Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Governo Bolsonaro nomeia agente da Abin para negociar vacinas da covid-19

O governo federal nomeou um agente da Abin para comandar um órgão do Ministério da Saúde. Aliás,o fato ocorreu em agosto deste ano, porém ganhou repercussão agora devido a pandemia.

Myron Moraes Pinto foi designado para a coordenação-geral da CGCIS (Coordenação-Geral do Complexo Industrial da Saúde). Um setor ligado à compra de vacinas e outros medicamentos que combatem o coronavírus.

A indicação chama a atenção por se tratar de alguém sem formação na área da saúde. Aliás, o cargo é costuma ser ocupado por especialistas devido sua importância. Dessa forma, a nomeação causou medo nos funcionários.

O que são os agentes da Abin

Os agentes da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) atuam de acordo com os interesses do presidente. Inclusive, Pires é atualmente o oficial com a mais alta patente na história. Assim, eles estão presente em setores importantes como:

  • Vacina contra COVID-19;
  • Privatização de unidades de atenção básicas e saúde mental;
  • Monitoramento de entidades da sociedade que integram o Conselho Nacional de Saúde.

Informou-se ainda que há membros do órgão em vários ministérios. Sendo assim, preocupando os servidores. Porque são vagas importantes e destina-se a especialistas.

Anteriormente a responsável era da área de farmácias. Tendo assim, formação para ocupar a função. Segundo especialistas, a mudança da CGCIS prejudica a tomada de decisões contra o COVID-19.

Esse fato é prejudicial no momento. Afinal, os casos da doenças estão aumentando em diversas regiões do país. Demonstrando que precisam de ações que façam a diferença.

A função da CGCIS

A CGCIS tem a função de coordenar as atividas do SUS e de laboratórios. Assim é responsável por gerir a produção de itens como:

  • Medicamentos;
  • Vacina;
  • Testes;
  • Equipamentos.

O setor também organiza parcerias para o desenvolvimento da indústria. Dessa forma, favorecendo o SUS e promovendo avanços. 

Com tudo isso, a escolha de um agente da Abin não é a melhor. Porque, o interesse do governo em mudar o sistema de saúde brasileiro pode ser favorecido. Logo, a saúde e as pessoas não são mais o foco das ações.

Nomeação de agente da Abin

A nomeação de um agente da Abin para a coordenação não foi notada em agosto. Entretanto, agora ela tem se tornado um fator importante para o futuro da população.

O que gera a preocupação é a possibilidade de ser uma ação do governo. Assim, visando beneficiar-se com pessoas que ajudem a privatização. Porém, em um período de pandemia é preciso de especialistas no assunto. Sendo assim, uma forma de diminuir a contaminação da doença.

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.