Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Polícia Civil PC-PE 2016 – Edital já programado para abril!

Está muito próximo, com previsão para abril, os concursos para as polícias Científica e Civil do Estado de Pernambuco. Os editais já passam por ajustes finais. O Governador do Estado,  Paulo Câmara, afirmou que os documentos seriam divulgados no mês de março, mas os editais devem ficar para primeira quinzena de abril.

O concurso da Polícia Civil de Pernambuco (PC-PE) 2016 já está bem avançado. Prova disso, é a escolha do Cespe/UnB como organizador, com diversas reuniões já realizadas. O cronograma está sendo fechado para a divulgação do edital PC-PE. O concurso da Polícia Civil de Pernambuco (Concurso PC-PE 2016) vai oferecer 966 vagas para Delegado de Polícia (100); Agente de Polícia (500); Escrivão de Polícia (50); Médico Legista (40); Perito Criminal (56); Auxiliar de Legista (73); Auxiliar de Perito (96); e Perito Papiloscopista (51). Para o cargo de delegado é exigido apenas nível superior em direito, já para médico graduação em medicina e registro no conselho de classe da categoria, os demais requerem nível superior para atuação. Os salários chegam a até R$ 12.229,81, já incluídas as gratificações.

O último concurso realizado pela Polícia Científica foi em 2007. Na oportunidade, foram 254 vagas para as cidades de 254 vagas para Recife, Caruaru e Petrolina, nos cargos de auxiliar de legista, auxiliar de perito, técnico em radiologia, motorista e auxiliar de serviços. Sob organização do Iaupe, as provas objetivas objetivas tiveram questões de Português, Raciocínio Lógico, Informática e Conhecimentos Específicos.

Já a Polícia Civil de Pernambuco teve seu último concurso realizado em 2006. Na ocasião contou com organização do Ipad, quando ofereceu 1.355 oportunidades, nas carreiras de agente de polícia, dactiloscopista policial, escrivão e delegado, além de médico legista perito criminal (na época, cargos da Civil). Os inscritos foram avaliados por provas de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Além disso, houve fase de prática de digitação (somente para escrivão), capacidade física, avaliação psicológica e investigação social.

Em 2015, a Polícia Civil chegou a abrir concurso para delegado, mas foi anulado. O novo concurso terá vagas deverá ter as mesmas fases: provas objetivas e discursivas, testes físicos, avaliação psicológica, exames médicos, investigação social e curso de formação profissional.

Comentários estão fechados.