Do quantitativo de vagas, 04 (quatro) serão reservadas aos portadores de necessidades especiais. As oportunidades de nível médio são destinadas ao cargo de Técnico Judiciário, nas áreas Administrativa (35 vagas), Tecnologia da Informação (06 vagas) e Enfermagem (Cadastro Reserva). Os salários oferecidos chegam a R$ 6.167,99, além do auxílio-alimentação no valor de R$884,00.

Já para nível superior, as chaces são destinadas a função de Analista Judiciário nas áreas Administrativa (01 vaga), Judiciária (12 vagas), Oficial de Justiça Avaliador Federal (Cadastro Reserva), Arquitetura (Cadastro Reserva), Arquivologia (01 vaga), Contabilidade (01 vaga), Engenharia Civil (Cadastro Reserva), Engenharia Elétrica (Cadastro Reserva), Estatística (Cadastro Reserva), Serviço Social (Cadastro Reserva), Tecnologia da Informação (01 vaga), Medicina do Trabalho (01 vaga), Psicologia (01 vaga) e Odontologia (Cadastro Reserva). Os salários oferecidos chegam a R$ 10.119,93 para todas as funções de Analista, com exceção de Oficial de Justiça, cuja remuneração chega a R$ 11.822,80.

Inscrição Concurso TRT AM/RR 11ª Região 2016/2017

As inscrições no concurso do TRT AM/RR 2016 serão realizadas entre às 10 horas do dia 17 de novembro às 14 horas do dia 12 de dezembro de 2016, no endereço eletrônico oficial da FCC – www.concursosfcc.com.br. A taxa de inscrição custará:

  • Nível Médio: R$90,00; e
  • Nível Superior: R$120,00.

Avaliações

Os inscritos no concurso serão avaliados por provas objetivas, a serem aplicadas na data prevista de 19 de fevereiro de 2017, em Boa Vista (RR) e Manaus (AM). Os inscritos serão avaliados por questões de conhecimentos gerais (língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática e regimento interno do TRT 11) e conhecimentos específicos. Os locais e horários de provas serão divulgados até o dia 09 de fevereiro.

Os gabaritos oficiais preliminares serão divulgados no dia subsequente a aplicação de provas, a partir das 17 horas. O gabarito oficial definitivo estará liberado para consulta em 27 de março do ano de 2017.

A validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região.

topapostilas.com.br

Dicas de estudo para o Concurso TRT AM/RR 11ª Região

Você é daqueles que há muito vem se submetendo às provas dos mais variados concursos públicos e nunca consegue passar em um? Está no grupo daqueles que vivem “acertando na trave, mas nunca conseguem fazer o gol”? Pois saiba que tenho algumas informações importantes para lhe passar. Confiras as dicas de aprovação no Concurso do TRT 11.

Você precisa descobrir qual a sua área de afinidade e investir nela todas as suas forças. Os testes vocacionais são excelentes para isso! Basta unicamente seguir à risca o que for determinado e estar sempre atento aos concursos abertos para a área que você pretende atuar. Dessa maneira, aquilo que você estudou para um concurso sempre servirá de base para o próximo.

Os horários de estudo para o Concurso TRT AM/RR 11ª Região devem ser bem determinados no seu dia a dia. Monte um horário de estudos de acordo com as disciplinas a serem cobradas na prova e dedique-se a ele. Apenas tenha o cuidado de se conceder ao menos 15 minutos de descanso após cada hora de estudo. Isso é o que vai garantir que você alcance a melhor performance e abstraia tudo o que de fato pode colher dos estudos.

Não tente adequar o concurso à sua rotina, mas faça o máximo para adequar a sua rotina ao concurso. A menos quando se tratar de algo imprescindível, de que dependa sua vida e subsistência, não abra mão dos estudos por qualquer outra atividade. Você só vai ser bem sucedido se tiver o cuidado de agir assim. Caso o contrário, pode ser que passe uma vida tentando e nunca consiga, devido à falta de disciplina.

Quando você busca as provas anteriores do concurso para o qual pretende concorrer, inevitavelmente está criando em torno de si uma atmosfera extremamente favorável ao seu aprendizado. Isso porque quando você se dispõe a buscar o conhecimento daquilo que foi cobrado (a termo de conteúdo) na prova anterior, já pode de antemão ter ideia do que será exigido na prova futura, porque isso é algo que naturalmente não muda muito quando consideramos o mesmo cargo na mesma companhia.

Atenção para isso: você não pode e nem deve se considerar o melhor porque isso é prejudicial para a concorrência em que está entrando. Você pode se considerar bom em determinado assunto e se achar competitivo, mas precisa também considerar que assim como você existem muitos outros por aí. Alguns que podem ser iguais ou até mesmo melhores que você! Portanto, muito cuidado e não se sinta imbatível. Estude como se nada soubesse e certamente você vai conseguir melhor desempenho.

Sempre que é lançado o edital de um novo concurso, há muitos boatos que começam a proliferar (especialmente se esse é um concurso muito concorrido e que oferece bons salários). Daí surgem as histórias de que alguém já comprou as vagas, que tem gente que tem acesso ao gabarito e muitas outras coisas que tendem a desmotivas os candidatos. Não se deixe abater. Estude com afinco e determinação e não dê bola pra essas histórias. Se você estudar para gabaritar a prova, mesmo que existam vagas vendidas por meio da corrupção, dificilmente você vai ficar de fora. Estude sempre!

Um dos maiores erros que todos os concurseiros cometem é serem impacientes consigo mesmos e não se darem tempo para aprender aquilo que estão estudando. Essas pessoas naturalmente criam bloqueios porque não acreditam em sua própria capacidade de assimilação.

Leia Também:

Comentários estão fechados.