Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Aeronáutica Sargentos EEAR 2018: Gabaritos das provas são divulgados!

Edital foi divulgado com 227 vagas


A Força Aérea Brasileira (FAB) aplicou no último domingo, 1º de julho, as provas do Exame de Admissão ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS) 1/2019 da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). Os gabaritos já podem ser consultado (veja aqui).

O edital de concurso público (Concurso Aeronáutica Sargentos EAGS 2018) tem objetivo de preencher nada menos que 227 vagas no Curso de Formação de Sargentos (CFS-B). Para concorrer a uma das vagas será necessário o nível médio.

O Exame de Admissão ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica será para o primeiro semestre do ano de 2019 (IE/EA CFS 1/2019). O Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018 destina-se a selecionar cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam às condições e às normas estabelecidas nestas Instruções, para serem habilitados à matrícula no Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS), a ser realizado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá/SP, com início no primeiro semestre de 2019.

Cargos e Vagas do Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

As vagas serão destinadas aos cargos de BMA – Mecânica de Aeronaves (50 vagas), BMB – Material Bélico (13 vagas), SGS – Guarda e Segurança (30 vagas), BEV – Equipamento de Voo (06 vagas) e BCT – Controle de Tráfego Aéreo (128 vagas).

Todos os cargos são destinadas para candidatos de ambos os sexos, com exceção da função de Guarda e Segurança, que terá oportunidades somente para candidatos do sexo masculino.

Salários

Durante o curso, o aluno estará sob regime escolar da EEAR, e fará jus à mesma remuneração que percebia por ocasião da matrícula, se militar da ativa da Aeronáutica, ou fixada em lei para Aluno de Escola de Formação de Sargentos, além de benefícios (alimentação, assistência médico-hospitalar, dentária, alojamento e fardamento). Após formado, o aluno é graduado a Terceiro-Sargento, fazendo jus ao salário de R$ 3.584,00.

Haverá ainda, adicional militar de 16% e adicional de habilitação de 16%, totalizando a remuneração bruta de R$ 4.730,88.

Inscrição Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

Os interessados puderam se inscrever no site do Comando da Aeronáutica – COMAER (http://www.fab.mil.br/eear) e no endereço eletrônico da Escola de Especialistas de Aeronáutica – EEAR (http://ingresso.eear.aer.mil.br), no período compreendido entre 11 de fevereiro e 15h do dia 12 de março. A taxa de inscrição custou R$60,00.

O sistema conduzirá o candidato ao preenchimento interativo do FSI, com a inserção de seus dados pessoais, bem como, daqueles relativos aos Exames de Admissão. Ao final do processo, o candidato poderá imprimir a Guia de Recolhimento da União Simples (GRU), com o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o número de referência, que identificarão a solicitação de inscrição e o candidato. A obtenção do comprovante de inscrição é de inteira responsabilidade do candidato.

Solicitação de Isenção da taxa

De acordo com o Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008, que regulamenta o art. 11 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, fará jus à isenção total de pagamento da taxa de inscrição o candidato que, cumulativamente:

a) comprovar inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal, de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, por meio de indicação do Número de Identificação Social (NIS) do candidato, constante na base do CadÚnico, existente no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), no REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE TAXA DE INSCRIÇÃO, disponível nas páginas eletrônicas do Exame; e

b) for membro de “família de baixa renda”, nos termos do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, por meio de Declaração de que atende à condição estabelecida.

Provas do Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

topapostilas.com.br

O concurso é composto por provas escritas, inspeção de Saúde (INSPSAU), Exame de Aptidão Psicológica (EAP), Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF), Concentração Final e Validação Documental.

A prova contará com questões de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física. As provas escritas serão realizadas nas localidades onde se encontram as Organizações Militares de Apoio (OMAP), sendo elas: As avaliações serão aplicadas em Belém (PA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), São José dos Campos (SP), Campo Grande (MS), Canoas (RS), Santa Maria (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Manaus (AM), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR). As provas escritas foram aplicadas no dia 01 de julho de 2018.

Curso de Formação do Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

O Teste de Avaliação do Condicionamento Físico do processo seletivo avaliará a resistência e o vigor físico, por meio de exercícios físicos, definidos e fixados em Instruções do Comando da Aeronáutica de modo a comprovar não existir incapacitação para o Serviço Militar nem para as atividades previstas no curso.

O TACF será realizado segundo os procedimentos e parâmetros fixados na ICA 54-2 “Aplicação do Teste de Avaliação do Condicionamento Físico para Exames de Admissão e de Seleção do Comando da Aeronáutica”, divulgada nas páginas eletrônicas do Exame.

Somente realizarão o TACF os candidatos julgados APTOS na INSPSAU e que não tenham sido excluídos em etapa anterior desse Exame. O resultado do TACF para cada candidato será expresso por meio das menções “APTO” ou “NÃO APTO”.

Curso de Formação do Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

O Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS) é ministrado sob regime de internato militar na EEAR, em Guaratinguetá-SP, com duração aproximada de 2 (dois) anos e abrange instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado.

A instrução ministrada no Campo Geral, comum a todas as especialidades, reúne os conhecimentos básicos necessários à habilitação dos Alunos nos seus diferentes níveis. Esta instrução é ministrada de maneira gradual e contínua, objetivando nivelar os conhecimentos de alunos de diferentes origens e formações, além de aumentar-lhes a capacidade de assimilação proveniente dos conhecimentos técnico-especializados próprios do CFS.

A instrução ministrada no Campo Militar busca, primordialmente, transmitir e reforçar os postulados básicos da vida castrense, referentes à futura graduação, bem como desenvolver elevado grau de vibração, devoção e entusiasmo pela carreira na Força Aérea. Além das características de resistência física, necessária ao profissional militar, procura-se por meio da referida instrução sedimentar no aluno os princípios basilares da instituição (Hierarquia e Disciplina), como também, os fundamentos de ética e da estrutura organizacional do COMAER, de modo que, ao término do curso, o futuro Sargento esteja dotado de atributos e competências que o qualificarão a ser um integrante do Corpo de Graduados da Aeronáutica.

A instrução ministrada no Campo Técnico-Especializado constitui-se na fase da formação em que o discente é preparado para obter um desempenho profissional dentro dos padrões estabelecidos pelo COMAER. Desse modo, ela está dimensionada com conhecimentos teóricos e práticos, de tal forma que o aluno, ao longo dos quatro semestres letivos, torne-se capaz de atingir um nível de proficiência eficaz e compatível à especialidade.

Um período de instrução de aproximadamente 40 (quarenta) dias corridos, em regime de internato, contados a partir da data do início do curso, será ministrado exclusivamente de forma coletiva aos que vierem a ser matriculados, fazendo parte do estágio probatório para adaptação à vida na caserna, estando inserido na instrução do Campo Militar.

O período de instrução é fundamental e indispensável à adaptação do aluno, não podendo deixar de ser cumprido, sob pena de reprovação e exclusão do curso, ainda que seja por candidato convocado por força de decisão judicial. O candidato convocado para o CFS 1/2019 por força de decisão judicial, até a data de validade do Exame, receberá Ordem de Matrícula e realizará o curso com os demais candidatos. Na hipótese de convocação após a data de validade do Exame, o candidato será matriculado no CFS imediatamente posterior, devido à impossibilidade do cumprimento do período de instrução previsto no edital.

A formação nas especialidades do CFS é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) como curso técnico, de nível médio, constando no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Dentre os que vierem a ser matriculados no CFS, aqueles que concluírem com êxito o referido curso, segundo o Plano de Avaliação, estarão em condições de compor o Quadro de Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (QSS), do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica (CPGAER).

A habilitação à matrícula no CFS não é garantia de que o candidato venha a ser efetivado no COMAER. Tal efetivação, bem como as promoções relacionadas, dependerá da conclusão do curso com aproveitamento, segundo o Plano de Avaliação, das necessidades do COMAER e das definições da Diretoria de Administração do Pessoal (DIRAP).

Informações do concurso
  • Concurso: Aeronáutica
  • Banca organizadora: FAB
  • Escolaridade: nível médio
  • Número de vagas: 227
  • Remuneração: R$3.584,00
  • Inscrições: entre 11 de fevereiro e 12 de março de 2018
  • Taxa de Inscrição: R$60
  • Provas: 01 de julho de 2018
  • Situação: PUBLICADO

Edital Concurso Aeronáutica Sargentos CFS 2018

Leia Também:

top planilha

Comentários estão fechados.