Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: Caixa faz novo pagamento hoje; veja quando sacar

De acordo com o calendário oficial do benefício, mais um grupo de informais pode movimentar o dinheiro do Auxílio Emergencial

Mais um grupo de trabalhadores pode movimentar a quinta parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal. De acordo com o calendário oficial do programa, desta vez é a hora dos informais que nasceram no mês de julho. Segundo dados, essas pessoas estão com o dinheiro na conta desde as primeiras horas desta quinta-feira (26).

No caso desses usuários que nasceram no mês de julho, no entanto, ainda não é possível fazer o saque do benefício. Neste momento, eles só podem mexer na quantia de forma digital. E para isso portanto eles precisam usar o aplicativo Caixa Tem. Eles podem ainda fazer isso através do Internet Banking. As funcionalidades são as mesmas.

De acordo com as informações do próprio calendário do Auxílio Emergencial, é possível realizar uma série de procedimentos neste momento. Dá para pagar boletos ou mesmo fazer compras. Em alguns estabelecimentos, há a possibilidade de usar o QR Code do aplicativo para comprar produtos de maneira física.

De qualquer forma, boa parte dos usuários do Auxílio Emergencial preferem mesmo fazer o saque. É por isso que muita gente neste momento deve estar se perguntando a data da liberação dessa retirada para as pessoas que nasceram em julho. De acordo com o calendário oficial do programa, isso deve acontecer a partir do próximo dia 13 de setembro.

Então as pessoas que fazem parte deste grupo precisam esperar mais alguns dias para sacar o dinheiro desta quinta parcela. Quem não quiser esperar, pode usar a quantia digitalmente mesmo. Os usuários do Bolsa Família que também recebem o Auxílio Emergencial não precisam seguir esta regra.

Auxílio Emergencial

De acordo com as informações oficiais, o Governo Federal começou a pagar o Auxílio Emergencial ainda no ano passado. A ideia surgiu como uma tentativa de ajudar os informais que estavam sofrendo nesta pandemia do novo coronavírus no país. É que muitos não estavam conseguindo trabalhar e nem juntar renda.

De qualquer forma, mesmo mais de um ano depois do início dos repasses, a situação da pandemia não mudou muito. De acordo com informações de secretarias de saúde, o país registrou mais de 500 mil mortes em decorrência da doença. E muitos serviços ainda estão fechados justamente para evitar contaminações.

Foi justamente por isso que o Governo Federal decidiu prorrogar o benefício por mais três meses. Serão portanto mais três pagamentos entre os meses de agosto e outubro. Para os usuários que nasceram em julho, por exemplo, faltam apenas mais duas liberações.

Valores

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, que é a pasta que responde pelo programa, cerca de 37 milhões de brasileiros estão recebendo o dinheiro do Auxílio Emergencial. Esse número era de 39 milhões há mais de um mês atrás, e de quase 70 milhões há um ano atrás.

Atualmente, ainda de acordo com dados do Ministério, cerca de 27 milhões dos atuais usuários do programa são informais. São aqueles que se inscreveram no site do projeto. Aqui se soma também as pessoas que estão no Cadúnico mas que não estão no Bolsa Família.

Os valores do benefício seguem os mesmos desde a retomada dos pagamentos este ano. São parcelas fixas que variam entre R$ 150 e R$ 375. Segundo informações do próprio Governo Federal, a grande maioria dos usuários recebem mesmo esse patamar menor.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.