Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba quais países já têm casos da nova variante

Após a descoberta da mutação do Covid-19 no Reino Unido, países relataram casos da nova variante. A princípio, 12 nações confirmaram pacientes com a nova cepa. Além disso, em diversos locais, fronteiras já foram fechadas para que evitassem a disseminação.

Conheça aqui os países e a quantidade de pessoas já infectadas com essa nova mutação. Além disso, entenda como essa cepa pode ser mais forte que a anterior.     

Nova mutação do Covid-19 e casos da nova variante

A cepa do coronavírus surgiu a partir de mutações do vírus. Assim, tornando-se uma versão mais forte e também mais comum do Covid-19. Segundo o governo do Reino Unido, aumenta-se 70% a mais a chance de transmissão devido a essa nova cepa. 

Estudos sobre esse novo coronavírus, ainda estão em fase inicial. Consequentemente, muitas perguntas ainda estão sem respostas. Contudo, já se sabe que esse vírus sofre mutações a todo instante. Assim, causando as seguintes preocupações: 

  • Substituir outras variantes da cepa rapidamente;
  • As suas mutações afetam em grande escala parte do vírus que são de extrema importância;
  • Por meio de pesquisas laboratoriais, foi possível constatar que essa mutação pode afetar outras células do corpo humano; 
  • Por sofrer constantes mutações, o vírus vai se modificando. 

Até o momento, 12 países já citaram casos da nova variante

O Reino Unido foi o primeiro país a relatar casos da nova variante do Covid-19. Contudo, após essa descoberta, outros 12 afirmaram que já possuem relatos da nova cepa do coronavírus. Abaixo veja quais são: 

  • Canadá: 
  • França;
  • Alemanha; 
  • Suécia; 
  • Japão;
  • Itália;
  • Espanha;
  • Holanda;
  • Suíça; 
  • Dinamarca; 
  • Austrália; 
  • África do Sul.

Porém, se não for contido pode ser que mais países apresentem novos casos da doença. Assim, em sua versão mais resistente.

Países aderem à medidas restritivas para evitar casos

Com a necessidade de evitar que novos casos da nova variante aumente, diversos países estão fechando suas fronteiras. Portanto, restringindo a entrada ou saída de estrangeiros. 

Certamente, medidas assim são um reforço para que os cidadãos fiquem em casa na medida do possível. Principalmente, evitando viagens internacionais, onde o risco de contaminação é maior.  

Pesquisadores testam novas vacinas 

Segundo especialistas, a vacina que já estava em circulação poderia não ter o resultado esperado nessa nova variante. Contudo, após aprofundamento, viu-se que as vacinas do coronavírus atuais, poderiam funcionar com a cepa

No entanto, para pesquisadores, é necessário que estudos fiquem à frente. Sendo assim, garantindo que seja aumentada a criação de outras formulações da vacina. Além disso, incluir proteínas para combater o vírus e possíveis mutações

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.