Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Concurso Bombeiros AP 2021/2022 tem novo edital para Soldados previsto

Um novo edital de concurso público do Corpo de Bombeiros do Estado do Amapá poderá ser divulgado em breve; Último edital foi em 2012

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá tem expectativa de abrir um novo edital de concurso público (Concurso Bombeiros AP 2021/2022) em breve. Um novo certame para corporação está no radar, conforme informou o governador do Estado, Antônio Waldez Góes da Silva.

Na última semana, por meio de entrevista, o chefe do executivo estadual falou sobre os novos concursos que serão realizados na Segurança Pública, confirmando que o Corpo de Bombeiros será contemplado. Ademais, ele destacou que a oferta deverá ser somente para a carreira de soldados, mas não antecipou mais detalhes, como vagas e previsão de editais.

“As equipes já estão trabalhando em alguns concursos públicos nessa áreas (Segurança), concursos bem largos, bem amplos, o Corpo de Bombeiros é um exemplo. A gente vai estar fazendo um concurso só para soldado.”

Edital do concurso Bombeiros-AP é previsto desde 2018

O edital de concurso público do Corpo de Bombeiros do Amapá está previsto há anos. Em 2018, em uma solenidade, o governador chegou a anunciar um edital de concurso público para o Corpo de Bombeiros como parte das ações de valorização da corporação para o ano seguinte.

“É um momento para festejar pela ascensão de carreira dos militares. O compromisso desses profissionais em garantir a vida deve ser reconhecido diariamente”.

Em 2019, o governo confirmou que o concurso continuava em estudo, mas que ainda não tinha previsão de abertura do certame.

Último edital foi divulgado em 2012

O último edital do concurso do Corpo de Bombeiros foi divulgado em 2012, quando contou com 230 vagas, sendo 170 vagas para Soldado Combatente, 30 para Oficial e 30 para músicos. Para concorrer a uma das vagas, era necessário ter nível superior completo e idade entre 18 e 30 anos. Os salários estavam fixados no valor de R$2.027,66 para Soldado e R$4.461,57 para Oficial.

A Fundação Universa teve a responsabilidade do certame. O edital foi composto por prova objetiva, exames médicos e teste de capacidade física. Os candidatos aptos nas etapas citadas passaram ainda por um curso de formação, com duração de três anos, para oficial, e seis meses, para soldado.

Soldado

Para concorrer ao cargo de Soldado, o candidato deverá ter: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação; idade mínima de 18 (dezoito) anos e máxima de 30 (trinta) anos; no mínimo, descalço e descoberto, 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo masculino e 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura se do sexo feminino.

O Soldado Bombeiro Militar do Quadro de Praças Combatentes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá é o responsável por executar diretamente as ações relacionadas aos serviços de prevenção e extinção de incêndio; de proteção, busca e salvamento; socorro de emergência; proteção balneária por guarda-vidas; prevenção de acidentes na orla marítima e fluvial; proteção e prevenção contra incêndio florestal; atividades de defesa civil; evitar danos materiais e humanos, eliminando seus riscos e protegendo os bens que se encontram no local do sinistro, mantendo em condições de utilização os equipamentos de combate ao fogo; resgatar vítimas de inundações, desabamentos e outros acidentes, empregando equipamentos especiais, conforme o caso, para livrá-las de situações perigosas ou da morte. Compete também ao Soldado Bombeiro Militar do Quadro de Praças Combatentes do CBMAP: inspecionar, manutenir e manter em boas condições as viaturas, os materiais, os equipamentos e as instalações do CBMAP; conduzir viaturas operacionais e administrativas; desempenhar atividades administrativas nos gabinetes, diretorias, divisões e seções previstas na estrutura organizacional do CBMAP.

Oficiais

Para concorrer ao cargo de Oficial também é necessário ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Além disso, será necessário ter idade mínima de 18 (dezoito) anos e máxima de 30 (trinta) anos; no mínimo, descalço e descoberto, 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) de altura, se do sexo masculino e 1,60m (um metro e sessenta centímetros) de altura se do sexo feminino.

No período do Curso de Formação de Oficiais Combatentes do CBMAP, compete ao Aluno Oficial: exercer atividade estudantil em regime de semi-internato e internato. Durante o curso, como Aspirante a Oficial BM e após a nomeação ao 1º posto do oficialato (2º Tenente BM), deverá cumprir atribuições e obrigações inerentes ao Cargo Bombeiro Militar, no sentido de exercer atividades compatíveis com o correspondente grau hierárquico, abrangendo ao Oficial do Quadro de Combatentes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá a responsabilidade de planejar, organizar, coordenar, controlar e executar diretamente as ações relacionadas aos serviços operacionais como os de prevenção e extinção de incêndio; de proteção, busca e salvamento; socorro de emergência; proteção balneária por guarda-vidas; prevenção de acidentes na orla marítima e fluvial; proteção e prevenção contra incêndio florestal; atividades de defesa civil; evitar danos materiais e humanos, eliminando seus riscos e protegendo os bens que se encontram no local do sinistro, mantendo em condições de utilização os equipamentos de combate ao fogo; resgatar vítimas de inundações, desabamentos e outros acidentes, empregando equipamentos especiais, conforme o caso, para livrá-las de situações perigosas ou da morte. Compete também ao Oficial Bombeiro Militar do Quadro de Combatentes do CBMAP: presidir procedimentos e processos administrativos, bem como os de Polícia Judiciária Militar na forma da legislação e regulamentação específicas, além de desempenhar atividades administrativas nos gabinetes, diretorias, divisões e seções previstas na estrutura organizacional do CBMAP.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.