Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso STF 2016 é confirmado para nível médio e superior! Até R$7.506,55!

Boa notícia! Em breve será divulgado o concurso público do Supremo Tribunal Federal (Concurso STF 2016). De acordo com fontes ligada ao Supremo Tribunal Federal, instância de maior poder judiciário do país, o novo certame contará com vagas para nível médio e superior, nos cargos de técnico e analista judiciário, respectivamente. Com o vencimento da validade do último certame e o grande número de aposentadorias, o órgão deverá abrir novo edital muito em breve.

O último concurso STF foi realizado em 2013. Na ocasião, foram ofertadas 36 vagas, sendo 15 para técnico, com exigência de nível médio, e 21 para analista, que exige nível superior dos candidatos. Os salários oscilam entre R$4.575,16 e R$7.506,55, respectivamente. Quem deseja ingressar no quadro de pessoal pode iniciar desde já os estudos, pois a concorrência é sempre muito alta. Prova disso foi o último certame, que contou com 37.168 candidatos.

VEJA TAMBÉM:

O que pode servir de incentivo para os estudantes são os inúmeros benefícios que o STF proporciona. Além de um ótimo ambiente de trabalho, são benefícios disponíveis para os servidores: adicional de qualificação; bolsas de estudos para cursos de pós-graduação e de língua estrangeira; berçário para atender filhos com idade de seis a 14 meses; auxílio-transporte; auxílio pré-escolar para servidores em atividade com filhos na faixa etária de até cinco anos; e plano de Saúde.




Provas Concurso STF

O último concurso contou com 50 questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Específica, e Regimento Interno do STF, de acordo com o cargo. Houve também 70 questões de Conhecimentos Específicos. Além disso, os candidatos à função de analista judiciário efetuarão questões de Língua Inglesa. Foi reprovado quem obtivesse nota inferior a dez pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos, nota inferior a 21 pontos no exame objetivo de Conhecimentos Específicos, e inferior a 36 no conjunto das avaliações objetivas.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?