Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TRF 2ª Região 2017: Gabaritos são divulgados!

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que compreende os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, divulgou os gabaritos preliminares referente as avaliações aplicadas no último domingo, 05 de março. O certame registrou 204.452 inscrições homologadas.

O número foi superior as expectativas do órgão, que aguardava 100.000 inscritos. De acordo com a organizadora, foram 146.779 inscritos no Rio de Janeiro e 57.673 no Espírito Santo. Em ambos os Estados, o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa contou com o maior número de inscrições: 64.737 no RJ e 25.764 no ES. Clique aqui e confira o gabarito oficial.

Cargos do Concurso

Nível Médio: Técnico Judiciário nas especialidades Administrativa, Segurança, Transporte, Telecomunicações e Eletricidade, Informática, Eletricidade e Enfermagem.

Nível Superior: Analista Judiciário nas especialidades Judiciária, Oficial de Justiça Avaliador Federal, Serviço Social, Psicologia, Odontologia, Medicina (Psiquiatria, Clínica e do Trabalho), Informática – Infraestrutura, Informática – Desenvolvimento, Engenharia (Mecânica, Eletrônica, Elétrica, Civil), Enfermagem e Enfermagem do Trabalho, Contadoria, Biblioteconomia, Arquitetura e Administrativa.

Salários

Os salários oferecidos pelo órgão fixam em R$ 6.167,99 para nível médio, cargo de técnico, e R$ 10.119,93 para nível superior, cargo de analista. Além disso, haverá auxílio pré-escola (R$669,00), auxílio-alimentação (R$884,00), auxílio-transporte e assistência médica. O cargo de Analista Judiciário – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal contará ainda, com a Gratificação de Atividades Externas (GAE). Já o cargo de Técnico Judiciário – Especialidade Segurança e Transporte contará com Gratificação de Atividades de Segurança (GAS). Em ambos os casos o adicional é de 35% do salário. Ainda de acordo com o edital, haverá adicional por qualificação de Pós Graduação (7,5% a 12%), adicional de 5% para o cargo de Técnico Judiciário, caso tenha o curso de nível superior, e acréscimo 3%.por Ações de Treinamento.

Avaliações

Os inscritos no concurso foram avaliados por provas objetivas (todos) e, se aprovados, ainda passarão por avaliações prática (somente a especialidade de Telecomunicações e Eletricidade), capacidade física (somente a especialidade segurança e transporte), redação (somente a especialidade administrativa) e prova de estudo (somente as especialidades Oficial de Justiça Avaliador Federal, Informática/Infraestrutura, Informática/Desenvolvimento, Engenharia Mecânica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil e Arquitetura).

As provas foram realizadas nas cidades Angra dos Reis (RJ) Campos dos Goytacazes (RJ), Itaperuna (RJ), Macaé (RJ), Niterói (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Petrópolis (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Três Rios (RJ), Volta Redonda (RJ), Cachoeiro de Itapemirim (ES), Colatina (ES) e Vitória (ES) serão as cidades que terão provas aplicadas.

A validade do concurso será de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério do órgão.

Convocações

Tendo por base a última seleção do órgão que, a cada mês, tem novos aprovados empossados, o TRF-RJ/ES contratou 48 novos servidores. Com números atualizados no primeiro semestre deste ano, foram realizadas 1.118 convocações. A tendência é que essa característica do órgão se mantenha no concurso que acaba de ser publicado. O que reforça toda essa ideia é a carência de pessoal e o elevado número de saídas, denunciados pelo Sindicato dos Servidores da Justiça Federal (Sisejufe). Em relação ao cargo que é destaque da disputa, o técnico judiciário sem especialidade, de nível médio, foram 486 convocações em 2015, que subiram para 501 este ano (15 a mais).

Para este concurso, a expectativa é que possam fazer parte do cadastro de reserva do concurso (lista de aprovados) 2.990 candidatos, sendo 1.530 técnicos e 1.460 analistas, com requisito de nível médio e superior, respectivamente. De acordo com o presidente da comissão responsável pela seleção, juiz Carlos Guilherme Lugones, “o objetivo da Administração é realizar tantas nomeações quantas forem possíveis, à medida que forem surgindo novas vagas”, afirmou ao site Folha Dirigida.

O Estado do Rio de Janeiro aparece ainda, como o estado principal das convocações. Foram 963 convocações em 2015, que chegaram a 1.007 este ano (44 a mais). O Espírito Santo, por sua vez, teve 93 chamadas no ano passado, chegando a 97 neste (quatro a mais). Em números gerais, hoje o TRF-RJ/ES contabiliza 1.104 convocações, das quais 1.007 são para o Rio e 97 para o Espírito Santo. No estado fluminense, são 432 analistas chamados e 574 técnicos, sendo que 501 são técnicos judiciários sem especialidade. O novo concurso TRF 2ª Região tem o objetivo de manter um cadastro válido.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?