Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso FUNAI: órgão planeja abrir novo edital com 1.043 vagas em 2022

A Fundação Nacional do Índio poderá abrir um novo edital de concurso em cargos de ensino médio e superior

A Fundação Nacional do Índio tem expectativa de abrir um novo edital de concurso público (Concurso FUNAI) no primeiro semestre de 2022. O órgão confirmou o objetivo de preencher um total de 1.043 vagas em cargos de ensino médio, técnico e superior.

Entretanto, é importante destacar que o pedido de abertura do concurso FUNAI 2021/2022 ainda precisará ser analisada e aprovada pelo Ministério da Economia, pasta responsável pelo certame. Ademais, a autarquia confirmou que o edital do concurso será regionalizado, com oferta de vagas em regiões específicas.

“Uma vez submetido ao Ministério da Economia, caso seja autorizado, esta nova solicitação para realização de concurso público tem previsão para ser realizado no primeiro semestre de 2022, em todo o país, com a oferta de vagas em formato regionalizado,” disse a Funai ao site Folha Dirigida.

A FUNAI confirmou que solicitou vagas de nível superior nos cargos de: Administrador; Antropólogo; Arquiteto; Arquivista; Assistente social; Bibliotecário; Contador; Economista; Enfermeiro; Engenheiro; Engenheiro Agrônomo; Engenheiro Florestal; Estatístico; Geógrafo; Indigenista Especializado; Médico; Médico Veterinário; Odontólogo; Pesquisador; Psicólogo; Sociólogo; Técnico em Assuntos Educacionais; Técnico em Comunicação Social; e Zootecnista. O salário será de R$6.420,87.

No caso de nível médio, as chances serão ofertadas para técnico em Contabilidade, que deve exigir diploma de curso técnico na função, e agente em indigenismo, cargo de nível médio. O salário será de R$5.349,07.

Em nota, a FUNAI também revelou que foi enviado um pedido de autorização para, pelo menos, recompor vacâncias nos termos da Lei Complementar nº 173/2020 , que estabeleceu o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Esse pedido seria para preencher 227 vagas (69 de nível médio e 158 de nível superior).

Agora, o Ministério da Economia avaliará o novo pedido de concurso Funai, seja para preencher todas as vagas ou apenas uma parte das vagas.

“Caso não seja possível a autorização da integralidade das vagas requeridas, a fundação solicitou a autorização para realização de concurso público a fim de recompor vacâncias nos termos do art. 8º, inciso V da Lei Complementar nº 173/2020, com 69 (sessenta e nove) vagas de nível intermediário e 158 (cento e cinquenta e oito) de nível superior.”

A autorização de um novo certame do órgão já consta na lista de ações prioritárias da Fundação, conforme informou o coordenador-geral de Gestão de Pessoas, Paulo Henrique de Andrade Pinto, em entrevista publicada no dia 22 de fevereiro.

Segundo ele, para 2021, a maior prioridade da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (CGGP) será resgatar o orgulho dos servidores em pertencerem aos quadros da Funai. E para isso vai realizar esforços em diversas ações como, por exemplo, atuar com foco na aprovação da autorização de concurso público para sanar o déficit de efetivo da Funai. Além disso:

  • reequilibrar a força de trabalho em todas as unidades da fundação;
  • materializar a carteira funcional e os uniformes para os servidores;
  • continuar com as visitas técnicas às Coordenações Regionais da Funai;
  • ter todos os cargos e funções ocupados por titulares e substitutos;
  • atuar com foco na recuperação de recursos públicos por meio de reposição ao erário, bem como pela cobrança de órgãos devedores da Funai (cessões).

O pedido de realização do EDITAL FUNAI já foi encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), órgão ao qual é vinculada. Caso o certame seja autorizado, o concurso poderá sair até o primeiro semestre de 2022.

Último concurso FUNAI

O último concurso da FUNAI foi aberto em agosto de 2016. Na ocasião, foram oferecidas 202 vagas para o cargo de Indigenista Especializado, 7 para o cargo de Engenheiro, 5 para o cargo de Engenheiro Agrônomo e 6 para Contador. Das vagas divulgadas, o Planejamento autorizou a contratação de todos os aprovados.

Os salários iniciais oferecidos chegaram a até R$ 6.330,31 mensais. A remuneração já inclui o valor de gratificações e auxílio-refeição, de R$ 373. O edital disponibilizou vagas para unidades de Rio Branco/AC, Maceió/AL,Manaus/AM, Tabatinga/AM, São Gabriel da Cachoeira/AM, Macapá/AM,Salvador/BA, Fortaleza/CE, Brasília/DF, Vitória/ES, Goiânia/GO, São Luís/MA, Imperatriz/MA, Belo Horizonte/MG, Campo Grande/MS, Dourados/MS,Cuiabá/MT, Sinop/MT, Belém/PA, Altamira/PA, João Pessoa/PB, Recife/PE,Teresina/PI, Curitiba/PR, Rio de Janeiro/RJ, Natal/RN, Porto Velho/RO,Ji-Paraná/RO, Boa Vista/RR, Porto Alegre/RS, Florianópolis/SC, Aracaju/SE, São Paulo/SP e Palmas/TO.

O requisito para participar do certame, cargo de Indigenista, foi nível superior em qualquer área. Já para as demais funções foi necessário formação específica. A seleção também reservou vagas para candidatos portadores de deficiência e negros.

FUNAI

A FUNAI foi criada através da Lei nº 5.371, de 5 de Dezembro de 1967, para proteger e dar suporte aos índios, promovendo políticas de desenvolvimento sustentável das populações indígenas.

As finalidades da FUNAI englobam o acompanhamento de ações que visem a proteção saúde e educação do povo indígena, a divulgação das suas culturas, além da realização de pesquisas para recolha de dados estatísticos sobre a população indígena no Brasil.

Também faz parte das obrigações da FUNAI garantir que haja participação dos povos e organizações indígenas em programas do Estado que definem políticas a seu respeito.

A FUNAI tem como missão promover e proteger os direitos dos índios, preservando as suas culturas, línguas e tradições, além de monitorar as suas terras para impedir ataques de madeireiros, garimpeiros e outros, evitando práticas de usurpação das riquezas que pertencem ao patrimônio indígena e que colocam em risco a preservação das comunidades.

Informações do concurso
  • Concurso: FUNAI
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 1.043 solicitadas
  • Remuneração: até R$6.420,87
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Link do último edital
9 Comentários
  1. precimar Diz

    oi amigos estamos preparado pra isso, to fim de chega la para protecção dos nosso irmão indígena

  2. precimar Diz

    eu quero muito desse cursos, esse é meu chance de fazer, estou guardando, em qualquer momento eu to la

  3. Dario Otaviano Cosmo Diz

    Espero que vai acontecer logo essa concurso publico da FUNAI.

  4. Manoele kalashinicov Diz

    Gostaria de saber quando e a data do concurso pois tem q sai logo quero muito fazer

  5. cicero luciano do nascimento silva Diz

    Quando sair o edital eu quero ficar sabendo vai se muito bom esses concurso.???

  6. Vall Araújo Diz

    O cargo de Agente em Indigenismo com Ensino Médio, necessita ter alguma especialização? Ou não há necessidade? Se alguém poder esclarecer, ficarei grato.

  7. Irlly Diz

    Eu quero ganha dinhero

    1. Joana Diz

      Trabalhe!

  8. Jonas Ferreira da Silva Diz

    Eu quero

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.